Cidadeverde.com
Política

Após 52 cassações, TRE mantém no cargo prefeito de Miguel Alves

Imprimir
Atualizada às 16h50

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu por unanimidade manter no cargo o prefeito de Miguel Alves, Miguel Borges de Oliveira Júnior (PT) e a vice-prefeita Lindalva Moura Cruz. O julgamento ocorreu na tarde desta segunda-feira (7).


O prefeito foi a julgamento acusado, dentre outras irregularidades, de compra de votos e abuso do poder econômico e político. 

Ainda na tarde desta segunda-feira, o TRE julga o prefeito e o vice-prefeito do município de Palmeira do Piauí, João da Cruz Rosal da Luz e Salvador Pinheiro Silva, respectivamente. Eles estão sendo julgados também por abuso de poder econômico.

Atualizada às 15h

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou a prefeita de Eliseu Martins, Teresinha de Jesus Miranda Dantas de Araújo (PSDB) e sua vice-prefeita, Thamires Alves Duarte, por unanimidade nesta segunda-feira (7). Com esta decisão, o número já chega a 52 prefeitos cassados da eleição de 2008.

Teresinha de Jesus foi acusada de abuso poder econômico e político, por distribuir terrenos através de 156 cartas de aforamentos para eleitores; contratar sem concurso público, no período eleitoral e perfurar poços tubulares em propriedade privada e em troca de votos. 

A ação foi ajuizada pelo segundo colocado, Marcos Aurélio Guimarães de Araújo, da coligação “Muda Eliseu Martins”. O relator do processo foi o juiz José Acélio Correia. 

Ainda hoje, serão julgados os prefeitos de Miguel Alves e Palmeiras do Piauí. 



Flash de Yala Sena
Redação Caroline Oliveira e Jordana Cury
redacao@cidadeverde.com
Imprimir