Cidadeverde.com

Abandonados no hospital, cães aguardam adoção e sofrem com ausência

Por Graciane Sousa
Colaboração Carol Santana

Sabrina

O que era para ser só uma visita ao veterinário, virou um drama na vida de quatro animais que foram abandonados no Hospital Veterinário Universitário (HVU), na Universidade Federal do Piauí. A Sabrina, por exemplo, mora no canil de internação há oito meses e sofre com a ausência de uma família. 

Atualmente, há três cães e um gato que moram no hospital. O diretor do HVU, João Macedo, explica que os animais estavam doentes, foram levados para uma consulta e ficaram internados. O que se esperava é que- após o tratamento- os tutores retornassem para pegá-los, o que não aconteceu e, ainda hoje, eles esperam o dia que vão voltar para casa. 

A Sabrina é SRD e chegou ao hospital com um problema ortopédico. Agora, ela já caminha normalmente e está disponível para adoção, assim como os outros três animais. 

Lola

Fred

João Macedo explica que, no momento da internação, os tutores assinam um termo de responsabilidade pelo animal e as despesas decorrentes do tratamento médico. 

"Após sete dias da alta, o dono deve voltar para pegá-lo. Passado esse prazo já é considerado crime pois configura-se como abandono. Se isso acontece, enviamos um documento para que o dono compareça ao hospital. Se ele não vier, registramos BO e a conta do animal vai para a dívida ativa da União", explica Macedo que defende a criação especializada de crimes ambientais. 

Chena

Ele ressalta que devido ao número de animais abandonados foi necessário a instalação de câmeras de segurança nas imediações do HVU. Só assim, os casos diminuíram. 

 

HVU 

O Hospital Veterinário Universitário é referência no tratamento de animais não só no Estado, mas também em toda a região nordeste. Inaugurado no ano de 2003, o hospital atende animais de companhia (cães e gatos), de produção e silvestres, oferecendo serviços como consultas, cirurgias, internação, vacinação, necropsia, exames laboratoriais, radiográficos e ultrassonográficos. 

Com funcionamento de regime de plantão 24 horas, o Hospital Veterinário possui uma unidade de remoção hospitalar. No ano passado, o sistema de atendimento do hospital foi modernizado com a aquisição do Sistema de Gestão para Clínicas e Hospitais Veterinários que permite que, a qualquer momento, o prontuário do animal estará disponível, facilitando o trabalho dos médicos.

O preço da consulta é em média 40% menor do que o valor cobrado em clínicas particulares. Além disso, tutores com baixa renda e que tenham o cartão do Bolsa Família, pagam um valor ainda menor por atendimento. 

As instalações do HVU se localizam no Centro de Ciências Agrárias (CCA), localizado na Rua Dirce Oliveira, bairro Ininga, zona Leste de Teresina.

 

bicharada@cidadeverde.com