Cidadeverde.com

Cães abandonados serão gandulas de torneio de tênis

Depois do sucesso que fizeram em 2016, os CãoDulas estão de volta ao Brasil Open de Tênis, que acontece entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. Um time de seis cachorros vai entrar em quadra no sábado, dia 4 de março, durante a Semifinal do torneio. Eles vão fazer o que mais gostam: pegar bolinhas - e provar que podem ser grandes companheiros do homem! Depois participam cerimônia de premiação que acontece no domingo, dia 5 de março, para receber os aplausos.

Foto: Brasil Open/Divulgação

Cindy, Nanda, Pretinha, Mia, Arlete e Ovelha, cães das ONGs Projeto Segunda Chance (São Paulo) e Cão Sem Dono (Itapecirica da Serra), foram selecionados para participarem do projeto. O que esses cães têm em comum? Além de uma história de abandono e estarem em busca de adotantes, amam correr atrás de bolinhas e têm energia e saúde de sobra para isso. "Ao levar os CãoDulas às quadras, queremos mais uma vez mostrar ao público que os cães que aguardam por um lar só necessitam de afeto, cuidado e nutrição de alta qualidade. Não importa sua origem ou idade, quando são amados e alimentados corretamente podem ser maravilhosos companheiros, brincar, aprender coisas novas e realizar grandes feitos", afirma Madalena Spinazzola, diretora de marketing corporativo e planejamento estratégico da PremieR pet.

Cachorros que participarão do torneio estão disponíveis para adoção

Madalena destaca que o objetivo da ação é incentivar a adoção por meio de uma abordagem alegre, olhando para frente. "São cães que tiveram uma trajetória difícil, sim. Porém, o que queremos evidenciar não é a história sofrida do passado, mas provar que, independentemente do que eles passaram, podem ser grandes companheiros hoje e no futuro", defende.

E o sucesso desta ação já está mais do que comprovado! No Brasil Open 2016, os CãoDulas Frida, Mel, Costela e Isabelle conquistaram o público e suas imagens em quadra ganharam o mundo. Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Índia, Austrália e até China noticiaram a iniciativa. E o melhor: todos eles ganharam um lar amoroso.

 

Com informações Brasil Open/ divulgação
redacao@cidadeverde.com