Cidadeverde.com

Conheça Luhu, o gato mais triste do mundo

  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-96-59c0c1333ac49__700.jpg Instagram
  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-13-59c0cd1f5b4d2__700.jpg Instagram
  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-38-59c0bfed09657__700.jpg Instagram
  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-51-59c0c018cca2e__700.jpg Instagram
  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-98-59c0c13888db4__700.jpg Instagram
  • luhu2.jpg Instagram
  • saddest-cat-luhu-maggie-liu-lanlan731-90-59c0c12417dfd__700.jpg Instagram

Os gatos têm a vida que qualquer humano gostaria de ter: dormem o dia inteiro, comem de graça e ganham carinho a hora que querem. Mas, como você pode ver nas fotos, nem todos felinos estão felizes com suas mordomias, como o Luhu, o gatinho mais triste do mundo. Aparentemente, os olhinhos caídos são uma exclusividade de Luhu... Ele nasceu assim. Que dó!

Ele mora em Pequim com sua mãe humana, Maggie Liu, e com seus outros dois irmãos. Mas, aparentemente, Luhu é o único que parece miseravelmente tristonho. Oin! No entanto, ele faz a alegria de seus 135 mil seguidores no Instagram. Confira os melhores momentos desse ícone sendo... Triste!

 

Com informações Revista Glamour
bicharada@cidadeverde.com

Campanha de vacinação antirrábica será em duas etapas na zona urbana

Preparem o cartão de vacinas dos cães e gatos porque a campanha de vacinação antirrábica da Fundação Municipal de Saúde (FMS) está com datas definidas.

Neste ano, a FMS definiu a etapa urbana da campanha em duas: a primeira será no dia 30 de setembro e, a segunda, no dia 7 de outubro.

A vacinação vai imunizar os cães e gatos contra a raiva, nas zonas Norte e Leste, no dia 30 de setembro. Já os animais das zonas Sul e Sudeste poderão ser vacinados no dia 7 de outubro. 

“Estamos organizando onde serão os locais de vacinação e até o final desta semana divulgaremos a lista de postos”, comenta Oriana Bezerra, gerente de zoonoses da capital. 

A gerente explica ainda que a vacina protege o animal e os seres humanos que convivem com eles.
 
Em 2016, a Campanha de Vacinação Antirrábica foi disponibilizada 140 mil doses de vacina; cerca de 130 mil animais foram imunizados. A previsão é a mesma para este ano.

Hotel recebe 900 cães e suas famílias durante o furacão

Fotos: Hyatt Regency Orlando

À medida que o furacão Irma se aproximava da Flórida, muitas famílias em áreas que deveriam ser fortemente afetadas decidiram que a coisa mais segura seria evacuar suas residências. Claro, muitas dessas famílias também tinham animais de estimação, e nenhum deles queria deixar seus amados patudos para trás. Felizmente, um hotel estava feliz em receber todos os que estavam fugindo da tempestade, incluindo animais de estimação.

O Hyatt Regency Orlando, sempre se considerou amigável para animais de estimação, mas levou essa política ao próximo nível, quando recebeu mais de 900 cães e outros animais de estimação, junto com suas famílias. O hotel tipicamente tem políticas para lidar com os hóspedes com animais de estimação, mas fez algumas alterações a essas políticas, a fim de tornar as coisas mais fáceis para as famílias em risco.

“Nós orgulhosamente recebemos mais de 4.500 convidados e mais de 900 cães durante o furacão Irma”, disse Katie Satava. “Nossa propriedade é tipicamente amigável para animais de estimação e emitimos uma taxa de limpeza de US$ 150 dólares para hóspedes que viajam com animais de estimação. Com o furacão Irma, baixamos a taxa de limpeza para US$ 50 dólares devido às circunstâncias". 

Todos os que ficaram no hotel apreciaram muito o quão acolhedor era o espaço, e em qualquer momento durante a tempestade, dezenas de animais de estimação podiam ser vistos a vaguear pelo hotel, felizmente fazendo novos amigos e desfrutando de suas férias “improvisadas”.

A maioria dos animais de estimação que ficaram no hotel, não pareceram absolutamente perturbados pela tempestade. Na verdade, pareciam estar se divertindo imenso…

… e os funcionários do hotel também pareciam gostar de ter eles por perto.

O furacão Irma causou imensos danos e foi estressante para muitas famílias que vivem na Flórida, mas esse hotel e outros na área foram capazes de ajudar a tornar tudo um pouco mais fácil. Eles se certificaram que ninguém deveria deixar seus animais atrás.

 

Com informações The Dodo
bicharada@cidadeverde.com

Gato bate recorde com maior rabo do mundo

Foto de Cygnus no 'Guinness (Foto: Kevin Scott Ramos/Guinness World Records 2018 via AP)

Um gato da raça Silver Maine Coon acaba de entrar para o livro dos recordes do Guinness. Cygnus, como é chamado, está na publicação por ter o rabo mais longo do mundo, entre os felinos domésticos vivos do mundo.

São 44,66 centímetros, cobertos com pelagem cinza e branca. O gato mora na cidade de Ferndale, em Michigan, nos Estados Unidos. O recorde é um dos divulgados na 63ª edição do Guinness.

 

Com informações G1
bicharada@cidadeverde.com

Gata fica presa em motor de carro e é salva por bombeiros em Teresina

  • fdae286e-b54e-49a3-9a75-86a0aab499f8.jpg Arquivo pessoal/Jammyr Monteiro
  • d4c57e3b-de56-4b10-98de-f7b961e77a7f.jpg Arquivo pessoal/Jammyr Monteiro
  • c2849572-b9a6-4008-856e-2d6d56c7c530.jpg Arquivo pessoal/Jammyr Monteiro
  • 588b067a-0868-416f-b9ef-97a05ba44683.jpg Arquivo pessoal/Jammyr Monteiro
  • 1bbb5833-82c0-42a6-af12-e9bc319551f3.jpg Arquivo pessoal/Jammyr Monteiro

Colaboração Caroline Oliveira
bicharada@cidadeverde.com

Uma ocorrência inusitada foi parar no estacionamento do quartel do Corpo de Bombeiros na avenida Miguel Rosa, na tarde deste domingo (03). O motorista de um carro solicitou ajuda dos bombeiros para salvar uma gatinha que havia ficado presa no motor do seu veículo. Até ser resgatada foram cerca de 3 horas.

“Uma gata ficou com a cabeça próxima ao motor, a gente acredita que ela entrou procurando um lugar para dormir. Quando o motorista foi sair no carro ela se assustou e ficou presa no local. Ao ouvir uma pancada, o motorista parou o carro e viu que se tratava de uma gata e resolveu vir até aqui para tentarmos tirá-la com vida”, descreve a situação, o comandante da equipe de socorro, tenente Flaubert Rocha.

Os bombeiros desmontaram parte do motor, mas não conseguiram tirar a gatinha que estava muito assustada e se mexendo bastante. Então resolveram acionar um veterinário para ajudar. 

“Nós ligamos primeiro no Hospital Veterinário da UFPI, mas eles informaram que não podiam deixar o plantão, então chamei um profissional que sempre nos ajuda, o dr. Jammyr e ele atendeu prontamente”, explica tenente Flaubert. 

O veterinário Jammyr Monteiro deu um sedativo para a felina e assim conseguiu retirá-la sem que sofresse algo mais grave. “Só foi possível a retirada do motor após a tranquilização e anestesia do animal. Utilizei um tranquilizante e relaxante muscular juntamente com a anestesia propriamente dita por via intramuscular. Depois de poucos minutos de aplicada as medicações a gatinha relaxou e dormiu, o que agilizou a retirada do animal sem dor e sem sofrimento”, afirmou o veterinário.

A gata só resistiu porque ficou em um espaço entre o ventilador e o farol, não chegando nas engrenagens do motor. Lá, o médico acredita que ela teria falecido. 

A gatinha preta com branca ficou toda suja e precisou de um bom banho para recuperar sua cor original. Ela tem cerca de dois anos mora na rua. Depois do resgate, o veterinário a adotou, mas após acordar e fazer a limpeza, ela fugiu. “Alguns animais de rua são bem ariscos, depois que ela retomou a consciência plenamente acabou fugindo. Ela é super graciosa e bravinha. Mas graças a Deus conseguimos salva-la”, afirmou Jammyr Monteiro. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Juíza deixa decisão de julgamento nas mãos de cãozinho

Julgamentos sobre disputa de guarda são sempre delicados. Pensando no bem-estar do alvo da batalha, a juíza aposentada  Judith Sheindlin deixou que o próprio cãozinho decidisse com quem gostaria de ficar.

Baby Boy era disputado por uma mulher que dizia ter comprado o animalzinho de uma pessoa e por um homem que afirmava ser o tutor, e que não havia autorizado nenhuma venda.

Para acabar com o impasse, a juíza –famosa nos Estados Unidos por mediar uma espécie de reality show–, mandou que soltassem o cachorrinho no meio do julgamento. Ele passou pela mulher e pulou, muito alegre, nas pernas do homem que pedia sua guarda.

Diante da cena,  a juíza bateu o martelo: “leve o cachorro para casa”, disse ela ao homem.

O caso foi mostrado no programa de televisão “Judge Judy” em 2002, segundo a imprensa local, e o vídeo  viralizou nos últimos dias.

As decisões tomadas pela juíza aposentada no programa não têm valor legal, mas as pessoas que participam se comprometem em acatar as sentenças.


Com informações Blog Bom pra Cachorro

Exposição reúne miniaturas de cães customizados por celebridades do Piauí

  • caobrasil.jpg Reprodução/Instagram
  • caocinema.jpg Reprodução/Instagram
  • caomalas.jpg Reprodução/Instagram
  • caofrida.jpg Reprodução/Instagram
  • frankdog.jpg Reprodução/Instagram

Por Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Uma exposição que vai encantar os amantes de cães. Neste sábado (26), começa a Toy Dog Art, evento que contará com 60 esculturas de cachorros vira- latas em fibra de vidro. Os bichinhos foram customizados por crianças de 05 a 12 anos de idade e celebridades nacional e regional. 

A Toy Dog Art também visa chamar a atenção para o grande número de animais abandonados. A exposição permitirá interação do público com a 'cachorrada' criada pelas crianças e celebridades convidadas. O vira-lata foi o escolhido porque é o animal mais presente em nossas vidas, conhecido como o melhor amigo do homem e da criança. 

"Um dos objetivos desse projeto é chamar a atenção das pessoas e da mídia para necessidade de atitudes que possam transformar essa realidade, educando crianças e jovens para que aprendam a amar e respeitar os animais e apresentando aos adultos as inúmeras formas de ajudar, contribuindo para a construção de um mundo mais harmonioso e justo", declarou Luciana Severo, artista curadora da exposição.

Entre as celebridades que mostraram o dom artístico estão o colunista social e jornalista, Péricles Mendel, o cantor Frank Aguiar e ator mirim do canal Gloob, Luigi Montez.

A exposição será aberta ao público e segue até o dia 03 de setembro, em um shopping da Capital.

Cãozinho customizado por Péricles Mendel

 

Baleia encalha no Rio de Janeiro e resgate comove

  • cu0yi5r53x253e3jnli1ppltq.jpg Pablo Jacob / Extra
  • infochpdpict000071218705.jpg Pablo Jacob / Extra
  • 71219111_ri-rio-de-janeiro-rj-24-08-2017-apos-24-horasencalhada-na-praia-r.jpg Pablo Jacob / Extra
  • infochpdpict000071219351.jpg Pablo Jacob / Extra
  • 71219241_ri-rio-de-janeiro-rj-24-08-2017-apos-24-horasencalhada-na-praia-r.jpg Pablo Jacob / Extra

Um filhote da baleia jubarte, que estava encalhado desde quarta-feira (23), retornou ao mar na tarde desta quinta-feira (24) na Praia da Rasa, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio. Segundo a Defesa Civil, o animal foi devolvido ao mar por volta das 16h com a mobilização de um grupo de pessoas que ajudou na retirada do mamífero da areia. 

O animal, que pesa cerca de 28 toneladas e mede 13 metros, retornou para a água com a ajuda de uma retroescavadeira e de cordas puxadas por três barcos de pescadores. Três retroescavadeiras foram utilizadas durante a ação.

Equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Meio Ambiente e da Defesa Civil colaboraram no resgate. Segundo a Defesa Civil, cerca de 300 pessoas estavam no local acompanhando a retirada. Elas jogaram água sobre a baleia e tentaram formar uma piscina em volta dela.

Durante toda a manhã, duas retroescavadeiras atuaram no salvamento. Dezenas de pessoas também utilizaram pás e enxadas para afastar a areia, além de baldes para hidratar o animal.

O filhote encalhou na tarde desta quarta-feira (23) e, segundo especialistas que estavam no local, o animal pode ter se perdido do grupo quando fazia a travessia, saindo da Antártida e passando pelo litoral do Rio com destino a Bahia. A migração acontece nesta época para o período de reprodução.

O filhote apresentava dificuldades para respirar, segundo a avaliação de especialistas que estiveram no local, como o biólogo Marcelo Tardelli Rodrigues.

"O animal não está com nenhuma cicatriz, nenhuma marca que indique colisão com navio ou embarcações. Pode ser um animal que estava viajando com a mãe e se perdeu durante a forte ressaca das últimas duas semanas", afirmou o biólogo.

A agonia do filhote de aproximadamente 10,3 metros durou quase 24 horas.

 

Com informações G1

Ufpi expande programa de castração de animais abandonados

Por Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Carol Santana (TV Cidade Verde)

O abandono de animais em áreas públicas não é apenas uma situação triste, mas que traz riscos. Em Teresina, instituições públicas de ensino se tornaram verdadeiros abrigos para os bichinhos, principalmente, os gatos. Para tentar minimizar o problema, a Universidade Federal do Piauí (Ufpi) expandirá para todo o campus um programa de castração de animais.

"Tivemos uma reunião com a administração superior que nos deu total apoio. Então, resolvemos ampliar o projeto para o restante do campus Petrônio Portella. Estamos terminando os últimos ajustes para institucionalizar o programa", explica o médico Marcelo Campos, subcoordenador do curso de Medicina Veterinária da Ufpi. 

O projeto-piloto teve início há menos de um ano, quando foram castrados cerca de 50 animais abandonados nos Centros de Ciências Agrárias e Residência Universitária. 

O veterinário ressalta que a castração não resolve o problema e que a conscientização da sociedade é fundamental. 

"Nosso programa inclui também um projeto de Educação e a terceira etapa é a coibição ao abandono de animais. As pessoas têm que tomar consciência de que não podem fazer isso. Abandonar animais é crime de maus-tratos", frisa Campos. 

Dentro do processo educativo está a mudança de hábitos da sociedade em relação a animais abandonados.

"Pedimos que a população não alimente os animais próximos a praças de alimentação,  porque isso pode trazer transtornos a toda comunidade. Dentro do programa, temos a proposta de fazer áreas específicas para a alimentação desses animais e com horários definidos", explica o veterinário. 

O programa está nos ajustes finais e com o tempo deve se expandir também para o interior do Estado. 

 


bicharada@cidadeverde.com

Família distribui panfletos e oferece recompensa por cão desaparecido

Há seis dias, o cãozinho Jerry, sumiu após desaparecer de casa. Preocupados, os donos do pinscher oferecem recompensa para quem encontrá-lo. O professor Rafael Antunes explica que a angústia da família é ainda maior porque Jerry é idoso e não enxerga, nem ouve bem.

"Ele tem 16 anos e está com a gente desde pequenininho. Acreditamos que alguém possa estar com ele. Nossa preocupação é maior, pois ele já é idoso e temos um cuidado especial com a alimentação e até mesmo na hora de dormir", disse o professor. 

Jerry desapareceu após sair de casa na última sexta-feira (11), no bairro Mocambinho I, zona Norte de Teresina. Câmeras de segurança ainda registraram o animal nas imediações do local onde morava. Cerca de 15 minutos depois, os tutores andaram por todo o bairro para tentar encontrá-lo, mas não tiveram sinal do bichinho. 

"Minha avó de 80 anos abriu o portão e ele a seguiu. Ela entrou e depois de 15 minutos percebemos o que tinha acontecido. Andamos por todas as ruas e nada. Já distribuímos panfletos em 700 casas. Todos os dias estamos indo atrás dele. Acreditamos que alguém o pegou. É um desespero. Não temos passado bem esses dias. Minha mãe chora muito. Não quero perder a esperança, mas cada minuto fica mais difícil. O Jerry vai fazer 16 anos no fim do ano. Quando ele nasceu, eu tinha 14 anos e hoje tenho 30 anos. A maior parte da minha vida, ele estava presente. Está sendo muito difícil e doloroso. Minha avó também está sofrendo muito", lamenta Renato Antunes, irmão de Rafael. 

Posts anteriores