Cidadeverde.com

Municípios debatem regimes próprios de previdência

Uma grande mesa redonda para o debate do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) nos municípios. Com essa finalidade, a Associação Piauiense de Municípios (APPM) realiza no dia 25 deste mês o Seminário Regime Próprio de Previdência Social. O evento acontece no auditório da entidade e contará com palestrantes locais e nacionais.

Atualmente, 63 municípios do Piauí possuem regimes próprios de previdência e outros desejam criar o RPPS, saindo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

“Pretendemos por o tema em discussão, mostrando as vantagens e desvantagens de fazer a migração de regime, para que o gestor municipal, bem como vereadores e toda a sociedade local avaliem se é interessante para o servidor e para o município essa migração”, revela o presidente da APPM, Gil Carlos.

O evento apresentará as palestras “Primeiros Passos do RPPS Municipal, Vantagens e Desvantagens RPPS x RGPS”, com palestrantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e o Tribunal de Contas do Estado do Pernambuco (TCE/PE);  “Receita Federal”, com Eudimar Alves;  “Boas Práticas de Gestão e Desenvolvimento Local”, com a dra. Célia Verônica Emídio (ANEPREM) e Dr. Leonardo Rolim. “A Reforma da Previdência”, com dr. Marcelo Caetano. E “O futuro dos RPPS na PEC 287/2016”, com o dr. Alex Sertão; “A Importância da Avaliação Atuarial”, com dr. Mario Rattes.  Apresentará ainda o Painel “Investimentos e Soluções para o déficit Atuarial” e “Investimentos dos Fundos RPPS”, com representantes da CEF, BB e BNB.

O Seminário Regime Próprio de Previdência Social acontece no dia 25 de abril de 2017, a partir das 8h da manhã e deve se estender durante todo o dia. É um evento que reunirá grandes especialistas nacionais em RPPS, com o objetivo de qualificar as decisões dos gestores municipais na área.

São parceiros da APPM nessa iniciativa o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), Caixa Econômica Federal, CONSULPREV e Serconprev.

 

Fonte: Ascom