Cidadeverde.com

Após cair da Funasa, Henrique Pires é nomeado Secretário Nacional de Turismo

O engenheiro Henrique Pires é o novo Secretário Nacional de Estruturação do Turismo do Ministério do Turismo. A exoneração da presidência Funasa e nomeação  para o novo cargo foram publicadas na Edição Extra do Diário do último dia 24 de abril. Quando foi exonerado Pires afirmou  o que sempre diz em suas entrevistas que é um soldado a serviço do PMDB e do governo do Presidente Michel Temer.  

E ele dá provas desta fidelidade ao grupo político de presidente, já que sua saída foi um ato de acomodação politica do Governo Temer.  Ele foi desolocado da Funasa que tem uma atuação em todo Brasil na ação de promover a saúde pública e a inclusão social por meio de ações de saneamento e saúde ambiental, com uma meta de até 2030 contribuir com as metas de universalização do saneamento no Brasil. Para a  Secretaria Nacional de Estruturação do Turismo do Ministério do Turismo que  é responsável pelo ordenamento e planejamento territorial turístico; apoio à implantação de infraestrutura turística; melhoria de ambiente jurídico para o ordenamento e desenvolvimento das regiões turísticas; atração de investimentos e articulações de linhas de créditos para o turismo.

 

Neste primeiro momento ele perde politicamente, porque suas ações na Funasa, com projetos, convênios com os municípios do Piauí, mostravam o trabalho para uma candidatura a Câmara Federal. E não se sabe ele Henrique Pires vai dar este ritimo no Ministério do Turismo, mas todos os proejtos nacionais em termos de infreaestrutura turística e a captação de recursos para o setor, vão passar por sua gestão.

No aspecto salarial não muda nada, as duas funções pagam R$ 11.179,36 de vencimento que correspondem a função DAS 101.6 que é o cargo mais alto nos DAS do Governo Federal.