Cidadeverde.com

Átila Lira diz que Renan Calheiros é oportunista ao ser contra a reforma trabalhista

Oportunismo político e desinformação, segundo o deputado Átila Lira (PSB), estes são os itens que mais apararcem no momento que o assunto do Brasil são as reformas trabalhista e da previdência. Átila Lira disse que a no caos reforma trabalhista, vai passar sem problema no Senado. "Apenas duas forças políticas vão votar contra a reforma da trabalhista no Senado o PT, por ser oposição e o senador Renan Celheiros (PMDB), por ser um oportunista político". Segundo o deputado, o senador Renan se violtou contra o Governo de Michel Temer por puro oportunistmo, e não ter uma bandeira para se eleger e agora ele se volta contra o projeto de reforma trabalhista. A afirmação do deputado federal tem como base os posicionamentos do senador, que eram todos pró-governo Temer quando foi presidente do Senado. E agora, acuado pela operação Lava Jato e o grande desgastes politico que sofre muda de opinião.

O deputado frisou que outro problema no debate das reformas é a desinformação das pessoas, onde os argumentos e principalmente as explicações não são passadas a opinião pública, tanto por part do Governo como que é da oposição. Mesmo tendo votados a favor das mudanaças na lei trabalhista, o deputado federal disse que as manifestações de hoje em todo o Brasil vão servir para que a reforma da previdência seja mais discutida. "A manifestação foi positiva, pois vamos ter mais tempo para se discutir a previdência e principalmente as questões relacionadas as aposentadoria de deputados, magistrados, ministério público e do executivo".

O deputado acredita que a dilatação do prazo da reforma da previdência vai parmitir que os paralamentares discutam a materia e poderá senbilizar o governo para modificar a proposta. Hoje a média da aposentadoria de um trabalhador brasileiro do setor privado é de  R$ 1.600,00 (pelo Inss), com  um teto máximo de R$ 5.600. Uma realidade bem diferente do Legislativo (deputados e senadores) a média da aposentadoria é de R$ 28.000,00; os masgitrados tem uma média de  R$ 25.000,00, o Ministério Público R$ 30.000,00 e o servidor público (federal) tem a média de R$ 9.000,00.o teto 9000.