Cidadeverde.com

Bom Jesus terá sede própria do Sebrae - Pi

 

Na próxima quinta-feira (08), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, inaugura oficialmente o escritório da instituição em Bom Jesus, cidade localizada a 632 quilômetros ao sul de Teresina. A solenidade, que contará com a presença de autoridades, lideranças empresariais e convidados, acontecerá como parte da programação do Festival de Negócios do Cerrado.

“Desde 2015, estamos atuando na região, que envolve 25 municípios, de Uruçuí a Cristalândia, mas ainda não tínhamos sede própria. O atendimento durante todo esse período ocorreu no Espaço do Empreendedor, em sala cedida pela Prefeitura Municipal. Agora o Sebrae funcionará em prédio anexo ao Senac, com toda a estrutura necessária para atender o público interessado nos serviços da nossa instituição”, afirma o diretor superintendente do Sebrae no Piauí, Mário Lacerda.

Com 300 metros quadrados de área construída, o Escritório do Sebrae em Bom Jesus é totalmente climatizado, com amplo espaço de atendimento e salas de treinamento com capacidade para até 30 pessoas. Todos os ambientes foram pensados para assegurar o máximo de acessibilidade e conforto aos visitantes.

“Nossas salas de treinamento dispõem de mobiliário e equipamentos modernos, como datashow e tela de projeção. Contamos também com área de estacionamento para os clientes, garantindo segurança e comodidade a quem nos procura em busca de informações sobre as particularidades dos pequenos negócios”, acrescenta Mário Lacerda.

O escritório fica localizado na Rua Maria Nogueira Diógenes, s/n – Aeroporto. 

SEBRAE EM NÚMEROS

De junho de 2015 a novembro de 2016 foram atendidos na região de Bom Jesus mais de 700 Microempreendedores Individuais, MEI; cerca de mil empresas e quase 100 produtores rurais.

O Sebrae realizou para esse público cerca de duas mil horas de consultoria e quase 200 capacitações, entre cursos, oficinas e palestras, que beneficiaram mais de duas mil pessoas. Entre as capacitações estiveram quatro turmas do seminário Empretec, um dos cursos mais avançadas da matriz de soluções do Sebrae.

O trabalho na região focou ainda a regulamentação e implementação da Lei Geral. Atualmente, são 18 municípios com essa legislação implementada e sete em fase de implementação.

Bom Jesus foi destaque nacional no Programa Agentes Locais de Inovação, ALI, executado pelo Sebrae. Mais de 70 empresas foram beneficiadas com as ações do programa, tendo avançado no mercado por meio da adoção de práticas inovadoras.

OUTRAS AÇÕES NA REGIÃO

Em 2015, o Sebrae realizou em Bom Jesus o Movimento Compre do Pequeno Negócio. Já no início de 2016, aconteceu a Semana do MEI, na Praça Marcos Aurélio, contando com parceria da Prefeitura Municipal de Bom Jesus.

A instituição foi também parceira das principais feiras de negócios e empreendedorismo da região, como Piauí Exposhow, que aconteceu em Bom Jesus; Expocorrente, na cidade de Corrente; e Feira de Ovinos e Caprinos de Avelino Lopes.

 

Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Bom Jesus recebe Festival de Negócios do Cerrado

Um Encontro de Oportunidades. Assim será o Festival de Negócios do Cerrado, evento que começa na próxima quinta-feira (08) e segue até o dia 10 de dezembro, em Bom Jesus, cidade localizada a 632 quilômetros ao sul de Teresina.
A programação do festival envolve Feira de Negócios, Mostra Gastronômica, desfiles de moda, palestras, oficinas, rodadas de negócios, clínicas tecnológicas e outras atividades.

“Serão três dias de evento, no qual os empresários e empreendedores terão a oportunidade de adquirir conhecimento e trocar experiências e contatos entre si. Queremos dar visibilidade às potencialidades da região e fomentar negócios, principalmente nas áreas de comércio e serviços”, destaca o gerente do Escritório do Sebrae em Bom Jesus, Kássio Castelo Branco.

Entre as palestras que serão realizadas destacam-se: Capacitação de Equipes – Uma Relação Ganha Ganha na sua Empresa; Como Reduzir Custos na Sua Empresa Através da Energia Solar; FNE Sol do Banco do Nordeste; Endividamento Empresarial nos Momentos de Crise Econômica – Como se Proteger e Como Sair; e Mude Você, Mude o Mundo.

Já nas clínicas tecnológicas serão trabalhados os temas Marketing Digital – Faturando com Facebook e Instagram; Facebook para Negócios; Instagram para Negócios; e Comércio Eletrônico – O Que é e Como Começar.

Na Feira de Negócios, cerca de 20 empresas de Moda e Beleza vão expor e comercializar produtos e serviços desses segmentos. Entre as empresas de Moda que marcarão presença no evento estão: Morena Café, Elegance, Reino Encantando, Balmant Store, A3 Moda Casual, Kellyklé Modas, Vest Corpo – Hering e Lulu Modas. Do segmento da Beleza, estarão na feira as empresas Cê Linda e KellyKlé Cosméticos.

“As empresas de moda participarão também de desfiles, que acontecerão todas as noites, apresentando coleções com o melhor da moda íntima, feminina, masculina e infantil. Desses desfiles participarão tanto empresas de Bom Jesus, como de Piripiri, Pedro II e Campo Maior”, destaca Castelo Branco.

Como parte da programação do festival, acontecerá ainda o Workshop Estadual de Desenvolvimento Econômico Territorial, nos dias 09 e 10 de dezembro, com palestras e outras atividades gratuitas.

O Festival de Negócios do Cerrado é uma realização do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Senac, Câmara de Dirigentes Lojistas de Bom Jesus, Prefeitura Municipal de Bom Jesus e Banco do Nordeste.

Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Bom Jesus conquista Selo Unicef Município Aprovado

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus conquistou o Selo Unicef Município Aprovado, certificação internacional que reconhece os esforços dos municípios do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira que mais avançam na implementação de ações, programas e políticas públicas em favor da infância e da adolescência. O Selo reconhece o avanço de Bom Jesus na garantia do direito a saúde, educação, proteção e assistência social a suas crianças e adolescentes.

Todo o trabalho realizado pelo Comitê Pró-Selo, criado pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus para planejar e realizar ações voltadas à conquista do Selo Unicef, levaram em consideração sete direitos de crianças e adolescentes: de sobreviver e se desenvolver; de aprender; de proteger-se e ser protegido do HIV/AIDS; de crescer sem violência; de ser adolescente; de ser prioridade nas políticas públicas; e de brincar, praticar esportes e se divertir.

Com capacitação oferecida pelo Unicef a gestores e técnicos das secretarias municipais envolvidas no projeto, foram implementadas novas políticas públicas de atenção a crianças e adolescentes e executadas ações como as Semanas do Bebê, o Serviço de Acolhimento e Fortalecimento de Vínculos e os Fóruns Comunitários.

Para o prefeito Marcos Elvas, a conquista do Selo Unicef Município Aprovado representa o reconhecimento a um conjunto de ações desenvolvidas no ciclo 2013/2016, cujos resultados já são visíveis, pois tem reduzido desigualdades que afetam crianças e adolescentes. “Mais que orgulhosos deste feito, estamos gratos a todos aqueles que se envolveram na busca por esta certificação: gestores e servidores das áreas de saúde, educação, assistência social, esportes, pessoas que se dedicaram durante quatro anos à execução de ações que já estão transformando a vida de pequenos e jovens bonjesuenses”, declarou o prefeito.

Selo Unicef
O Selo Unicef foi concebido como ferramenta de articulação municipal a partir do Pacto Nacional Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semiárido e da Agenda Criança Amazônia, iniciativas lideradas pelo Unicef que visam mobilizar esforços do poder público e da sociedade civil e empresas.

A metodologia aplicada na edição 2013/2016 do Selo envolveu 28 Ações Estratégicas a serem executadas pelos municípios e 13 Indicadores de Impacto Social. Foram certificados os municípios que implementaram a partir de 19 das 28 Ações Estratégicas relacionadas a ao menos cinco direitos e que apresentaram a partir de sete indicadores iguais ou superiores aos da média de seu grupo (no caso de Bom Jesus, “Semiárido”).

 

Da Redação

 

Boato leva usuários do Bolsa Família a viajar 56km para receber “pagamento extra”

Foto: João Victor/Portal B1 

Um boato nas redes sociais através do aplicativo Whatsapp levou dezenas de usuários do Bolsa Família em Redenção do Gurgueia, a viajar 56km para tentar receber um suposto “pagamento extra” do benefício na cidade de Bom Jesus. Nas primeiras horas desta segunda-feira (28), a agência da Caixa no município já estava lotada.

Houve princípio de tumulto e a Polícia Militar teve que ser chamada pelo gerente do banco para evitar depredação. “O gerente da Caixa pediu a nossa presença. As pessoas achavam que tinha dinheiro para receber e não tinha”, afirmou o Cabo Araújo, que atendeu a ocorrência.

De acordo com o policial, o gerente explicou que houve um mal entendido acerca de informações publicadas no Portal da Transparência. “No portal diz quanto a pessoa já recebeu do programa este ano, só que eles achavam que esse dinheiro ainda ia ser pago, quando na verdade já foi”, declarou o cabo.

Cerca de 50 pessoas se aglomeraram na agência. Uma delas foi levada ao interior do banco para que o gerente explicasse que tudo não passou de uma informação equivocada.  

“O gerente chamou uma das pessoas e mostrou no sistema que ela não tinha dinheiro para receber. Até o mês de novembro já tinha sido pago. Só depois disso, todos foram embora”, explicou o policial.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família. 

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Motorista abandona carro com 30 kg de maconha em Bom Jesus; polícia busca foragido

Atualizada às 12h30 de 27/11/2016

Identificado o motorista que abandonou o veículo com, aproximadamente, 30 kg de maconha, ontem (26), numa estrada vicinal na zona rural do município de Santa Luz. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito de estar traficando o entorpecente é Ronivon Ribeiro. 

Um dos moradores da região disse aos policiais, que estavam em diligência atrás do condutor, após abandonar o veículo, que “havia um homem estranho na sua propriedade”.  Chegando ao local, os policiais reconheceram Ronivon, pois havia documentos com sua foto no carro. 

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito estava com escoriações pelo corpo e estava sob efeito do uso de cocaína.

Ronivon encontra-se preso na Delegacia Regional de Bom Jesus. 

 

Matéria Original

Uma denúncia anônima levou os policiais de Bom Jesus a encontrar cerca de 30 kg de maconha, na manhã deste sábado (26). O entorpecente estava guardado em um veículo abandonado numa estrada vicinal na zona rural da cidade de Santa Luz.

De acordo com a Delegacia Regional de Bom Jesus, uma pessoa ligou alertando que um homem havia “surtado” e adentrado na mata, abandonando um Fiat – modelo Strada – Placa NIQ 7658 (Anísio de Abreu – PI). 

Ao chegarem ao local onde o carro foi abandonado, os policiais encontram a maconha prensada, pronta para a comercialização, escondida no interior do veículo. Também foram encontrados documentos do possível condutor e notas de abastecimento que descrevem parte do trajeto percorrido por ele.

A polícia está em busca do suspeito pela região. 

Da Redação
redação@cidadeverde.com 

Ministério Público do Estado e do Trabalho no Piauí inauguram sede compartilhada em Bom Jesus

O Procurador-Geral de Justiça, Cleandro Alves de Moura, e a Procuradora-Chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 22ª Região, Jeane Carvalho de Araújo Colares, inauguraram, na manhã desta terça-feira (22), a sede compartilhada pelo Ministério Público do Estado do Piauí e pelo Ministério Público do Trabalho no município de Bom Jesus. Em outubro, os representantes das duas instituições firmaram um acordo de cooperação técnica pelo uso das instalações. A sede foi edificada pelo Ministério Público do Trabalho no Piauí, que cedeu, a título gratuito, o direito de utilização. As Promotorias de Justiça sediadas em Bom Jesus já foram instaladas no prédio, onde também funcionará uma Procuradoria do Trabalho.

“A Constituição Federal já determinou que o Ministério Público brasileiro é uno e indivisível. Estamos aqui reafirmando esses princípios, através desta iniciativa, que é inédita. O Ministério Público do Estado e o Ministério Público do Trabalho funcionando lado a lado, em uma sede moderna e estruturada que proporcionará uma melhor acolhimento aos cidadãos que demandam os nossos serviços”, declarou Cleandro Moura. “É uma satisfação estar aqui, participando de mais um momento histórico para a instituição. Por isso, os sentimentos que nos dominam são a gratidão e a vontade de trabalhar mais e melhor pela sociedade piauiense”, pontua o chefe do MPPI.

Já a Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho no Piauí, Jeane Colares, fez um resgate de todo o processo que resultou na construção e no compartilhamento da sede, frisando que todo o empenho aplicado se dirige aos cidadãos e às comunidades. “Registro o desejo de que a fé nos benefícios que a Procuradoria do Trabalho no Município de Bom Jesus trará aos trabalhadores da região não se perca; que essa fé se consolide a cada dia através do bom trabalho que será desenvolvido pela Procuradora e servidores que aqui estão lotados e que, daqui a alguns anos, possamos ver os frutos desse trabalho registrados nos sorrisos simples de agradecimento das pessoas que mais precisam”, declarou ela. Também estava presente, como convidado de honra, o Procurador do Trabalho Sebastião Caixeta, que representava o Procurador-Geral do Trabalho, Ronaldo Fleury.

A nova sede, localizada na Rua Vereador Airan Miranda, no bairro Judite Piauilino, é ampla e moderna, contando com recepção, gabinetes, sala de audiências e secretaria, dentre outras instalações que otimizarão o atendimento ao público.

Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Ações educativas alcançam mais de 1.500 em Bom Jesus

As ações educativas da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), alcançaram mais de 1.500 pessoas no município de Bom Jesus, localizado a 632 quilômetros ao Sul de Teresina.

De acordo com a diretora da EPT, Larissa Caldas, as atividades foram voltadas para prevenção de acidentes de trânsito. "Realizamos blitzen educativas e uma palestra em uma das escolas da cidade, orientando a população sobre a importância de respeitar as leis de trânsito, estarem atentas à sinalização, ao uso dos itens de segurança e aos limites de velocidade, por exemplo", explica a educadora.

As atividades faziam parte da “Caravana do Ministério Público (MP) – Pela Paz no Trânsito”, que ocorreu nesta segunda-feira (21). Na programação do evento, o Detran fez parte das blitzen educativas e de uma palestra para 250 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental na Escola Municipal Floresta Moderna.

"O público da palestra foi de crianças entre 6 e 11 anos. É importante trabalhar com essa faixa etária, pois eles são futuros condutores e também podem disseminar o conhecimento com aqueles que já são condutores, como seus pais e outros familiares", destaca Larissa Caldas.

Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Juiz suspende aumento de 87% nos salários de vereadores de Bom Jesus

O juiz Heliomar Rios Ferreira proibiu o aumento de salários no percentual de 87% dos vereadores de Bom Jesus (cidade localizada a 632 km de Teresina). 

O pedido de suspensão do reajuste partiu do Ministério Público Estadual, que ajuizou ação civil pública. 

O aumento atingia não só o salário dos vereadores, mas do prefeito, do vice e dos secretários municipais. 

No projeto aprovado pela Câmara de Bom Jesus, o salário do vereador passaria de R$ 5.600,00 para R$ 10.500,00. 

O cargo de presidente da mesa diretora que recebe hoje R$ 8.400,00 passaria ao valor de R$ 15.750,00. O subsídio do prefeito, pelo projeto, foi aumentado de R$ 18.600,00 para R$ 24.500,00. 

O Ministério Público alegou no pedido que se somado apenas os valores dos aumentos, anualmente, o município de Bom Jesus terá um gasto de quase R$ 1 milhão. Além disso, o município não se enquadra no limite de 30% do subsídio de um deputado estadual, que atualmente perfaz o montante de R$ 25 mil reais, que tal percentagem corresponderia a R$ 7.500,00.

O promotor de Justiça Jorge Luiz da Costa Pessoa, que responde pela 2ª Promotoria de Bom Jesus, acrescentou ainda outra irregularidade. 

“A Lei de Responsabilidade Fiscal, em seu art. 21, parágrafo único, expressa que 'é nulo de pleno direito o ato que resulte aumento da despesa com pessoal expedido nos 180 (cento e oitenta) dias anteriores ao final do mandato do titular do respectivo Poder ou órgão referido no art. 20'. Como tais Decretos foram aprovados e publicados no mês de setembro do corrente ano, tais atos são nulos conforme previsão legal.”, ressaltou.

 

Flash Yala Sena (Com informações do MPE)
redacao@cidadeverde.com

Alunos de Bom Jesus também ocupam campus da UFPI em protesto

  • 14691000_1139963089418698_4978617403463486025_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14656425_1141788912569449_7601567461109671092_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14908390_1141788885902785_3328605872189653468_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14572938_1141605802587760_8807683914100314056_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14908174_1141605729254434_7834787388738977014_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14595618_1141329409282066_3123316349854128360_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14590243_1141321979282809_6922528616429304403_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14900529_1140513576030316_4585080226623423535_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14590342_1140488796032794_3115296071567474907_n.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE
  • 14876674_1140438879371119_6647122833187125231_o.jpg Movimento Estudantil UFPI/CPCE

O movimento de ocupação de escolas e Universidades só cresce no Brasil e agora foi a vez dos estudantes de Bom Jesus ocuparem o campus da Universidade Federal do Piauí no município em protesto contra a PRC 241. Em Teresina a reitoria já está ocupada há mais de 10 dias e o campus de Picos taambém está pelo mesmo período com acesso limitado. Todas as atividades do campus estão suspensas.

Cerca de 200 estudantes participam da ocupação que é pacífica e tem atividades de cunho político, debates e atividades culturais desenvolvida pelos próprios ocupantes dentro do prédio. Os alunos tem recebido apoio da comunidade que tem doado mantimentos para os estudantes que estão dormindo no local. 

Os docentes da UFPI também aderiram ao movimento e cerca de docentes já paralisaram as atividades desde a última quinta-feira (27). A paralisação deve serguir até o dia 21 deste mês. Em outros campi também há assembleias para discutir a PEC 241.

Rayldo Pereira
rayldoepreira@cidadeverde.com

Suspeito de fazer criança refém e roubar R$ 20 mil em Bom Jesus é preso na BA

Michel Batista da Silva foi preso ontem (26), em uma parceria entre a Polícia Civil do Estado do Piauí e a Polícia Civil do Estado da Bahia. Ele é suspeito de invadir uma residência em Bom Jesus (632 km de Teresina) no último dia 2, junto de outro homem, e fazer uma criança de apenas sete anos refém. Com informações privilegiadas, eles roubaram R$ 20 mil do sofre da família. Ele foi achado na cidade de Formosa do Rio Preto (BA). 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, no dia do roubo, momentos antes, Michel e seu comparsa roubaram uma motocicleta em uma estrada vicinal que dá acesso ao Assentamento Conceição, em Bom Jesus, e logo em seguida fugiram do local.

Usando a moto e com informações privilegiadas, os dois invadiram um açougue no Bairro Serra Nova, entraram na residência e renderam toda a família com uma arma de fogo. Diante dessa situação, o chefe da família ofereceu R$ 800,00 (oitocentos reais), dois celulares e um capacete.

Contudo, com a arma de fogo apontada para a cabeça de uma criança de 7 anos, filha do proprietário da casa, eles exigiram que o pai lhes entregasse o dinheiro do cofre, sem sequer terem visto o local. Sem alternativa, o pequeno empresário entregou a quantia guardada no cofre: R$ 20.250,00 (vinte mil, duzentos e cinquenta reais). Logo após a ação criminosa, os elementos fugiram, deixando todos os integrantes da família em pânico.

No dia seguinte, com a comunicação do fato, a Polícia Civil de Bom Jesus investigou, identificou, porém, não conseguiu prendê-los em flagrante. Diante disso, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva de ambos, a qual foi imediatamente concedida pelo Poder Judiciário. 

E através da integração e da contínua vigilância das Polícias Civis do Piauí e da Bahia, um dos foragidos foi preso na cidade de Formosa do Rio Preto após o cumprimento do mandado.

Ontem, Michel foi recambiado de Barreiras (BA) para Bom Jesus, onde deve ser interrogado e encaminhado à Penitenciária Regional. Ele já responde por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e outros crimes contra o patrimônio. A moto foi abandonada em Barreiras, e já restituída. As investigações continuam com o intuito de localizar o outro comparsa.

 

Maria Romero com informações da SSP/PI
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores