Cidadeverde.com

Deputado e prefeito inauguram assentamento em Campo Maior

O deputado estadual, Aluísio Martins, e o prefeito de Campo Maior, Paulo Martins, inauguram, nessa sexta-feira (03), o assentamento Caldeirão, em Campo Maior, que beneficia 20 famílias. Na programação estava prevista a participação do governador Wellington Dias, que cancelou a agenda para viajar a Brasília.

A inauguração do assentamento Caldeirão está prevista para 16h, com a celebração de uma missa e em seguida será realizada a solenidade.

Entre os benefícios estão 20 unidades habitacionais, abastecimento de água, implantação do projeto de irrigação produtiva, eletrificação rural, casa de farinha, aviário e aprisco coletivo.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Vigilância apreende produtos vencidos em estabelecimentos de Campo Maior

A Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Campo Maior apreendeu diversos produtos vencidos em estabelecimentos comerciais do município na última terça-feira (30). Segundo o Coordenador da Vigilancia, Kerson de França Oliveira, foram recolhidos mais de dez tipos de produtos. “Todos os dias fazemos fiscalizações nos estabelecimentos de toda a cidade e quase sempre encontramos mercadoria vencida”, comentou.

Fotos: Divulgação

Entre os produtos recolhidos estão energéticos, óleo vegetal, café moído, chá verde com menta, massa de milho, medicamento em farmácias, biscoito, pães embalados, fermentos e assadeiras nas panificadoras. Alguns dos energéticos foram fabricados em 2013, e se venceram em dezembro do ano passado.

“Antigamente a gente apreendia era carradas de produtos vencidos. Hoje os comerciantes estão mais conscientes”, frisou. Kerson revelou que a Vigilância agora está fazendo fiscalização na venda de frango tanto natural quanto assado para saber se está dentro dos padrões para que o produto possa ter condições de manipulação.

Assim que é feita a constatação, o produto é recolhido e o proprietário do estabelecimento é notificado. “Estamos aguardando a Câmara de Vereadores aprovar uma advertência mais severa para aqueles que persistem no erro”, ressaltou Kerson afirmando que há comerciantes que deixam intencionalmente.

“Pedimos a população para colaborar com a vigilância fazendo denuncias. Quem quiser colaborar pode ligar para a Secretaria de Saúde através (86) 3252-2668”, finalizou.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Polícia prende seis pessoas durante Operação Folguedos em Campo Maior

  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior

Seis pessoas foram presas em flagrante na operação Folguedos, deflagrada na manhã desta quinta-feira (02) pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Laércio Evangelista, delegado titular de Castelo a operação é resultado de investigação e envolve as polícias Militar, RONE, Canil, Polícia Civil de Campo Maior, Altos, Piripiri, Castelo e Barras.

"A operação é resultado de meses de investigação e em poucas horas conseguimos prender seis pessoas em flagrante. Todas as prisões foram em Campo Maior somente nesta manhã", explicou o delegado.

Cerca de 50 policiais participaram do cumprimento aos mandados de busca e apreensão no município. Com os presos foram apreendidos dois quilos de drogas, crack e maconha, cinco armas de fogo, sendo três revólveres de calibre 38 e duas espingardas, além de muita munição e cerca de R$ 2 mil em espécie.

Segundo o delegado, um dos presos é funcionário de uma indústria cerâmica de Campo Maior e estava fardado no momento da abordagem. "Outro preso chegou a tentar jogar a arma no telhado que quase acertou a cabeça de um policial", contou o delegado.

Os seis foram levados para a delegacia de Campo Maior onde serão autuados em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo e serão levados para uma penitenciária nas próximas horas. "A penitenciária ainda não está definida porque vamos depender das vagas disponíveis", concluiu Laércio Evangelista.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Polícia apreende menor que roubou moto para dar ‘voltinha’ com namorada

Policiais da Delegacia de Campo Maior, a 80 quilômetros de Teresina, apreenderam na manhã desta quarta-feira (1º) três menores suspeitos do furto de uma moto próximo ao Complexo de Atendimento Médico Municipal (SAMDU). Entre os apreendidos, está um menor que disse ter participado do roubo para comemorar o aniversário da namorada dando uma "voltinha" no veículo.

O furto aconteceu na noite de terça-feira (30), e a apreensão dos três menores ocorreu na localidade Maçãs, entre os municípios de Campo Maior e Jatobá. A moto roubada era uma Honda Fan de cor vermelha e placa NHY 3334. Para levar o veículo, o trio cortou os fios de ignição e fez uma ligação direta.

Em entrevista ao Portal Campo Maior, um dos menores acusados do roubo afirmou que só participou da ação porque a namorada estava de aniversário e queria dar uma "voltinha". À Polícia, os adolescentes afirmaram que só levaram a moto porque ela estava abandonada.

O proprietário da moto, identificado como Sérgio Alves da Silva, compareceu à Delegacia Regional de Campo Maior e reconheceu a moto.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Motoqueiro derruba poste e morre em acidente no Açude Grande

  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde

Um motoqueiro morreu em acidente no final da manhã deste domingo (28), no Açude Grande, em Campo Maior (PI). O impacto da colisão derrubou um poste. 

Marcos Paulo Silva de Jesus, 29 anos, natural de Guará (DF), pilotava uma moto Titan azul de placa HYJ-8672, de Paraipaba, Ceará. Por volta de 11h, o motoqueiro teria perdido o controle e acertou um poste na margem do açude. 

A vítima não estaria usando o capacete no momento do acidente. O acessório de proteção foi encontrado distante do corpo do piloto. 

Policiais militares isolaram a área por conta dos fios que ficaram caídos na pista. 

Fábio Lima (com colaboração de Thiago Amaral e Francisco Filho)
fabiolima@cidadeverde.com

Acidente entre moto e caminhão na BR-343 mata cabo da PM em Campo Maior

Um acidente envolvendo uma moto e um caminhão na BR-343 resultou na morte de um cabo da Polícia Militar na tarde desta quinta-feira (25). O acidente aconteceu no Km 236 da BR 343 em Coca de Telha/PI. Ele conduzia uma motocicleta da PMPI, Honda XRE 300, placa OVW 4334/PI. Já o caminhão tinha placasLVV 3346/PI.

Segundo a PRF, o policial militar se deslocava com outros 3 policiais para trabalhar em Piripiri. 

 

A vítima foi identificada como cabo José e trabalhava na Companhia Independente de Trânsito (Ciptran). O acidente aconteceu quando ele se deslocava a trabalho em uma moto da Polícia Militar para o Norte do estado.

Cabo José morreu após colidir a moto que conduzia na traseira de uma caminhão. A morte foi confirmada pelo Ciptran.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Governador vai a Campo Maior autorizar asfalto na zona Urbana

Está marcada para o inicio do mês de julho a assinatura da ordem de serviço para a pavimentação asfáltica de ruas da zona Urbana de Campo Maior. A data foi definida em uma reunião realizada na Secretaria Estadual de Transportes pelo prefeito Paulo Martins e o secretário Guilhermano Pires.

A obra será pessoalmente autorizada pelo governador Wellington Dias, que no próximo dia 03 de julho estará em Campo Maior com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.

De acordo com o engenheiro Ribamar Araújo Filho, nesta data será assinado um aditivo com a liberação do recurso para o asfaltamento de oito ruas da zona Urbana de Campo Maior.

Para a obra está sendo destinado recurso na ordem de R$ 1,4 milhão, cuja liberação foi articulada pelo deputado estadual Aluísio Martins e o prefeito Paulo Martins junto ao Governo do Estado. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Assembleia aprova pedido para aumentar horário de cadastramento biométrico

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou pedido para que o Tribunal Regional Eleitoral estenda o horário de atendimento ao eleitor que faz o recadastramento biométrico em Campo Maior, Nossa Senhora de Nazaré, Jatobá do Piauí e Sigefredo Pacheco. O pedido foi apresentado pelo deputado estadual Aluísio Martins.

O recadastramento biométrico está sendo feito realizado jurisdição das 7ª e 96ª Zonas Eleitorais por técnicos do TRE-PI. Atualmente o horário de atendimento é de 7 as 13 horas. Para o deputado, esse expediente está dificultando o acesso de muitos eleitores ao cadastramento biométrico.

A ideia é que o atendimento seja estendido até às 17 horas. “São quase 60 mil eleitores, que precisam fazer esse cadastro e que precisa de horários alternativos para que não fiquem de fora do processo”, reforça do deputado.   

A solicitação do parlamentar foi encaminhada, pela Assembleia Legislativa, para o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí, desembargador Edvaldo Pereira de Moura.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Aluísio Martins visita Uespi de Campo Maior e destina emenda parlamentar

O deputado estadual, Aluísio Martins, irá visitar o campus da Uespi, Heróis do Jenipapo, em Campo Maior, para discutir com a direção, professores e alunos a destinação de emenda parlamentar para a estrutura da universidade.

Aluísio Martins disse que ficou sensibilizado com o relato dos alunos do campus quando participaram de uma audiência pública na Assembleia Legislativa sobre a situação da UESPI. “Quero conhecer melhor a realidade dos alunos, professores e diretores e também a estrutura física do campus”, ressaltou.

Após a audiência realizada no inicio desse mês de junho, Aluísio conversou com os alunos e se manifestou interessado em amenizar a situação da Uespi em Campo Maior destinando recursos através de emenda parlamentar. “Queremos assegurar recursos para melhorar a infraestrutura da instituição e para isso quero ouvir as prioridades dos alunos e professores”,  reforçou Aluísio.  

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Homem é preso ao tentar comprar bebida com nota falsa em Campo Maior

Um homem identificado como Kilson dos Santos Chagas foi preso em Campo Maior, a 80 quilômetros de Teresina, acusado de tentar comprar uma garrafa de vinho com uma nota falta de R$ 50. O caso aconteceu na sexta-feira (12) e ligou o sinal de alerta entre os comerciantes da cidade.

A tentativa de golpe aconteceu em um estabelecimento comercial no Centro de Campo Maior durante a noite do Dia dos Namorados. O suspeito, morador do bairro Califórnia, foi detido pela Força Tática da Polícia Militar.

De acordo com a PM, a nota falsa apresentava falhas gritantes, que chamaram atenção e foram facilmente constatadas. A partir da prisão de Kilson, a Polícia Civil iniciará investigação para indentificar a origem das cédulas falsificadas.

Flávio Meireles
flaviomeireles@gmail.com

Posts anteriores