Cidadeverde.com

Governo retoma licitação da PI-215 e obra fica R$ 500 mil mais barata

Reprodução/Google Maps

O Departameto de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) vai licitar o asfaltamento da rodovia PI-215, no trecho entre Campo Maior a Coivaras, reclamação antiga dos municípios e comunidades no entorno. A obra vai custar mais de R$ 10 milhões.

A licitação deveria ter sido realizada em agosto, mas foi suspensa pelo DER-PI para promover "correção das impropriedades detectadas no projeto de engenharia da citada obra". Antes, o valor estimado da obra era de R$ 11.265.110,88. Agora, a concorrência foi aberta com custo previsto de R$ 10.763.979,33, uma economia de pouco mais de meio milhão de reais. 

O trecho envolve 27,8 quilômetros e, após asfaltado, deve reduzir o tempo de viagem entre as duas cidades - hoje quem trafega pelos dois municípios precisa seguir até a cidade de Altos se quiser fazê-lo por via pavimentada, o que aumenta o trajeto para 66 quilômetros. 

Com a obra, restarão apenas 17 quilômetros a serem asfaltados na PI-215, mais precisamente no trecho de Coivaras a Alto Longá. A ligação entre os dois municípios é outra reivindicação das comunidades dos territórios Entre Rios e Carnaubais que também dependem do desvio por Altos para chegar a Campo Maior.

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Paula Fernandes e Solange levam público recorde ao Sabor Maior

As cantoras Paula Fernandes e Solange Almeida foram as estrelas da ultima noite do 7º Sabor Maior, (Festival Gastronômico de Campo Maior). A Praça Valdir Fortes recebeu o maior público de sua história e se rendeu ao talento e simpatia de duas das musas da música sertaneja e do forró. 

Primeiro se apresentou Solange Almeida, depois entrou a Banda Spacial e o seu repertório dos anos 60, e para a fechar subou no palco 2 do Sabor Maior Paula Fernandes. Enquanto mais de 25 mil pessoas aprveitavam as delícias da culinária campomaiorense, através dos restaurantes e lanchonetes presentes no Festival.

O prefeito Professor Ribinha acompanhou todos os shows e avaliou o evento como um dos melhores. "Quero agradecer imensamente a todos que participaram da organização do Sabor Maior 2017, foi o resultado do esforço de cada um que fez um sucesso espetacular acontecer! Um abraço e muito obrigado!", agradeceu Ribinha.

Fonte: Ascom

Moto bate em carro e atinge mais dois veículos na BR-343 em Campo Maior

  • 3b2ab462-f492-4675-b420-e6f862a61abd.jpg Reprodução
  • 2455d67c-92a8-4b06-8f2b-5352b01fc012.jpg Reprodução
  • 24256347-ab19-4fda-b04c-15d1b654a1f4.jpg Reprodução
  • 8407b58d-8b1b-4896-995b-ab3a43220332.jpg Reprodução
  • 058dd6cf-7f43-43ab-a71d-1c9b444ab154.jpg Reprodução
  • c0afaf52-e17f-4901-bfbf-4a38cad39472.jpg Reprodução

 

Um acidente grave na manhã deste domingo (15) envolveu dois carros e duas motos na BR-343, em Campo Maior. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma das motocicletas foi realizar uma ultrapassagem quando colidiu na lateral de um automóvel. 

Com o impacto, a moto se partiu em vários pedaços, sendo que um deles atingiu outro motociclista que terminou perdendo o controle e batendo em outro carro.

O acidente aconteceu por volta das 9h40 no km 271 da BR-343. Os veículos envolvidos foram um Nissan March; um Ford Fiesta e as motos Suzuki GSXR 750 e Suzuki GSX 1300 R.

Ainda de acordo com a PRF, o condutor de uma das motos teve lesões graves e foi encaminhado ao hospital. O trânsito ficou lento na rodovia e só voltou a normalidade por volta das 13h.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Acusado de estuprar e matar menina de 9 anos leva pena máxima

Fotos: Portal de Campo Maior

Antônio Francisco Vieira da Silva, conhecido como o "Piranha", foi condenado a pena máxima por estuprar e matar uma menina de nove anos em Campo Maior, município a 78 km de Teresina. A sentença foi dividida em duas penas, uma de 23 anos e seis meses pela morte da criança acrescida em 10 anos pelo estupro da menina, totalizando 33 anos e seis meses de condenação.  A sentença é três anos superior a pena máxima prevista no Código Penal Brasileiro que é de 30 anos. 

Piranha, era acusado de estuprar e matar uma menina de nove anos em Campo Maior, município a 78 km de Teresina. O crime ocorrido em 2015 chocou a comunidade. O corpo da vítima, identificada como Franciele foi encontrado em um córrego no povoado Porção II, no dia 4 de janeiro de 2015. A Polícia constatou que ela foi violentada sexualmente e morta por afogamento.

O julgamento, que durou cerca de cinco horas terminou as 14h desta quarta-feira (04) e foi presidido pelo juiz Múccio Meira no Fórum de Campo Maior.  O acusado precisou de escolta policial para participar do julgamento e a decisão foi comemorada pelos presentes.

Após o julgamento, Antônio foi conduzido de volta à Penitenciária de Esperantina onde ele está preso desde a semana do crime.


Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Acusado de estuprar e matar menina de 9 anos será julgado em Campo Maior

Foto: Campo Maior em foco

O Tribunal do Júri da 2ª Vara de Campo Maior, 78 quilômetros ao Norte de Teresina (PI), julgará, nesta quarta-feira (4), o acusado de estuprar e matar uma menina de 9 anos. O crime ocorreu em janeiro de 2015 e chocou a zona rural do município. 

O corpo de Franciele foi encontrado em um córrego no povoado Porção II, no dia 4 de janeiro de 2015. A polícia constatou que ela foi violentada sexualmente e morta por afogamento.  

O suspeito, Antonio Francisco Vieira da Silva, conhecido como "Piranha", hoje com 34 anos, foi preso e, segundo a polícia, confessou que já tentava agradar a garota com bombons antes de cometer o estupro. 

O delegado Laércio Evangelista, que investigou o caso há dois anos, relatou na época que o suspeito admitiu ter tido relações sexuais com outros menores de idade. Dias depois da prisão, ele tentou se matar em uma das celas do 1º Distrito Policial de Campo Maior. 

Antônio Francisco Vieira da Silva responde por estupro de vulnerável e homicídio qualificado. 

 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Dupla se passa por sindicalistas e rouba todo dinheiro de agência dos Correios

Foto: Campo Maior em Foco

Funcionários dos Correios do Centro da cidade de Campo Maior, distante 78 quilômetros de Teresina, viveram momentos de desespero logo no início da manhã desta quinta-feira (28). Dois assaltantes armados aproveitaram o momento de greve da categoria e fingiram ser sindicalistas para roubar a agência. 

O comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, major Etevaldo Alves, informou ao Cidadeverde.com que os assaltantes estavam com camisetas do sindicato que representa os Correios e simularam que iam participar de uma reunião da categoria. 

Quando o primeiro funcionário chegou para trabalhar, a dupla o abordou na parte externa dos Correios e anunciou o assalto. Eles entraram na agência e na medida em que os outros funcionários iam chegando ao local, os assaltantes os rendiam sob a mira de uma revólver.  

Segundo a Polícia Militar, os assaltantes trancaram todos funcionários, inclusive o gerente da agência, em uma sala.  “Os funcionários contam que eles [assaltantes] não agiram com violência. Disseram que iam levar o dinheiro pediram para ninguém ligar para a polícia”, conta o major Etevaldo. 

Os assaltantes forçaram um funcionário a abrir o cofre da agência e roubaram todo dinheiro que havia no local. A quantia roubada não foi divulgada. 

Após o assalto, a dupla fugiu.  Até agora não há informações sobre o paradeiro dos assaltantes, mas a Polícia Militar segue em diligências para tentar capturá-los. Câmeras de segurança devem auxiliar nas investigações.

A polícia suspeita que mais bandidos tenham participado da ação.  O caso será investigado pela Polícia Federal. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

7ª edição do Sabor Maior é lançado oficialmente no Palácio de Karnak

  • 1bf74735-da59-40c7-864d-2ce749841efc.jpg João Allbert/Ccom
  • 6b0a6e4a-ddbf-4beb-ae91-eb05bd7b8375.jpg João Allbert/Ccom
  • 89af187f-d994-4816-9996-40334ffe253f.jpg João Allbert/Ccom
  • 859a1228-5172-48e4-8a18-ada32f49b4d7.jpg João Allbert/Ccom
  • 9670ca37-1221-4097-b51f-6fcd1bbb10a8.jpg João Allbert/Ccom
  • 99963f3c-934c-41b2-87e2-fb3e0802d76a.jpg João Allbert/Ccom
  • 672232dc-2ebe-4697-9b66-2c9c461f4d28.jpg João Allbert/Ccom
  • 12772649-aa2f-4274-9e0e-fe34f360e4ab.jpg João Allbert/Ccom
  • b6e451e8-a8fb-4437-8c5e-c32533873658.jpg João Allbert/Ccom
  • d450633f-b4c1-4912-a222-cef787de498a.jpg João Allbert/Ccom
  • dc1c6350-0350-46a7-8192-9a1caa8e270d.jpg João Allbert/Ccom
  • e0442629-9478-47f7-8a99-58acfbb12774.jpg João Allbert/Ccom

Foi lançado nesta segunda-feira em Teresina o Festival Gastronômico Sabor Maior, que acontecerá do dia 12 a 14 de outubro na cidade de Campo Maior, a cerca de 90 km de Teresina. 

O festival está na sua sétima edição e já se consolidou no calendário do Estado. O prefeito de Campo Maior, José Ribamar Carvalho, disse que o evento já é uma marca que cresce a cada ano, promovendo o turismo e a movimentação da economia e do setor gastronômico. 

"Estamos com uma grande expectativa, recebendo pessoas até de outros estados e já é uma marca pra o nosso Estado. É um momento de oportunidade de entretenimento e o principal, de destacar a melhor culinária do nosso estado", ressaltou. 

O prefeito disse também que na programação está prevista a visitação aos pontos turísticos para os interessados. 

A programação cultural terá shows de artistas nacionais como Solange Almeida e Paula Fernandes, Solange Almeida, Eliane e Biquíni Cavadão, além de atrações regionais.


Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

João Henrique reúne delegados do partido nas regiões de Barras e Campo Maior

O vice-presidente regional do PMDB no Piauí, o ex-ministro João Henrique Sousa, reuniu nesta sexta-feira (22) os delegados do partido nos municípios das regiões de Barras e de Campo Maior. João Henrique conversou com as lideranças políticas sobre a situação do Piauí, condenou a adesão de parte do PMDB ao Governo Estadual e pediu apoio para viabilizar a candidatura própria do partido ao Governo do Estado em 2018.

Em Barras, participaram da reunião os delegados do município e das cidades de Joca Marques, José de Freitas, Miguel Alves, Matias Olímpio e São João do Arraial. Já em Campo Maior, participaram os delegados dos municípios de Altos, Nossa Senhora de Nazaré, Cocal de Telha, Juazeiro, São Miguel do Tapuio, Lagoa Alegre, Buriti dos Montes, Capitão de Campos, Coivaras, Pau D'Arco, Boqueirão do Piauí e Beneditinos.

Todas as lideranças presentes sinalizaram positivamente à candidatura própria do PMDB ao Governo e declararam apoio a João Henrique na convenção do partido, que pode ser realizada no dia 27 de janeiro ou em julho de 2018. Durante a palestra, o ex-ministro, que é presidente do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), fez duras críticas ao governo Wellington Dias, falou sobre o endividamento do Estado e o comprometimento da máquina pública para acomodar aliados políticos do Governo.

"O Estado tem 63 secretarias. Com o nome de secretaria tem umas 20, mas unidades orçamentárias são outras dezenas. Isso onera bastante a máquina pública. A Assembleia Legislativa conta com 15 suplentes. Todas essas manobras são feitas para acomodar aliados políticos e isso está prejudicando muito nosso Estado”, afirma João Henrique.

O ex-ministro também lamentou a decisão da cúpula do PMDB no Estado em manter o apoio ao governo Wellington Dias, o que ele considera um desrespeito às bases do partido. “Quem decide se o PMDB terá ou não candidatura própria são os delegados regionais. Ou seja, a direção estadual aderir ao Governo do PT é um desrespeito a essas lideranças, que têm peso decisivo nas diretrizes do PMDB”, disse ele.

Presidente do PMDB em Joca Marques, Edna Almeida declarou que as lideranças do partido em grande parte dos municípios do Estado apoiam a candidatura própria do PMDB. “E acreditamos que o ex-ministro João Henrique seja o melhor nome, pois conhece o Piauí, possui experiência em gestão e tem força de vontade para mudar essa realidade”, concluiu.

Governo aplicará R$ 12 milhões em asfaltamento entre Campo Maior e Coivaras

O governador Wellington Dias reuniu-se com o prefeito da cidade de Campo Maior, Professor Ribinha, nesta quinta (21). Na oportunidade, o chefe do executivo estadual  previu avanços para a execução de R$ 12 milhões para asfaltamento da PI 215.

De acordo com Ribinha, as intervenções em asfalto via estadual, já licitadas, deverão ser executadas até o final do ano. A obra, que possui mais de 20 quilômetros de extensão, liga o município de Campo Maior a Coivaras.

No encontro o governador também renovou o apoio estadual ao Festival Gastronômico de Campo Maior, o Sabor Maior, que este ano chega a sua sétima edição. 

Sabor Maior

O evento que será realizado nos dias 12, 13 e 14 de outubro, na Praça Valdir Fortes vem chamando a atenção ao apresentar as riquezas gastronômicas do norte piauiense. “O festival é uma grande oportunidade para a região de Campo Maior, inclusive um evento que já está no calendário do Estado. 
É um evento que traz o fortalecimento da cultura, do lazer, do turismo do município de Campo Maior como também, uma fonte de renda. Teremos várias atrações e vamos fortalecer o turismo local”, adiantou o prefeito Ribinha.


Fonte: Ccom

Caminhada da Semana Nacional do Trânsito movimenta as ruas de Campo Maior

A superintendência de Trânsito de Campo Maior em parceria com as secretarias municipais de Saúde e Educação e o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-PI) promoveram, nesta segunda-feira 18/9, uma caminhada pelas ruas da cidade para marcar a abertura da Semana Nacional de Trânsito. A caminhada seguiu até a Câmara Municipal de Vereadores onde na oportunidade foi realizado palestras.

A semana prossegue até o dia 25 setembro em todo o País com o tema “Minha Escolha Faz a Diferença no Trânsito”, instituído pelas Organizações das Nações Unidas (ONU). O objetivo da caminhada, em Campo Maior, é chamar a atenção da sociedade sobre a importância da segurança viária. Alunos da rede municipal e estadual de ensino participaram do evento.

“No trânsito, boas atitudes entre condutores e pedestres têm o poder de promover o respeito e a cidadania. É essencial saber agir corretamente frente às diversas situações do dia a dia no trânsito, reconhecendo e alterando maus hábitos e posturas negativas”, explica Major Paz, secretário municipal de Trânsito.

Fonte: Ascom

Posts anteriores