Cidadeverde.com

Campo Maior faz o Planejamento Anual da Saúde para 2018

A Prefeitura Municipal de Campo Maior deu início nesta manhã de quarta-feira, 7/1, ao Planejamento Anual de Saúde 2018. Este segundo momento do planejamento acontece com a participação de todos os servidores da Atenção Básica, as peças principais do Projeto segundo o secretário Marcelo Miranda.

O planejamento anual da Saúde vai permitir um direcionamento das ações das equipes da Atenção Básica, aliada as metas, diretrizes e objetivos, tornando-se um instrumento construtor de efetivação das ações para melhoria do processo de trabalho com consequente aumento de resolutividade, do acesso, da integralidade, da universalidade e confiança da população. "Vamos apostar muito nisto e na melhoria das condições de trabalho para atingir os objetivos, para isto é necessário este planejamento", destacou o secretário Marcelo Miranda.

Em sua fala, na abertura, o prefeito Professor Ribinha parabenizou o secretário Marcelo Miranda e disse que de forma especial cumprimentava cada um dos servidores da secretaria. "Vocês não imaginam o quanto estamos motivados vendo tanta gente com um único objetivo, trabalhar juntos com todos pela prestação de um bom serviço a população", refletiu o prefeito.

Fonte:Ascom

Prefeito Professor Ribinha e seus assessores traçam Plano de Metas para 2018

O prefeito Professor Ribinha juntamente com os seus assessores traçam plano de metas para melhorar cada vez mais a vida dos campo-maiorenses em 2018. Na parte de saneamento básico ele disse, que com o apoio do Governo do Estado, por meios de emendas parlamentares, pretende construir calçamento este ano, em diferentes bairros de Campo Maior onde há ruas ainda não pavimentadas, investindo e torno de R$ 5 milhões.

“Já dispomos do mapeamento de todo o município de Campo Maior com relação às demandas de calçamento. Neste início de ano vamos começar, ainda que fazendo aos poucos, contando com as emendas do deputado Aluísio Martins, já asseguradas”, ressaltou. O objetivo, segundo o prefeito é proporcionar melhor condição de vida às pessoas, com a retirada de bueiros, lama e poeira, trazendo mais conforto para as famílias.

“Para mim é motivo de alegria está avançando em saneamento básico, construindo calçamento, garantindo o abastecimento de água, e resolvendo os problema de esgotos, bueiros que no período chuvoso deixa ruas intrafegáveis pelo acúmulo de água”, destacou. Alguns projetos em 2017 serão realizados este ano como a iluminação de Led, cuja instalação até maio terá início na cidade, e outras medidas.  

Fonte: Ascom

Campo Maior: nova creche municipal será inaugurada em julho

Na manhã dessa segunda-feira 15/01, o prefeito Professor Ribinha iniciou a sua agenda visitando a obra de construção da creche do Parque Estrela, que está sendo executada em ritmo acelerado. No local, que atende projeto de engenharia do Ministério da Educação, serão atendidas 250 crianças. 

Em conversa com os responsáveis pela construção, o prefeito Ribinha foi informado que a previsão é de que em julho seja concluída a creche, cujo investimento é de quase R$ 1,3 milhão.

A unidade está sendo construída na Avenida São Tomás de Aquino, com área total de 890,73 m², vai receber o nome da saudosa professora e escritora Marlene Mourão, que residia no Bairro. 

A meta do prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, é matricular 10 mil alunos nas escolas da rede municipal de Educação em Campo Maior.

"Esta creche vai mudar a vida de muita gente, e o nosso propósito como gestor, o compromisso que assumimos foi de melhorar, mudar, contribuir com a melhoria na vida das pessoas do município", disse o prefeito. Atualmente as crianças estudam na Escola Nossa Senhora de Fátima, que está pequena para acomodar o alunado do Bairro e da região.

Fonte: Ascom

Bando faz família de gerente refém e assalta loteria no Norte do Estado

A família do gerente da loteria de Nossa Senhora de Nazaré, distante 110 quilômetros de Teresina, foi feita refém por bandidos na manhã desta quinta-feira (11). O 15º Batalhão da Polícia Militar informou ao Cidadeverde.com que quatro assaltantes levaram o gerente, sob a mira de armas de fogo, para a casa lotérica e lá praticaram um assalto. 

Segundo a Polícia Militar, os assaltantes invadiram a casa do gerente e fizeram ele, esposa e seus filhos reféns. Todos ficaram muito assustados diante da ação criminosa, mas ninguém ficou ferido. 

“Eles se deslocaram juntamente com o gerente feito refém até a lotérica onde praticaram o assalto levaram dinheiro que estava nos caixas”, conta o subcomandante do 15º BPM, capitão Paulo Roberto. 

Após o roubo, os bandidos fugiram no carro do gerente e abandonaram o veículo a 5 quilômetros de Nossa Senhora de Nazaré. O bando continuou a fuga em um carro Celta de cor verde e seguiu em direção à BR 343. 

O valor roubado pelos bandidos não foi revelado. Esta foi a primeira vez que a loteria de Nossa Senhora de Nazaré foi assaltado. A Polícia Militar está em diligência para tentar capturar os suspeitos.

O caso deve ser investigado pela Polícia Federal. 

Foto: Campo Maior em Foco


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Chuva de granizo e ventos fortes causam destruição em Campo Maior

  • thumbs.jpg
  • granizo_campo_maior.jpg
  • destruição.jpg
  • torre_radio_meio_norte.jpg
  • ventos_campo_maior.jpg
  • ventos_campo_maior2.jpg
  • ventos_campo_maior3.jpg
  • ventos_campo_maior4.jpg

Uma chuva com ventos fortes e granizo assustou a população de Campo Maior no início da tarde desta quarta-feira (10).Moradores registraram o fenômeno natural que acabou deixando um rastro de destruição na cidade.

No bairro Cidade Nova, o forro de uma panificadora desabou e uma torre de transmissão também.  Ruas alagaram e diversas placas de publicidade também foram arrastadas pelo vento.

O fenômeno do granizo é muito comum nas primeiras chuvas já foi registrado essa semana em outros municípios do Estado. Nesta semana, moradores de São Julião, na região Sul do Piauí, já haviam registrados o fenômeno.

O clime excessivamente quente de algumas regiões se encontra com a atmosfera fria e forma partículas de gelo gerando o granizo. O vento começa a circular e essa partícula cresce formando as pedras de gelo.

 

 

Rayldo Pereira
Com informações CampoMaioremFoco
rayldopereira@cidadeverde.com

Menor é apreendido por populares após roubar celular em Campo Maior

  • CM_menor_3.jpg portal de Campo Maior
  • CM_menor_1.jpg portal de Campo Maior
  • CM_menor_2.jpg portal de Campo Maior
  • CM_menor.jpg portal de Campo Maior

O menor de iniciais D. F. L., de 17 anos,  foi apreendido e espancado por populares ao roubar um celular de uma mulher. O crime ocorreu no final da tarde dessa segunda-feira, 08.01, nas proximidades da Maternidade Sigefredo Pacheco, em Campo Maior.

Após praticar o roubo, D.F.L correu mas pessoas que ouviram a mulher pedir socorro perseguiram o acusado, conseguindo detê-lo e depois passaram a agredi-lo com socos e casco de garrafa. O menor sofreu algumas escoriações pelo corpo.

De acordo com o capitão Paulo, subcomandante da Polícia Militar de Campo Maior, a PM foi acionada e conduziu o menor para o Hospital Regional de Campo Maior e depois para o 1º Distrito Policial.

Fonte:portaldecampomaior

Suspeito de tráfico é morto a tiros na porta de casa em Campo Maior

Suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas, Eulálio Pereira dos Santos - conhecido por Antônio da Ana – foi morto na madrugada desta sexta-feira (05/01) com vários tiros no bairro Califórnia, em Campo Maior. A suspeita é que o crime tenha relação com a briga pelo comando do tráfico na região. 

O Em Foco apurou que por volta de 2h da madrugada duas pessoas chegaram à residência da vítima e chamaram por “Antônio da Ana”. Ao sair, ele foi executado com pelos menos cinco tiros na porta de casa. Os suspeitos fugiram a pé. 

“Vizinhos comentam que ouviram muitos tiros e saíram para ver o que estava acontecendo. Eles relatam que viram duas pessoas correndo a pé, o que acreditamos serem os dois criminosos que mataram a vítima”, relata o capitão Paulo Roberto, o subcomandante do 15º Batalhão de Polícia Militar. “Foram muitos tiros, não sabemos precisar, ainda”. 

O local foi isolado até a chegada da perícia. “Antônio da Ana” já havia sido preso suspeito de tráfico de drogas. Para os investigadores da Polícia Civil, o principal motivo do crime é a luta pelo comando da região por grupos rivais. 
 
Fonte: campomaioremfoco

Sogro e genro são presos com 15kg de drogas ao tentar viajar para festa de Réveillon

Um suspeito que responde a pelo menos sete processos criminais na comarca de Campo Maior-PI foi preso na rodoviária de Tianguá- CE na noite desta quarta-feira (27). Francisco Jose Fontenele Pereira, conhecido como Chico Doca, estava na companhia do genro e tentavam embarcar com a família para Fortaleza-CE, onde passariam o Réveillon. Contudo, na bagagem levavam drogas e foram presos. 

"O Chico Doca não estava traficando na rodoviária e portava apenas uma pequena quantidade de cocaína que seria para consumo. Já o genro levava uma quantidade de crack maior e não tinha como alegar que era para consumo. Fizemos o flagrante e, em seguida, a equipe se deslocou até a casa do suspeito onde foram encontrados os tabletes de entorpecentes", explica Anchieta Nery, titular da 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

O delegado conta que o suspeito, atualmente, residia no Ceará e utilizava as cidades piauienses de Teresina e Campo Maior como pontos de apoio para as atividades criminosas.

"Ele pegava drogas com um fornecedor em Teresina, fazia algumas vendas em Campo Maior e também deixava com pessoas associadas a ele. Em seguida, ele subia para Tianguá-CE onde armazenava  a droga que fazia as transações. O entorpecente também era fornecido para o litoral do Estado. Ele escolheu o Ceará, justamente, para se afastar da polícia, uma vez que era foragido", explica o delegado.

Com Chico Doca e o genro, a Polícia Civil apreendeu 15 kg de maconha, dinheiro e duas balanças de precisão. Um vídeo divulgado pela 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil mostra o momento da apreensão de drogas.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Prefeitura firma convênio com Associação para transporte universitário

A Prefeitura de Campo Maior, através da secretária de relações institucionais do município editou e publicou no diário oficial dos Municípios na última quinta-feira 07/12 a Portaria de nº 1057/2017, que dispões sobre a autorização para a formalização de Termo de Fomento entre o Município de Campo Maior e a Associação Universitária do Território dos Carnaubais - AUTEC, sucessora da antiga AUCAM. 

Após parecer favorável do Ministério Público que opinou pelo deferimento do registro do Estatuto da Associação Universitária do Território dos Carnaubais, por considerá-lo plenamente legal atendendo todos preceitos da Legislação Civil. A criação e formalização da Associação dos Universitários em parceira com a Prefeitura de Campo Maior, trará uma segurança jurídica para os universitários de toda região dos carnaubais que utilizam o transporte. A Associação terá autonomia para gerenciar o transporte do município.

O Prefeito Professor Ribinha, destacou a importância da parceria; "é de suma importância essa parceria, pois trará conforto e segurança jurídica para todos os usuários do transporte universitário de Campo Maior. Somos uma cidade de universitários por isso é importante valorizar os estudantes." 

A Prefeitura disponibilizou em seu site uma página onde os estudantes podem se cadastrar afim de utilizarem o referido transporte de forma a controlar os usuários evitando superlotações e a não utilização do transporte por pessoas não cadastradas.

Segue Link para Cadastro: http://cadastrouniversitario.campomaior.pi.gov.br/

Fonte: Ascom

Motoqueiro morre após ser atropelado por carreta em Campo Maior

Um grave acidente ocorreu na tarde desse sábado, 09.12, na BR-343, nas proximidades de um motel de Campo Maior. De acordo com informações de testemunhas, um mecânico conhecido como Jardel morreu após colidir a moto que conduzia com uma carreta. O passageiro da motocicleta sofreu apenas ferimentos leves.

Um mecânico morreu após ser atropelado por um caminhão na tarde deste sábado (9) na BR 343 em Campo Maior,  município a 78 km de Teresina.  Conhecido como Jardel, ele saía com um amigo de um bar que fica as margens da rodovia e não teria percebido a aproximação da carreta.

O passageiro que seguia na garupa conseguiu pular da moto antes da colisão, já o motoqueiro não conseguiu sair do veículo e acabou atropelado.

Jardel morreu imediatamente. Um laudo elaborado pela Polícia Rodoviária Federal foi encaminhado para a Polícia Civil da região.

Rayldo Pereira
Com informações de Portal de Campo Maior
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores