Cidadeverde.com

Empresários e ex-secretário são presos em carros com documentos falsos

Dois empresários, a esposa de um advogado e o ex-secretário de Finanças e parente do ex-prefeito de Jatobá do Piauí foram presos na região de Campo Maior com carros que estariam com documentações falsas. 

                        Fotos: Portalcampomaior

Os supostos envolvidos em um esquema de clonagem de documentação de veículos foram levados à delegacia após investigação da Polícia Civil de Campo Maior. A operação denominada "Cegonha" ocorreu na tarde desta terça-feira (10) e terminou por volta da 0h de hoje. 

De acordo com o chefe de cartório, Baker Martins, os documentos são em papel moeda original e o esquema foi descoberto após consulta ao chassi dos veículos. 


"Todos os veículos estavam com o licenciamento em dia. O documento é idêntico ao original, mas quando checamos o chassi percebemos a fraude. Na verdade, cada carro clonado tinha outro original, com as mesmas características para não levantar suspeitas", destaca Martins. 

Foram aprendidos veículos modelos Celta, Honda Fit, HB20 e um Montana. Ainda de acordo com o chefe de cartório do 1º DP, o esquema de clonagem de documentos é bem articulado e há suspeitas de mais envolvidos, inclusive do Detran. 


"Será apurado como estão conseguindo o papel moeda original. Os carros são 'esquentados', termo utilizado para caracterizar veículos roubados que são postos em circulação com a documentação de um veículo perfeito", reitera. 

Os suspeitos de envolvimento no esquema de falsificação de documentos negaram conhecer a procedência dos veículos e foram liberados após pagamento de fiança de R$ 4 mil cada. 

A operação foi comandada pela delegada Alexandra Santos e policiais civis Giuliano Alencar, José de Arimateia Melo, Ferdinand, Bayker Martins, Alberto Sales e Roquel Silva.


Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com