Cidadeverde.com

Secretário de Justiça pede desculpas por usar nome de Nelson Mandela em presídio

 

O secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, usou as redes sociais na manhã deste domingo (17) para pedir desculpas ao usar o nome do presidente da África do Sul, entre os anos de 1994 a 1999, Nelson Mandela, na Penitenciária de Campo Maior, inaugurada recentemente de maneira provisória.

A homenagem foi criticada por diversos segmentos, principalmente entre os grupos de Direitos Humanos e do Movimento Negro no Piauí. Nelson Mandela, cujo nome verdadeiro é Nelson Rolihlahla Mandela, é o principal representante do movimento antiapartheid. O apartheid, que significa "vida separada", era o regime de segregação racial existente na África do Sul, no qual obrigava os negros a viverem separados.

Mandela dedicou sua vida contra a segregação racial e se tornou ícone internacional na defesa das causas humanitárias. 

No vídeo, além de pedir desculpas, o secretário Daniel Oliveira afirma que “usou equivocadamente o nome do pacifista, líder, no presídio”. 

“Esse erro foi meu e da minha equipe. Nós estamos através desse vídeo, reconhecendo o erro, e dizendo que da parte do Governo do Estado, esse tema e esse nome está revogado. Assinei na manhã de hoje, deste domingo, revogando o nome de Nelson Mandela na Penitenciária Regional de Campo Maior”, declara Daniel.

Na gravação, o secretário também pede que “as instituições, pessoas e lideranças mandem, no decorrer deste mês de setembro, novas propostas de nomes para a Penitenciária”. 

 O nome de Nelson Mandela foi definido após Projeto de Lei apresentado na Assembleia Legislativa pelo deputado estadual Aluísio Martins (PT). A penitenciária tem capacidade de lotação de 160 vagas. 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Secretária visita rotas de Turismo Rural na Programação do 7º Sabor Maior

A Secretária de Assistência Social de Campo Maior Nilzana Gomes visitou na quarta-feira (13.09) as fazendas históricas de Campo Maior que serão apresentadas como rota do turismo rural durante  o 7 º Sabor Maior, que acontecerá de 12 a 14 de outubro. A visita aconteceu  às Fazendas Jatobazal e Trabalhado.  "O objetivo da visita é construir o roteiro histórico cultural que será incluido na Programação do Sabor Maior 2017", explicou a secretária.

Antes de percorrer parte do roteiro, a secretária conversou com o coordenador de Eventos Ulisses Raulino, o gerente de Projetos da SEMDES Marco Roberto, o coordenador de Comunicação Marcos Paixão e outros convidados a reunião que aconteceu na sede da SEMAS. 

A Secretária pretende mostrar no Sabor Maior, o Amorarte, evento de revelação de talentos no quesito produção artesanal, que foi realizado  recentemente em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural - SMDR- esta última, trazendo doces, cajuina e outros produtos do meio rural que geram renda aos produtores.

A Moda também será outro tema mostrado no Sabor Maior, evidenciando as potencialidades na produção de confecções, já que a cidade é um dos maiores pólos do Nordeste de produção de roupas em Jeans e modinha. 

A secretária demonstrou que o foco do evento continua sendo a gastronomia com os pratos regionais, mais é preciso aproveitá-lo para mostrar algo mais, além de gerar renda. O coordenador de Eventos Ulisses Raulino disse que a pauta de artista nacionais já tem confirmados  Biquini Cavadão para o dia 12, no dia 13, Paula fernades, e dia 14, Solange Almeida.

Fonte: Ascom

SAAE faz melhorias no sistema de abastecimento de Campo Maior

Nessas últimas semanas, o Serviço Autônomo de Água de Campo Maior - SAAE vêm implementando ações para que seja colocada em operação a rede de água do bairro Estação.

São serviços necessários para os ajustes e correções definitivas da nova rede de distribuição de água. Foram realizadas intervenções de grande porte nas ruas desembargador Antônio Costa, Vicente Bengala e Travessa Pernambuco.

O SAAE implantou aproximadamente mais de 600 metros de tubos de P.V.C, ligação de ramais domiciliares, e instalação de hidrômetros. Com esses ajustes o abastecimento hídrico do bairro Estação vai melhorar 100% na rede de distribuição de água.

Fonte: Ascom

Paula Fernandes é a terceira atração confirmada do Sabor Maior

A 7ª edição do Sabor Maior será mesmo uma mistura de ritmos e culturas. Já está confirmada a terceira atração do Festival Gastronômico de Campo Maior, que vai receber no palco sabores: Paula Fernandes, a cantora sertaneja mais amada do Brasil.

Paula Fernandes é a atração da segunda noite do festival de gastronomia de Campo Maior, dia 13 de outubro, (sexta-feira) que ainda terá Eliane, a rainha do forró.

O Sabor Maior, esse ano, ainda tem Biquini Cavadão (12.10-quinta-feira) e Solange Almeida (14.10-sábado). “Nós teremos no total oito atrações no festival. Queremos uma mistura de sabores, ritmos e cultura”, destaca o prefeito Professor Ribinha.

Fonte: Ascom

Semana da Pátria tem solenidades no Monumento do Jenipapo e desfile da Independência

"Quando assumi a administração do município de Campo Maior, assumi também o compromisso de valorizar a história, a cultura e as tradições. Este é o nosso primeiro ano que realizamos a Semana da Pátria. Orientamos os nossos secretários e instituições e as escolas da rede municipal a voltarem-se neste momento a cantarem o hino da nossa pátria, do nosso Piauí e do nosso município", disse o prefeito Professor Ribinha, na solenidade civíco-militar no Monumento do Jenipapo, em parceria com o Comando do 10º Comando, da 10ª Região -019 do Exército e o comando da Polícia Militar na região.

O objetivo deste ato cívico, segundo o prefeito, é alimentar o espírito patriótico. "Nenhuma nação terá sucesso, se não amar a sua própria pátria. É por isto, que queremos aqui neste momento externar o amor, os sentimentos e agradecimentos a nossa cidade, ao nosso povo. A cada dia precisamos afirmar e reafirmar o nosso amor por Campo Maior", explicou o prefeito.

Isto, segundo ele, fará o povo viver melhor, mais harmônico. A solenidade no Jenipapo, contou com a presença de secretários como a de Educação Conceição Lima, o de Relações Institucionais Carlos Torres, de Finanças Cesar Robério e outros.

Contou também, com vereadores, representes de entidades locais como Maçonaria, da ACALE, da Defesa Civil, o grupo de estudantes do Projeto Semeando Saber, da Escola Nossa Senhora das Mercês e outros convidados, à exemplo do grupo de Escoteiros Irapuan Rocha.

Desfile 7 de setembro

Durante as comemorações da Semana da Pátria várias escolas foram visitadas, com a presença do Exército e da Polícia Militar em solenidade cívico-militar, e no dia 07 de Setembro, aconteceu um desfile com a participação de 24 instituições, incluído escolas das redes municipal e estadual.

Estavam presentes escolas municipais, estaduais, e entidades civis organizadas como a Polícia Militar, o Tiro de Guerra e a Ordem DeMolay. Ao todo, 27 entidades participaram do desfile. 


 

Com informações do portal de Campo Maior
redacao@cidadeverde.com

Prefeitura entrega novo calçamento no José Francisco Bona

Gratidão. Esse é o sentimento que ecoou entre os moradores das quadras F.G. e H do Conjunto José Francisco Bona, cujas ruas estão sendo pavimentadas pela Prefeitura de Campo Maior. O sentimento foi expressado durante a vistoria que o prefeito Professor Ribinha fez, nessa segunda-feira, 04.09. A população do residencial esperava pela obra há 24 anos.

O calçamento está sendo construído pela Superintendência de Obras com recursos próprios da Prefeitura de Campo Maior, que está investindo no local mais de R$ 250 mil. Quatro ruas, com 130 metros de extensão cada, estão sendo calçadas.

Os moradores aproveitaram a visita do prefeito para agradecê-lo pela tão esperada pavimentação. “Eu pensei que ia morrer sem ver esse calçamento aqui na minha rua”, disse o aposentado Cícero Bernardo, de 96 anos.

A também moradora do conjunto José Francisco Bona, Maria Deusilandia disse que o principal benefício do calçamento é a diminuição de doenças no local. “A poeira e a lama trouxeram doenças para as nossas crianças. Agora com o calçamento estamos esperançosos que as doenças diminuam”, comemora.

Fonte: Ascom

 

Projeto de Campo Maior vai representar Brasil em feira internacional

A educação de Campo Maior é destaque nacional. O projeto ‘Aventure-se na Leitura’, da Escola Municipal Raio da Esperança foi escolhido o 2º melhor projeto da II Mostra de Ciência do Cariri (MOCICA), realizada de 28 de agosto a 1º de setembro, em Juazeiro do Norte, no Ceará.

O autor do projeto é o aluno Léo Pereira, que foi premiado como aluno destaque. A professora orientadora é Silvana Orsano, que venceu o prêmio ‘Professor Nota 10’. A premiação foi realizada nessa sexta, 1º de setembro, no encerramento da feira de ciências.

Com a premiação, o projeto da Escola Municipal Raio de Esperança foi credenciado a participar da Feira Internacional de Ciências, que será realizada em 2018, na Colômbia e assim se torna um dos poucos projetos brasileiros que irá representar o país no evento.

A professora Silvana informou que a avaliação do projeto foi feita por professores renomados das universidades federais credenciadas pelo evento. O Projeto ‘Aventure-se na Leitura’, ficou em segundo lugar na categoria humanas, no nível do ensino fundamental.

“Depois de uma semana de exposição e avaliações, ficamos em segundo lugar na categoria humanas em meio aos mais de 200 projetos de várias partes do país. Ficamos mais feliz ainda com a premiação do Léo como aluno destaque na Feira e com a nossa, pois ganhei o prêmio professor nota 10”, destaca Silvana.

O aluno Léo Pereira, é estudante do 7º ano da escola Raio de Esperança, disse que desenvolveu o projeto ao perceber a carência dos colegas de escola, que não tinham o habito da leitura e um baixo desempenho nas avaliações que envolvia a interpretação de textos. “Meu objetivo foi incentivar os meus colegas a descobrir as inúmeras vantagens da leitura na vida do estudante”, resume.

Fonte: Ascom

Três são baleados durante tiroteio em bar de Campo Maior

Duas mulheres e um homem foram baleados durante uma briga de bar no municíío de Campo Maior, distante 78 km de Teresina. De acordo com o major Etevaldo Silva, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, os disparos foram feitos por um homem conhecido como Maciel, que tem passagem pela polícia por diversos crimes, inclusive por  homicídio.

O major relata que houve uma discussão entre Maciel e outro elemento de nome Cl?sio, foi agredido por Maciel com um soco e o ameaçou de morte. Maciel, não aceitou ser ameaçado, e saiu do bar, foi em sua casa, retornou armado.

Nesse momento ele fez os disparou contra as vítimas. Testemunhas afirmam que foram mais de 15 tiros. As balas atingiram duas mulheres e um homem.

Uma das vítimas foi identificada como Aldaysa Silva, que foi atingida na perna e nas nádegas. A outra mulher foi identificada como Marlúcia Pereira de Sousa, que foi atingida no ombro. As duas foram encaminhadas para o HUT. Um homem, não identificado, foi atingido de raspão.

Durante toda a madrugada as equipes do 15° BPM fizeram buscas para localizar o acusado dos disparos, que ainda não foi localizado.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

128 apartamentos serão construídos para servidores municipais de Campo Maior

O sonho de morar em casa própria, ou melhor, em apartamento próprio está mais próximo de ser realizado em Campo Maior. É que a Prefeitura de Campo Maior está nos tramites finais para firmar uma parceria com a Caixa Econômica Federal para a construção de 128 apartamentos.

Os imóveis serão destinados para servidores municipais, preferencialmente, que tenham renda acima de R$ 1.800.00 e que sejam efetivos. Os apartamentos terão 52 metros quadrados de área construída, ou seja, sala, cozinha, dois quartos (uma suíte) e área de serviço.

De acordo com o secretário de Habitação, Hildem Brito, o condomínio de apartamentos em Campo Maior terá ainda piscinas para adultos e crianças, área de lazer, campo society e pista de cooper.   

O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha comemorou a proposta de parceria porque tem a possibilidade de diminuir o déficit habitacional e ainda de está disponibilizando para os servidores um imóvel de qualidade por um preço acessível. “A Caixa financia o imóvel e a prestação deverá ficar em torno de R$ 550,00”, revela o prefeito.

A proposta da Prefeitura de Campo Maior é que esse empreendimento seja iniciado já em 2018, com período de construção dos apartamentos de 18 meses.

Fonte: Ascom

Casa de Detenção de Campo Maior será inaugurada ainda este ano e terá 160 novas vagas

As equipes de Engenharia e da Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária (Duap) da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) realizaram, nessa terça-feira (29), visita técnica à Casa de Detenção Provisória de Campo Maior. O intuito da visita foi vistoriar os últimos detalhes do local para a inauguração do novo presídio ainda neste ano.

Localizada na zona rural de Campo Maior, município a 80 km ao Norte de Teresina, a Casa de Detenção de Campo Maior abrirá 160 novas vagas no sistema prisional do Piauí. Serão dois pavilhões, com um total de 47 celas. Na estrutura, o local ainda abrigará módulos de ensino, consultório odontológico e setor administrativo.

De acordo com Socorro Seabra, coordenadora do setor de Engenharia da Secretaria da Justiça, a parte física está concluída, restando, apenas, equipar a nova unidade. “A obra do novo presídio de Campo Maior está concluída e, a partir dessa vistoria, vamos elaborar um relatório, sugerindo mais algumas melhorias, se for o caso”, explica Socorro.

O diretor da Unidade Administrativa Penitenciária, Leandro Oliveira, ressalta que a visita foi, também, para avaliar as condições de trabalho para os servidores. “Conferimos se as modificações estão de acordo com as normas de segurança e humanização. O objetivo é dar boa qualidade de trabalho aos funcionários e preservar a segurança do interno”, pontua Leandro.

O secretário de Estado da Justiça, Daniel Oliveira, observa que a Casa de Detenção de Campo Maior, a nova Cadeia Pública de Altos e os presídios que serão construídos em Oeiras e Bom Princípio vão colaborar para reduzir o excedente prisional. “Nossa meta é diminuir a superlotação, tornando o sistema mais seguro e efetivo, do ponto de vista da humanização”, destaca o gestor.

Fonte: Ascom

Posts anteriores