Homem é atingido com tiro no pé por não pagar dívida de R$ 30

Um homem identificado como Francisco da Silva Ribeiro, conhecido como Chagas, foi atingido com um tiro no pé. De acordo com a Delegada do 1º Distrito Policial de Campo Maior, Ana Luiza, informações preliminares apontam que vítima e acusado discutiram por uma dívida de R$ 30. 


O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (02), na Vila Papi, em Campo Maior. Segundo a delegada, o acusado foi identificado e a Polícia Militar realiza diligências para capturá-lo. 

"Até o momento só temos a versão da vítima que disse à polícia que teria uma dívida relacionada ao tráfico de drogas. O acusado que teria ido cobrar o dinheiro e como ele não tinha houve a discussão e o disparo", explica a delegada Ana Luiza. 


Francisco da Silva foi levado ao Hospital Regional de Campo Maior e não teve consequências graves. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Servente de pedreiro tenta enganar a polícia e dá nome falso para não ser preso

                          Fotos: Portaldecampomaior

O servente de pedreiro Raimundo da Silva Araújo Filho, 27 anos, condenado a 11 anos de prisão em regime fechado, foi preso no município de Campo Maior, nesta terça-feira (01). O jovem é acusado de comandar uma família de traficantes e teria fugido da delegacia de José de Freitas há cerca de um ano. 

"O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Lirton Nogueira Santos no mês de maio e ontem tivemos informações de que ele estaria escondido em uma residência na cidade vizinha. Montamos campana e conseguimos capturá-lo em uma casa com mais três pessoas, inclusive, sua companheira", explica o Delegado do 17º Distrito Policial, Luciano Alcântara. 


O delegado explica ainda que o acusado não tentou fugir, mas tentou enganar a Polícia Civil se identificando com um outro nome. 

"Na verdade, na primeira vez que o suspeito foi preso ele se apresentou com o nome de Francisco, mas seu nome verdadeiro é Raimundo. Na época da prisão, ele não apresentou documento e  até o mandado saiu no nome errado. Ontem quando foi abordado, deu seu nome verdadeiro para tentar despistar a polícia, mas o agente de Polícia Civil, Gilson Ferreira, o conhecia e efetuou a prisão", explica o delegado. 


Luciano Alcântara conta que será apurado ainda se o servente de pedreiro cometeu o crime de falsidade ideológica, alterando os documentos de identificação. 

"Será apurado se ele apenas forneceu o nome errado ou mudou os documentos. Providenciaremos agora a transferência dele para a penitenciária de Esperantina", finaliza Luciano Alcântara. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Prefeitura antecipa pagamento de terço de férias para servidores da educação municipal

O Governo Municipal conseguiu antecipar o pagamento do terço de férias dos servidores da Educação. O dinheiro que os professores e funcionários administrativos das escolas da rede municipal só receberiam em agosto já estará disponível no próximo dia 11 de julho, pago com os salários de junho.  O secretário Ribamar Carvalho, o Ribinha, disse que será o depositado o pagamento referente à 30 dias.

O pagamento do terço de férias é um direito de todos os servidores efetivos da rede municipal de ensino, que é depositado uma vez por ano nas contas desses funcionários do município. “O que aconteceu é que, após fazermos um planejamento financeiro e ouvir a reivindicação da diretoria do Sindicato dos Servidores, decidimos antecipar esse pagamento”, informou o secretário José Ribamar Carvalho.

O secretário explica que geralmente o terço de férias dos servidores da educação só deveriam ser pago junto com os salários de julho, mas o secretário atendeu a diretoria do SINDISERM e já vai pagar com os vencimentos de junho. “As férias escolares desse ano foram em junho, então acho justo que o terço também seja pago junto com os salários de junho”, acrescenta.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Retomada a obra de construção de avenida e dique para evitar enchentes

A Prefeitura de Campo Maior retomou a obra de construção da Avenida Surubim e o Dique Surubim, que fica entre os Bairros São João e Flores. Nessa etapa será construída a bacia de contenção de água, mas nesse primeiro momento está sendo feito uma desobstrução no aterro para colocar manilhas para evitar futuros alagamentos em períodos chuvosos livrando os moradores que ficam nas mediações da avenida de possíveis transtornos no futuro.


O Gerente de Obras do Município Dibes Ibiapina, disse que o objetivo é fazer um canal de tubulação reforçado para que aja um escoamento fácil das águas que vinham acumulando nas proximidades das residências. “Logo após ser feito esse canal de tubulação, iremos retomar a conclusão do dique e do aterro para deixar a avenida no ponto de receber o asfalto” disse Dibes.

Com a obra da Avenida Surubim, os moradores do Bairro de Flores ficam na expectativa de receber grandes benefícios, assim como toda Campo Maior. “Flores tem sido um bairro bastante beneficiado na Administração do prefeito Paulo Martins, temos como exemplos a Praça do Everest que está sendo concluída, 60 unidades de casas populares que irão começar a serem construídas em breve, a UBA que está quase pronta para receber atendimentos, isso chama-se desenvolvimento chegando para a população” frisou Dibes Ibiapina.

A obra da Avenida Surubim é uma saída para desafogar o trânsito de Campo Maior que tem crescido muito sua frota de veículos nos últimos anos. Serão investidos mais de R$ 7 milhões que foi financiado pelo o Governo Federal em parceria com a prefeitura municipal.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Obra de UBS está 25% concluída, anuncia prefeitura de Campo Maior

A Prefeitura de Campo Maior através da secretaria municipal de Saúde está construindo uma Unidade Básica de Saúde – UBS na localidade Corredores que vai funcionar prestando assistência em saúde à população. A obra está 25% concluída e irá beneficiar 400 famílias de 17 comunidades da região como: Corredores, Passagem do Meio, Alto Formoso, Santo Antônio, Cajazeiras, Angelim, Santa Maria, Santa Isabel, Ipiranga, Cacimba Velha, Emparedado, Campinas, Tangará, Carrasco do Pinto, Brejinho, Santa Severo e Monte Castelo.


Estão sendo investidos mais de R$ 400 mil liberados através do Ministério da Saúde que aprovou ainda em 2013 o projeto de Expansão do Sistema de Atenção Básica em Campo Maior.


O secretário municipal de Saúde Marcello Pereira disse que os investimentos que estão sendo feitos é para que a população tenha cada vez mais uma saúde de qualidade em Campo Maior. Ele defende infraestrutura adequada e um bom atendimento a quem precisa.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Homem é atingido com três facadas após discussão em bar

O jovem identificado como Enielton Veras Silva, 29 anos, foi esfaqueado no bairro Cariri, em Campo Maior, a 78 km de Teresina. O caso ocorreu neste domingo (22) e o acusado continua foragido. 

Segundo o comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, major Jorge Neto, vítima e acusado estariam sob efeito de bebida alcoólica e a violência teria sido cometida por motivos banais. 

"A vítima foi levada para Teresina e estamos em diligência para capturar o suspeito que já foi identificado e é maior de idade", reitera o comandante. 

Enielton Veras foi atingido com três golpes de faca na região do abdômen e encaminhado para o Hospital Regional de Campo Maior (HRCM), em seguida para o Hospital de Urgências de Teresina. O caso ainda não foi registrado na Delegacia de Polícia Civil.


Graciane Sousa
graacianesousa@cidadeverde.com

Prefeito assina ordem de serviço para construção de UBS

O prefeito Paulo Martins assinou a ordem de serviço para a construção de mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Campo Maior. O posto, no bairro São João, é o quarto dos sete que serão construídos na cidade.


O prefeito destaca que a obra, que será erguida no antigo mercado, é uma solicitação antiga dos moradores dos bairros São Luís e São João.

“O mercado perdeu o foco, não estava mais sendo utilizado. O posto atenderá a população dos dois bairros e motivar ainda mais os profissionais. Temos que ter a estrutura adequada para trabalhar. Estamos construindo este ano UBA na região de Corredores, no Cidade Nova, Flores, Centro II, no Fripisa, São João/São Luís, outra no Matadouro”, destaca o prefeito Paulo Martins.

Italic

As obras já foram iniciadas com a demolição da antiga estrutura do prédio. A UBS, no bairro São João, deverá funcionar com duas equipes de estratégias de saúde da família.

A solenidade ocorreu nesta quarta-feira (18) e contou com a presença do secretário municipal de Saúde Marcelo Pereira, demais secretários, vereadores, o presidente da Câmara, Carlos Torres, o diretor da Regional de Saúde de Campo Maior Joy Kelson, agentes de saúde e representantes de associações comunitárias, além de outros profissionais.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

História do Piauí é tema de I ciclo de debates em Campo Maior

A realização do evento no Campus Heróis do Jenipapo justifica-se pela necessidade de exposição para a comunidade de uma série de discussões acerca da História do Piauí, e de Campo Maior, realizadas no âmbito da sala de aula. 

O evento acadêmico trará dinâmica e amadurecimento aos debates entre alunos e professores, já que, contará com a participação de diversos pesquisadores e especialistas da área.


O objetivo é possibilitar o debate entre comunidade e universidade sobre as pesquisas desenvolvidas sobre a História do Piauí. Além de expor discussões, realizadas em sala de aula e desenvolvidas por especialistas sobre História do Piauí, o ciclo se propõe a estimular, entre professores e alunos, a articulação entre ensino, pesquisa e extensão.

O evento contará com a participação de mestres, doutores e pós-doutores. O I Ciclo terá palestras, minicursos, mesas-redondas e apresentação de trabalhos.

Mais informações:http://ciclohistpi.blogspot.com.br/

Economia local cresce 40% durante os Festejos de Santo Antônio

Durante os Festejos de Santo Antônio, considerado a maior festa religiosa do Piauí, a economia do comercio de Campo Maior teve um incremento de 40% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. 


Segundo o presidente da Associação Comercial de Campo Maior, João Carvalho, o mês de junho já obteve um aumento considerável em relação aos meses anteriores. “Com a realização dos festejos de Santo Antônio o crescimento em vários setores do comercio é visível, as vendas ficam mais aquecidas, um exemplo disso é o setor de roupas e calçados que teve um crescimento de 40% e o de bebidas, que chegou a crescer 60%”,destacou.

O aumento na economia representa cerca de R$ 500 mil a mais circulando no município. Durante as 13 noites de festa toda a rede hoteleira foi ocupada. Restaurantes e similares receberam um grande movimento durante o dia e noite com mais de 30 mil pessoas, a maioria visitantes.

O ponto alto do evento religioso foi a "Noite do Vaqueiro" que contou com a arrecadação de R$ 30 mil. Durante as 13 noites, a igreja arrecadou R$ 170 mil entre leilões, doações, bingos e coleta.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Fieis saem em procissão no encerramento dos Festejos de Santo Antônio

Cerca de 15 mil pessoas se despediram dos Festejos de Santo Antônio em procissão pelas principais ruas de Campo Maior. As bençãos foram dadas pelo bispo diocesano Dom Eduardo Zielski que agradeceu a participação dos fieis durante o trezenário.




"2014 é o ano da Esperança e 2015 será o ano da caridade e o jubileu em comemoração aos 300 anos de instalação da Catedral de Santo Antônio em Campo Maior", frisou o bispo durante o encerramento dos festejos. 


A procissão foi marcada por demonstrações de fé e renovação dos pedidos ao santo casamenteiro e protetor dos humildes. 


"O evento obteve números grandiosos como 14 dias de festa, nove eventos sociais e esportivos e também pelo público que lotou as praças Bona Primo, Rosário e Rui Barbosa e ainda no Espaço Cultural Dom Abel", avaliou o prefeito Paulo Martins. 


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Posts anteriores