Cidadeverde.com

Filme piauiense “Justiça a Qualquer Custo” começa a ser gravado em Campo Maior

Começaram na última quarta-feira (29) as gravações do mais novo filme piauiense, “Justiça a Qualquer Custo”. Sob olhares de curiosos, o longa metragem teve suas primeiras cenas geradas em uma clínica médica no centro do município de Campo Maior. Ao todo, três cenas foram gravadas no primeiro dia de trabalho.

A produtora da nova aposta cinematográfica do estado – Destak Produções - reservou para os primeiros minutos de gravações muita ação e suspense. Correria nos corredores e homens armados chamou atenção de populares e iniciou “Justiça a Qualquer Custo” em grande estilo.

Motivado pelo sucesso e boa aceitação do público com Mistério e Vingança, seu primeiro longa metragem, o diretor Pedro Cavalcante apresenta no novo filme uma conciliação de trama, suspense e comédia, ao tratar de forma ficcional o envolvimento de pessoas da lei com o tráfico de drogas.

“A expectativa é sempre de fazer um trabalho que venha a cair no gosto do público, assim como foi nosso primeiro filme, Mistérios & Vinganças”, diz o diretor sem revelar mais detalhes. Sobre o elenco, Pedro explica: “Estamos com elenco renovado, algumas pessoas do primeiro filme permaneceram, mas contamos com pessoas novatas também”.

Confiante na equipe do filme, Pedro Cavalcante encerra. “Tenho certeza que assim como surpreendemos de forma positiva com nosso primeiro trabalho, vamos trabalhar para surpreender mais ainda com o “Justiça a Qualquer Custo”.

As gravações seguem até o final do mês de Julho. Além de Campo Maior, cidades da região serão envolvidas na produção cinematográfica.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Redutores eletrônicos funcionam em fase de testes em Campo Maior

A Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria Municipal de Trânsito iniciou em fevereiro a instalação de placas verticais, a revitalização dos semáforos e a sinalização horizontal em ruas e avenidas da cidade. O trabalho faz parte do projeto de revitalização do trânsito.

Nesta etapa, a empresa Kopp, responsável pela sinalização, já colocou em funcionamento lombadas eletrônicas, ou seja, redutores de velocidade com foto sensores nas Avenidas Santo Antônio, Nilo Oliveira no Bairro Fripisa e Monsenhor Matheus no Bairro Flores.

Segundo capitão Paz, os redutores eletrônicos estão funcionando em forma experimental e somente após o aferimento realizado pelo INMETRO as imagens serão realizadas, segundo ele até a próxima semana os redutores já deverão está colhendo imagens de carros e motos que estejam acima da velocidade permitida na via.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Televisão provoca incêndio em casa de radialista em Campo Maior

Um poblema em uma televisão provocou um incêndio na casa que pertenceu ao radialista Zeferino Alves Neto em Campo Maior, a 78 km de Teresina. O filho do radialista esqueceu a TV ligada em casa e o aparelho esquentou provocando as chamas.

Além da TV, o fogo atingiu o rack e uma cama. Vizinhos ajudaram a apagar as chamas. “Por sorte só queimaram os móveis da sala e o Marcos não estava em casa”, disse Reginaldo "Kaká", que ajudou a conter o incêndio.

O radialista Zeferino foi encontrado morto na mesma casa em março do ano passado.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Jovem é achado morto e com faca suja de sangue no bolso da calça

Um jovem identificado como Francisco Antônio Lopes dos Santos, 28 anos, foi encontrado morto no bairro Califórnia, em Campo Maior, na madrugada deste domingo (26). De acordo com a delegada plantonista, Valéria Cunha, a possível arma branca utilizada no crime foi encontrada com manchas de sangue, dentro do bolso da calça da vítima. 

Corpo foi achado próximo à casa da vítima, no local conhecido como Pedras de Fogo, no Bairro Califórnia

O corpo foi encontrado por moradores por volta das 6h. Vizinhos contam que não ouviram nenhum barulho. Ele sofreu uma perfuração no peito e teria andado alguns metros antes de cair sem vida. 

"Já temos um suspeito e não podemos repassar detalhes para não atrapalhar as investigações. A família da mulher da vítima e vizinhos informaram que ele e a esposa tiveram uma briga por volta das 22h e depois ele saiu de casa. Eles disseram que ela só soube da morte pela manhã", explica Cunha. 

Segundo a delegada, o corpo foi encontrado a poucos metros de onde o casal residia. A esposa da vítima foi ouvida, informalmente, e deverá prestar depoimento nesta semana. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Mercado Público de Campo Maior terá calçadão para beneficiar feirantes

O Mercado Público de Campo Maior vai contar com um calçadão. O assunto foi discutido entre o Prefeito Paulo Martins e o deputado Estadual Aluísio Martins que informou que vai lutar para conseguir os recursos junto ao Governo do Estado.

O calçadão a ser construído no Mercado Público de Campo Maior deverá tirar cerca de 50 vendedores ambulantes do relento. Atualmente eles trabalham em um local sem nenhuma proteção.

O Secretário de Planejamento do município, Carlos Torres participou da reunião e explicou que a ideia é retirar os ambulantes da Rua Dr. Moura e transferir para a Rua Senador José Eusébio num espaço todo adaptado e com comodidade.

“Hoje os vendedores trabalham em um local pegando sol e chuva e com a cobertura dará mais condições de realizarem suas atividades”, argumentou.

A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira (22) na Assembleia Legislativa do Piauí. A mudança também tem como objetivo desafogar a Rua Dr. Moura e melhorar o trânsito no centro comercial de Campo Maior. O projeto já está sendo elaborado pelo engenheiro Ribamar Filho.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência acontece nessa sexta

A II Conferência Regional dos Direitos da Pessoa com Deficiência acontece a partir da próxima sexta-feira (24) em Campo Maior, município a 78 km de Teresina. O evento acontece em parceria entre a Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Conselho Estadual de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Conede), Prefeitura Municipal de Campo Maior e Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Comude/Campo Maior).

A conferência tem como objetivo elaborar propostas de trabalho que serão apresentadas na IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a ser realizada em Teresina, pelos delegados que serão eleitos durante as Conferências Regionais.

Entre os convidados que já confirmaram presença está o deputado estadual Aluísio Martins e a secretária estadual de Educação, Rejane Dias.

O tema será “O desafio na implementação das Políticas da Pessoa com Deficiência: A transversalidade como a radicalidade dos direitos humanos” e contará com a presença do secretário da Seid, Mauro Eduardo.A conferência será realizada na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDES), em Campo Maior, das 8h às 17h. A entrada é aberta a toda comunidade.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Sargento piauiense é morto com tiro na cabeça no Distrito Federal

O sargento Antônio Marcos de Araújo, da Polícia Militar foi morto após ser baleado na cabeça na tarde desta segunda-fiera (20), em Sobradinho, Distrito Federal. O crime ocorreu no conjunto B da quadra 11. O sargento é natural de Campo Maior e vive há 10 anos no DF onde ingressou para a Polícia.

Foto: Correio Braziliense

Sargento piauiense é morto com tiro na cabeça no Distrito Federal

Segundo informações da PM, a vítima havia acabado de estacionar o carro em casa quando foi abordado por assaltantes. Os criminosos queriam a caminhonete e outros objetos no interior da residência da vítima. Ao descobrirem que o dono da casa era policial, os bandidos atiraram em Antônio Marcos, na mulher dele e na cunhada. 

A mulher dele foi alvejada nas costas e a cunhada tomou um tiro de raspão. As duas foram encaminhadas para o hospital.

Os suspeitos teriam fugido em um VW Polo preto. Eles não levaram nenhum pertence das vítimas. A 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) investiga o caso e identificou o veículo dos assaltantes.

Suspeitos são presos

Três homens e um adolescente suspeitos de envolvimento no assassinato do policial militar foram presos pela PM. Os suspeitos foram localizados em uma casa no Arapoanga, em Planaltina, as 15h40 desta terça-feira (21), depois de uma denúncia via Whatsapp –  uma das três armas apreendidas com o grupo era justamente a arma que pertencia ao sargento, levada no momento do crime. Os homens foram levados para a 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina).  Segundo a PM, o menor assumiu a autoria do crime. A versão será investigada, mas a policia desconfia de uma tentativa de proteger os outros envolvidos no assassinato. 

O sargento morreu na hora. Sua mulher continua hospitalizada sem risco de morte. O velório do sargento está marcado para 8h desta quarta-feira (22) e o enterro, às 11h, no Cemitério de Sobradinho. 

Rayldo Pereira
Com informações de Correio Braziliense
rayldopereira@cidadeverde.com

Prefeitura entrega duas toneladas de alimentos arrecadados pela Secretaria de Saúde

Já diz a oração de São Francisco: “É dando que se recebe”. Dessa forma, a Prefeitura de Campo Maior, através da Secretaria Municipal de Saúde, arrecadou cerca de duas toneladas de alimentos durante a realização do primeiro circuito “É assim que se faz”, que teve a parceria das Secretarias de Educação e Trânsito. O evento foi realizado em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril - para participar, os interessados tinham que fazer doação de alimentos não perecíveis.

Os alimentos vão beneficiar as duas maiores entidades do município, Lar da Criança Dom Abel que conta com 120 alunos, sendo a maioria órfão, e a Fazenda da Esperança que tem em média 30 dependentes químicos em tratamento. Os secretários Marcelo Miranda (Saúde) e José de Ribamar “Ribinha” (Educação), juntamente com o vereador Manim Pereira, fizeram a entrega pessoalmente nesta segunda-feira (20).

A irmã Natividade disse emocionada que não é fácil ter que alimentar todas as crianças com café, almoço e janta todos os dias. “O Marcelo (Miranda) é como um anjo pra mim. Estava pedindo a Deus que me ajudasse em um problema que estamos enfrentando quando ele nos ligou falando da doação”, contou afirmando que apesar de ter uma luta árdua, nunca deixou as crianças sem alimentação desde que a escola foi fundada há 23 anos. O Lar da Criança é primeiro lugar na Provinha Brasil na região dos carnaubais.

Marcelo Miranda defendeu que há uma necessidade da sociedade como um todo está sempre empenhada em ajudar as entidades do município. Ele ainda destacou a importância de converter a ação pública em ação social. “A ação publica tem que ser convertida em ação social. É necessário que essas crianças sejam bem alimentadas. E se estão bem alimentadas e com qualidade de vida estarão com mais capacidade de aprendizagem”, ressaltou.

Ribinha parabenizou o secretário Marcelo pelo evento e pelos resultados obtidos. O secretario disse que toda ajuda é pouca para o Lar da Criança pela abrangência e pelos resultados. “O lar da criança é ponto de referencia em alfabetização”, comentou.

Em sua sala, na Secretaria de Saúde, Marcelo Miranda recebeu uma comissão formada por três representantes da Fazenda da Esperança que recebeu a outra metade dos alimentos. Valdenei, líder da equipe, agradeceu a iniciativa da prefeitura.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Campo Maior sedia Seminário Estadual de Educação no Campo

Campo Maior sediou neste final de semana o II Seminário de Educação no Campo realizado pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura (Seduc), em parceria com o Ministério da Educação e Cultura e as Secretarias Municipais de Educação, através do Centro de Formação Antonino Freire. A abertura contou com a presença de lideranças locais e regionais como o Secretario Municipal de Educação, José de Ribamar “Ribinha” e o gerente da 5ª Regional de Educação, Professor Cesar Robério. O encontro ocorreu no plenário da Câmara Municipal de Vereadores.

O objetivo do evento é possibilitar aos pesquisadores socializar o resultado de seus trabalhos. Conforme a coordenadora do seminário, Evana Araújo, é uma forma de prestação de contas. “A proposta visa divulgar e debater as potencialidades e os problemas enfrentados pelo homem do campo nas respectivas regiões", justifica a coordenadora.
 
O público alvo é formado por professores, alunos, coordenadores de especialização em Educação do Campo, convidados e profissionais da Educação que atuam na área de educação do campo e áreas afins.

O Secretário Ribinha disse que acompanha o projeto desde o início em 2011 e destacou sua importância. “Tudo que consumimos vem do campo e as pessoas da zona rural precisam de uma garantia da sobrevivência no campo de forma sustentável”, ressaltou.

Como resultado do curso de Especialização em Educação do Campo foram desenvolvidas mais de 120 pesquisas.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Cemitério é invadido e túmulos são destruídos em Nossa Senhora de Nazaré

  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco
  • Campo Maior em Foco

O cemitério de Nossa Senhora de Nazaré, a 110 km de Teresina foi parcialmente destruído por invasores na madrugada da última quinta-feira (16).  De acordo com o cabo Avelas Damião, plantonista do GPM da cidade, o local foi encontrado quase destruído e túmulos chegaram a ser cavados

"Nós tomamos conhecimento e me dirigi até o local e eu lhe digo sinceramente que nunca vi coisa parecida. É comum ver casos de pessoas roubarem peças de bronze ou outras coisas de cemitério, mas lá quebraram as pedras de mármore, cavaram com uma enxada e quebraram o cemitério inteiro. Nunca tinha visto algo assim", comentou o policial.

Segundo ele, cerca de três túmulos foram cavados e tiveram as pedras que os cobriam quebradas. Segundo o policial, moradores da região levantaram hipóteses que o vandalismo seria parte de um ritual de magia negra.

"As pessoas comentam que só pode ser isso, porque a pessoa ir para o cemitério a noite só para fazer isso, nada justifica", acrescentou.

Vítimas do vandalismo que tiveram túmulos de familiares quebrados estão sendo orientadas a procurar a delegacia de Polícia Civil em Campo Maior para registrar boletim de ocorrência. De acordo com o delegado regional Gustavo Jung, o caso ainda não foi denunciado.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Posts anteriores