Cidadeverde.com

Judiciário determina reabertura de escolas que foram fechadas em Campo Maior

O Tribunal de Justiça do Piauí decidiu, por unanimidade, pela reabertura e desnucleação de todas as Unidades Escolares e Creches envolvidas no processo realizado pelo município de Campo Maior. A liminar foi expedida em virtude do Executivo Municipal ter fechado, em 2013, diversas escolas da região, com o argumento de não ter condições financeiras de manter as unidades escolares em funcionamento.

De acordo com o promotor de Justiça de Campo Maior, Maurício Gomes de Sousa, o Município fechou as escolas e creches sem a autorização do Conselho Municipal de Educação.

“Entramos com ação para anular essa ação da Prefeitura da cidade, tendo em vista que as escolas estavam funcionando. O Plano Nacional de Educacional é voltado para o incentivo da modalidade em tempo integral, tendo a escola como uma segunda casa”, explica o promotor de Justiça. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Acordo garante retomada das obras da penitenciária de Campo Maior

As obras da penitenciária de Campo Maior serão retomadas até o mês de agosto. Na manhã desta sexta-feira (10), durante audiência no Fórum do município, foi homologado o acordo que garante a reinício das obras, paradas desde 2010. Além disso, a construção vai atender à lei e garantir 5% das vagas de emprego aos egressos do sistema prisional do Piauí.

“Estamos retomando as obras paradas e buscando investimentos para a construção de novas unidades. Dessa forma, podemos amenizar o problema da superlotação e garantir a construção de um sistema mais seguro, onde a ressocialização seja viável”, destaca o secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira.
 
Durante a audiência, o secretário foi representado pelo chefe de gabinete, Carlos Edilson Rodrigues. O promotor Maurício Gomes de Sousa, o juiz Júlio César Menezes e a procuradora do Estado Lorena Portela também participaram da audiência e assinaram o acordo, juntamente com o representante da empresa responsável pela obra. 
 
“Cerca de 25% da obra já foi feita. Com o acordo, a empresa vai retornar aos trabalhos num prazo previsto de 45 dias,  a partir da liberação do alvará por parte da prefeitura do município”, destacou o chefe de gabinete da Secretaria estadual de Justiça, Carlos Edilson Rodrigues.
 
A nova unidade tem capacidade para 140 internos e, dentro da estrutura prevista, há um módulo educacional e um módulo para visitas íntimas. O secretário Daniel Oliveira vem buscando, desde o início do ano, um acordo com o Judiciário para garantir a finalização dessa obra, de suma importância para a região.
 
Em maio, o secretário participou de uma audiência pública na Câmara Municipal de Campo Maior, onde estavam presentes o prefeito de Campo Maior, Paulo Martins; os deputados estaduais, Aloísio Martins e Antônio Félix; o Promotor de Justiça Cláudio Bastos; o representante da Ordem dos Advogados do  Brasil, Seccional Piauí, Décio Mota, e o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí - Sinpoljuspi, Vilobaldo Carvalho.
 
"O Governo do Estado já garantiu os recursos para a conclusão da obra. Felizmente conseguimos fechar o acordo e em breve poderemos contar com mais 140 vagas no sistema", concluiu o secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prefeitura anuncia dois dias de shows no aniversário de Campo Maior

A Prefeitura de Campo Maior (PI) anunciou que o aniversário de 253 anos do município comemorado no próximo dia 08 de agosto terá uma vasta programação com dois dias de festas.

Segundo o Prefeito Paulo Martins, no dia 07 de agosto a prefeitura realizará o Festival de Quadrilhas no Complexo de Cultura e Lazer, Valdir Fortes encerrando com show do "Forrozão Tropykália". Paralelala programação de shows, acontece a Conferência da Juventude com palestras, debates e eventos culturais.

No dia 08 a programação encerra com a banda "Xé Pop" e outra atração ainda não divulgada.

Da Editoria de Cidades
cidades@Cidadeverde.com

Deputado promete emenda de R$ 300 mil para reforma da Uespi em Campo Maior

Após reunião com o prefeito de Campo Maior, Paulo Martins, o deputado estadual Aluísio Martins (PT), garantiu uma verba de R$ 300 mil para reforma do campus da Universidade Estadual do Piauí no município. Também foi debatida a real situação do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID com o Reitor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Nouga Cardoso e o diretor do Campus Heróis do Jenipapo de Campo Maior, Emerson Cassiano.

“Esse recurso pode ser utilizado para fazer reformas necessárias no prédio enquanto buscamos recursos para construção de um novo espaço moderno”, disse o parlamentar.

O encontro aconteceu na manhã dessa terça-feira (07). Entre os pontos foram discutidos a situação dos cursos, da infraestrutura, laboratórios e de recursos para obras no prédio.

O prefeito Paulo Martins sugeriu que seja construído um novo prédio para acomodar os alunos. “Acreditamos que a melhor solução é construir um novo campus aproveitando o terreno que já existe com toda a estrutura necessária para dar suporte e condições de ensino e aprendizagem”, comentou.

Emerson Cassiano, diretor do campus, falou que as condições atuais da Uespi são bem melhores do que alguns anos atrás, porém o local necessita de muitas melhorias. Atualmente existem cerca de 2000 alunos entre estudantes da modalidade regular e a distância no local. Segundo o reitor, Nouga Cardoso, no ultimo ENEM não houve oferta de vagas para o local pois não havia a segurança na contratação de professores substitutos por conta da troca de governo.

Além da emenda, o parlamentar garantiu que irá discutir com o governador a possibilidade da construção do novo prédio em Campo Maior. “Vamos já fazer o projeto no mesmo padrão do Campus de Picos e pleitear recursos para execução da obra”, afirmou.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prefeito de Campo Maior anuncia posse de Luís Cadeira como ouvidor geral

Ainda este mês o Prefeito Paulo Martins irá empossar Luís Cadeira como Ouvidor Geral do Município. O cargo é ligado diretamente ao Gabinete do Prefeito. Na manhã desta segunda-feira (06) os gestores discutiram as estratégias para o funcionamento da pasta que será instalada no próprio prédio da prefeitura.

Luís Cadeira informou que irá disponibilizar contatos para que a população possa fazer denuncias e sugestões. “A exigência do prefeito é que a gente possa ter o maior número de canais de comunicação possíveis e para isso estamos nos organizando”, disse Luís.

O Prefeito Paulo Martins comentou que será disponibilizado email, endereço para correspondência, espaço no site oficial e número de telefone com o aplicativo whatsapp. “Teremos canais também nas redes sociais para facilitar a comunicação entre a população e a gestão”, comentou o gestor.

A Ouvidoria é uma unidade criada para que o(a) cidadão(ã) possa tirar dúvidas, enviar reclamações, denúncias, elogios e sugestões relativas à Administração.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Deputado e prefeito inauguram assentamento em Campo Maior

O deputado estadual, Aluísio Martins, e o prefeito de Campo Maior, Paulo Martins, inauguram, nessa sexta-feira (03), o assentamento Caldeirão, em Campo Maior, que beneficia 20 famílias. Na programação estava prevista a participação do governador Wellington Dias, que cancelou a agenda para viajar a Brasília.

A inauguração do assentamento Caldeirão está prevista para 16h, com a celebração de uma missa e em seguida será realizada a solenidade.

Entre os benefícios estão 20 unidades habitacionais, abastecimento de água, implantação do projeto de irrigação produtiva, eletrificação rural, casa de farinha, aviário e aprisco coletivo.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Vigilância apreende produtos vencidos em estabelecimentos de Campo Maior

A Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Campo Maior apreendeu diversos produtos vencidos em estabelecimentos comerciais do município na última terça-feira (30). Segundo o Coordenador da Vigilancia, Kerson de França Oliveira, foram recolhidos mais de dez tipos de produtos. “Todos os dias fazemos fiscalizações nos estabelecimentos de toda a cidade e quase sempre encontramos mercadoria vencida”, comentou.

Fotos: Divulgação

Entre os produtos recolhidos estão energéticos, óleo vegetal, café moído, chá verde com menta, massa de milho, medicamento em farmácias, biscoito, pães embalados, fermentos e assadeiras nas panificadoras. Alguns dos energéticos foram fabricados em 2013, e se venceram em dezembro do ano passado.

“Antigamente a gente apreendia era carradas de produtos vencidos. Hoje os comerciantes estão mais conscientes”, frisou. Kerson revelou que a Vigilância agora está fazendo fiscalização na venda de frango tanto natural quanto assado para saber se está dentro dos padrões para que o produto possa ter condições de manipulação.

Assim que é feita a constatação, o produto é recolhido e o proprietário do estabelecimento é notificado. “Estamos aguardando a Câmara de Vereadores aprovar uma advertência mais severa para aqueles que persistem no erro”, ressaltou Kerson afirmando que há comerciantes que deixam intencionalmente.

“Pedimos a população para colaborar com a vigilância fazendo denuncias. Quem quiser colaborar pode ligar para a Secretaria de Saúde através (86) 3252-2668”, finalizou.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Polícia prende seis pessoas durante Operação Folguedos em Campo Maior

  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior
  • Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior

Seis pessoas foram presas em flagrante na operação Folguedos, deflagrada na manhã desta quinta-feira (02) pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Laércio Evangelista, delegado titular de Castelo a operação é resultado de investigação e envolve as polícias Militar, RONE, Canil, Polícia Civil de Campo Maior, Altos, Piripiri, Castelo e Barras.

"A operação é resultado de meses de investigação e em poucas horas conseguimos prender seis pessoas em flagrante. Todas as prisões foram em Campo Maior somente nesta manhã", explicou o delegado.

Cerca de 50 policiais participaram do cumprimento aos mandados de busca e apreensão no município. Com os presos foram apreendidos dois quilos de drogas, crack e maconha, cinco armas de fogo, sendo três revólveres de calibre 38 e duas espingardas, além de muita munição e cerca de R$ 2 mil em espécie.

Segundo o delegado, um dos presos é funcionário de uma indústria cerâmica de Campo Maior e estava fardado no momento da abordagem. "Outro preso chegou a tentar jogar a arma no telhado que quase acertou a cabeça de um policial", contou o delegado.

Os seis foram levados para a delegacia de Campo Maior onde serão autuados em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo e serão levados para uma penitenciária nas próximas horas. "A penitenciária ainda não está definida porque vamos depender das vagas disponíveis", concluiu Laércio Evangelista.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Polícia apreende menor que roubou moto para dar ‘voltinha’ com namorada

Policiais da Delegacia de Campo Maior, a 80 quilômetros de Teresina, apreenderam na manhã desta quarta-feira (1º) três menores suspeitos do furto de uma moto próximo ao Complexo de Atendimento Médico Municipal (SAMDU). Entre os apreendidos, está um menor que disse ter participado do roubo para comemorar o aniversário da namorada dando uma "voltinha" no veículo.

O furto aconteceu na noite de terça-feira (30), e a apreensão dos três menores ocorreu na localidade Maçãs, entre os municípios de Campo Maior e Jatobá. A moto roubada era uma Honda Fan de cor vermelha e placa NHY 3334. Para levar o veículo, o trio cortou os fios de ignição e fez uma ligação direta.

Em entrevista ao Portal Campo Maior, um dos menores acusados do roubo afirmou que só participou da ação porque a namorada estava de aniversário e queria dar uma "voltinha". À Polícia, os adolescentes afirmaram que só levaram a moto porque ela estava abandonada.

O proprietário da moto, identificado como Sérgio Alves da Silva, compareceu à Delegacia Regional de Campo Maior e reconheceu a moto.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Motoqueiro derruba poste e morre em acidente no Açude Grande

  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde

Um motoqueiro morreu em acidente no final da manhã deste domingo (28), no Açude Grande, em Campo Maior (PI). O impacto da colisão derrubou um poste. 

Marcos Paulo Silva de Jesus, 29 anos, natural de Guará (DF), pilotava uma moto Titan azul de placa HYJ-8672, de Paraipaba, Ceará. Por volta de 11h, o motoqueiro teria perdido o controle e acertou um poste na margem do açude. 

A vítima não estaria usando o capacete no momento do acidente. O acessório de proteção foi encontrado distante do corpo do piloto. 

Policiais militares isolaram a área por conta dos fios que ficaram caídos na pista. 

Fábio Lima (com colaboração de Thiago Amaral e Francisco Filho)
fabiolima@cidadeverde.com

Posts anteriores