Cidadeverde.com

Andarilho é preso acusado de pedir abrigo e degolar idoso

O andarilho Danilo Silva Agostinho, 30 anos, foi preso acusado de matar o aposentado Otacílio Romão da Silva, 75 anos, encontrado degolado no quintal da própria residência na localidade Soin, região de Campo Maior. 


                     Fotos: Eugênio Bringel/ Portaldecampomaior


"O acusado foi até a casa do idoso e pediu abrigo. Lá ele comeu e dormiu e pela manhã de ontem teria praticado o homicídio", explica o chefe de cartório do 1º DP do município, Baker Martins.


Danilo Silva, natural de São Paulo, negou a autoria do homicídio. Ele foi preso na localidade Poção I, zona rural de Campo Maior e não portava documentos de identificação.

O caso está sendo investigado pelo Delegado Regional de Campo Maior, Gustavo Jung, que adiantou apenas que a relação entre vítima e acusado- que teria transtornos mentais- eram mínimas, mas ainda estão sendo apuradas. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Faísca de solda causa incêndio e faz estragos no centro comercial

Um incêndio de grandes proporções atingiu pelo três estabelecimentos comerciais no centro de Campo Maior, nesta terça-feira (25). As chamas tiveram início em uma estofaria, onde um funcionário soldava uma peça e as faíscas se espalharam rapidamente, devido ao material de alta combustão. 

Em seguida, o fogo se espalhou para um escritório de contabilidade e uma churrascaria. Uma mulher passou mal após inalar muita fumaça e teve que ser socorrida pelo Samu e encaminhada ao Hospital Regional de Campo Maior.

        Fotos: Portaldecampomaior




Para evitar que as chamas se alastrassem ainda mais, funcionários dos estabelecimentos retiraram todos os móveis dos prédios. 

Populares arremessaram baldes com água para apagar o incêndio que só foi totalmente controlado com o auxílio de um carro-pipa, cedido pela prefeitura de Campo Maior. 






Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Praças e avenidas de Campo Maior receberão iluminação especial

A Prefeitura Municipal de Campo Maior, através da Secretaria de Limpeza e Iluminação, começará ainda está semana a ornamentação especial de Natal na cidade. Os principais pontos estratégicos, avenidas e trechos da BR 343 receberão luzes coloridas, decoração especial e enfeites natalinos.


Segundo o Secretário de Limpeza e Iluminação, Lustosa, os pontos como: entrada e saída da cidade e BR 343 trecho da rota do Bairro São Luis até a Praça da Bandeira ganhará novidades e lâmpadas especiais.

“Estamos Procurando fazer, este ano, por uma determinação do Prefeito Paulo Martins, uma decoração de Natal superior aos anos anteriores. As lâmpadas especiais de natal permitem economia com energia além de levar um brilho diferente aos locais que irão receber as decorações”, explicou.

O secretário disse ainda que serão decoradas também as entradas dos Bairros; Fátima, Matadouro, Praça Bona Primo e Praça Valdir Fortes. Além das Avenidas; Santo Antônio e Demerval Lobão, essa última que terá a colaboração dos comerciantes. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Paulo Martins propõe parceria com governo por custeio de programas federais

O prefeito de Campo Maior, Paulo Martins (PT), candidato a presidência da APPM, tem intensificado as viagens ao interior nesta última semana de campanha e as conversas com os prefeitos.


Nesta segunda-feira (24), Paulo Martins esteve reunido com os prefeitos Avelar Ferreira, de São Raimundo Nonato, e Biraci Damasceno, de São Lourenço.

Entre as principais propostas apresentadas por Paulo Martins está uma articulação mais eficiente com o governo federal para a implantação do SAMU em todos os municípios, com a destinação de uma ambulância básica e R$ 20 mil mensais para o custeio do programa.

Além disso, Paulo Martins vem conversado com os gestores sobre a importância de um entendimento com a União para estabelecer parceria para o custeio das máquinas do PAC destinadas à construção de estradas vicinais. "Hoje, estas máquinas custam para os municípios algo em torno de R$ 50 mil por mês. A maioria dos prefeitos não têm condições de custear essa despesa", argumenta Paulo Martins.

O candidato pretende ainda estabelecer uma parceria com o governador Wellington Dias (PT) para o desenvolvimento das várias regiões do Estado. "A proposta é articular uma agenda semestral com o governo e deputados para fazermos esse planejamento e avaliação de ações que garantam o desenvolvimento de cada região", afirma.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Paulo Martins: "Novo presidente da APPM deve ter capacidade de diálogo com todos"

O candidato a presidência da Associação Piauiense de Municípios (APPM) e prefeito de Campo Maior, Paulo Martins, defendeu a elaboração de projetos para que os prefeitos do interior do Piauí possam conseguir recursos e implementar melhorias nos municípios. Em entrevista ao Jornal do Piauí, desta quinta-feira (20), o prefeito ressaltou problemas históricos enfrentados pelos gestores e a necessidade de diálogo com órgãos de fiscalização das contas públicas. 


"Há um dilema quando se quer chegar aos governos estadual e federal porque os municípios não têm organização suficiente de planejamento em relação a projetos. Os prefeitos precisam também de uma relação melhor com o Tribunal de Contas, que tem que ser parceiro em relação as lutas pelas políticas públicas dos municípios, com o Ministério Público", disse. 

O prefeito defendeu ainda a necessidade de um diálogo permanente do novo presidente da APPM com os demais gestores, no intuito de se implementar uma visão empreendedora.

Paulo Martins destacou os gastos de R$ 121 mihões com estradas vicinais, que deveriam ter sido investidos em outras áreas, segundo o prefeito.

"Todos os municípios piauienses receberam máquinas pelo PAC que estão paradas devido a falta de recursos para a manutenção. O custo é de R$ 50 mil mensal e os gestores não tem como fazer isso. O Estado continua aplicando recursos nos municípios sem necessidade e deveria ajudar no custeio dessas máquinas que trabalhavam muito mais do que fazendo ações nas próprias cidades", finaliza.

Mesmo com o apoio do governador eleito, Martins destaca que o fator determinante para ser o novo presidente da APPM é a capacidade de diálogo com todos os prefeitos. 

"Trabalharei de maneira autônoma, com projetos de articulação, implantação de Samu em todas as cidades do interior, retomar o Provab, programa similar ao Mais Médicos, que garante que o município receba R$ 10 mil para bancar despesas com a contratação de médicos. Nosso papel será indicar aos prefeitos de cada cidade, o que se aplica à sua realidade", finaliza Paulo Martins.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Paulo Martins afirma ter apoio de 82 prefeitos para a APPM

O prefeito de Campo Maior, Paulo Martins, candidato a presidente da APPM (Associação Piauiense de Prefeitos Municipais), afirma que já consolidou o apoio de 82 prefeitos na sua campanha. Ele inicia nessa quinta-feira (20) uma série de reuniões regionais com gestores do Piauí. A maratona começa pela região de Campo Maior.

O encontro com os prefeitos do Território dos Carnaubais será às 17 horas. Em seguida, Martins vai no sábado (22) reunir-se com prefeitos da região de Bertolínea, Floriano e Oeiras. No domingo (23), a reunião será com prefeitos de Paulistana e de Picos. Na segunda-feira (24), as reuniões encerram-se nas regiões de Corrente e São Raimundo Nonato. 

“Estamos empenhados em conversar com o maior número de prefeitos possível e mostrar o nosso desejo de ver uma APPM mais voltada para o municipalismo”, disse Paulo Martins. O prefeito informa que nos encontros com os gestores, além da eleição da APPM, também vão ser debatidas pautas como práticas de relações com os governos Federal e Estadual e ainda a conjuntura econômica e política do Piauí e do Brasil.


redacao@cidadeverde.com

UPA de Campo Maior está prevista para ser concluída em junho

Em Campo Maior, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA)  deverá ser inaugurada em junho de 2015. Com atendimento 24h, a obra beneficiará municípios da região dos carnaubais. 


“A UPA é uma obra de grande importância não somente para Campo Maior como também para toda a região norte do estado. No município, temos carência de fato de um serviço de urgência. Atualmente, trabalhamos em Campo Maior com a atenção básica, agora vamos ter este hospital intermediário, a UPA 24 horas”, destaca o secretário municipal de Saúde Marcelo Pereira.

As Unidades de Pronto Atendimento – UPA 24h são estruturas de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde em conjunto com estas compõe uma rede organizada de Atenção às Urgências.

“Temos que integrar a rede municipal de Saúde com a rede estadual e ter uma relação boa com o setor privado em relação a saúde. A ideia é integrar o hospital municipal e o Hospital Regional de Campo Maior a rede municipal de saúde para fazermos uma regulação melhor de saúde no município. O nosso interesse é ter uma harmonia maior com o HRCM para oferecer atendimento de qualidade a população”, destacou o prefeito Paulo Martins.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Campo Maior sedia congresso estadual da Ordem Demolay

O Congresso Estadual da Ordem Demolay do Piauí será realizado pela primeira vez em Campo Maior nos próximos dias 21, 22 e 23 de novembro. Essa é a VI edição do evento que irá reunir Maçons e Demolays de pelo menos sete cidades do Piauí como: Parnaíba, Teresina, Fronteiras, Floriano, Valença, Alagoinha, Pedro II e Campo Maior. Os três dias de congresso serão realizados no Espaço de Eventos Getsêmani.

Entre os assuntos que serão discutidos estão a escolha dos novos líderes juvenis da ordem no estado, a eleição para a escolha do grande conselheiro estadual da Ordem Demolay no Piauí e cerimônia de posse do novo mestre estadual da Ordem.

A Ordem DeMolay é um grupo de jovens patrocinado e apoiado pela maçonaria desde 1919, que foi criado nos Estados Unidos por um Maçom chamado Frank Sherman Land.

Nossa Ordem tem por objetivo criar bons cidadãos, que respeitam as leis, que convivem em harmonia com a sociedade, que auxiliam o próximo em suas necessidades básicas e educacionais e que, por meio do exemplo, sirvam como modelo a ser seguido por todos os jovens.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prefeitura revitaliza iluminação pública com troca de lâmpadas e reatores

A prefeitura de Campo Maior, por meio da Secretaria de Limpeza e Iluminação Pública, realiza a reposição de lâmpadas queimadas e reparos na fiação nas ruas e avenidas da cidade. Técnicos estão trocando reatores e lâmpadas. 


"Estamos substituindo os equipamentos ultrapassados por material mais moderno. Algumas ruas ainda apresentam deficiência na iluminação, mas na maioria foram colocados lâmpadas e reatores novos", disse Antônio Lustosa, secretário da pasta. 

A equipe da secretaria já realizou a operação nas avenidas Demerval Lobão, Siqueira Campos, Santo Antônio, trechos da BR 343 e na Avenida da ponte que liga ao Bairro de Flores. Segundo o técnico da secretaria conhecido popularmente como “Flor”, está ação irá percorrer toda cidade de Campo Maior.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Jovem é esfaqueado e pedreiro morre por engano em seresta

O pedreiro Geovane Pereira da Silva, 30 anos,  morreu após ser esfaqueado no peito durante uma seresta na localidade Porção II, em Campo Maior, a 78 km de Teresina. O chefe de cartório do 1º DP do município, Baker Martins, diz que as investigações apontam que a vítima foi assassinada por engano. 

"A vítima estava na festa e o sobrinho do acusado foi lesionado no braço. O tio foi tentar se vingar, mas acabou assassinando a pessoa errada. Geovane Pereira não teve nada com a discussão", explica Martins. 

O crime ocorreu na noite deste domingo (16). O acusado, identificado como 'Antonio da Isabel', continua foragido. O sobrinho do suspeito e outras testemunhas estão sendo ouvidos neste momento. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores