Cidadeverde.com

Carnaval no litoral do Piauí supera expectativas, avalia Setur

Os resultados alcançados com o Carnaval do litoral do Piauí são positivos, segundo a organização. De acordo com a Secretaria de Estado Turismo (Setur), que coordenou as ações desenvolvidas por diferentes órgãos, a região litorânea este ano recebeu cerca de 120 mil turistas para curtir a folia de momo. Entre os visitantes, além dos piauienses, turistas de estados como Maranhão, Ceará, Pará e Tocantins se deslocaram para um dos maiores carnavais do Nordeste.

A Setur, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria da Segurança, Corpo de Bombeiros, Agência de Tecnologia da Informação (ATI), Detran, Polícia Rodoviária Federal, Eletrobras, Agespisa, Coordenadoria de Comunicação do Estado (Ccom), Prefeitura de Luís Correia e outros, realizaram um grande trabalho em conjunto para receber com segurança e estrutura o folião que escolheu o litoral piauiense para curtir a folia de Momo.

Ações de segurança no litoral( Foto: Ascom Setur)Um Centro Integrado de Segurança foi montado para centralizar e integrar o trabalho das equipes. A Polícia Civil contou com a atuação de delegados e escrivães. A Polícia Militar teve um efetivo de 153 homens, 24 carros, 10 motos e uma aeronave durante os dias do evento. No total, 1.080 pessoas foram abordadas, 3.691 veículos, dos quais 38 removidos.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, comemora as ações dos órgãos e os resultados obtidos neste Carnaval. “Estamos muito felizes. Mais uma vez, fizemos uma grande festa, muitos turistas elogiaram as nossas praias, a limpeza, as placas de sinalização. Muitos colaboraram com a campanha desenvolvida para manter a limpeza. Tudo isso é um somatório de muito esforço e dedicação de todos”, pontua o gestor acrescentando que 90 placas foram distribuídas no litoral, trazendo imagens e cores. Praias como Atalaia, Coqueiro, Maramar, Macapá, Arrombado e Barra Grande receberam a sinalização, assim como a Árvore Penteada.

Trânsito, hotelaria, tecnologia, shows e saúde

Ações de trânsito e educativas nas cidades litorâneas do Piauí( Foto: Ascom Setur)Com a temática "Carnaval Sem Acidentes”, foi realizado o trabalho de alerta sobre os riscos da embriaguez ao volante, excesso de velocidade, uso dos equipamentos de segurança, como capacete e cinto de segurança. As ações forma desenvolvidas pelos educadores da Escola Piauiense de Trânsito (EPT) do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI).

Outro setor que também movimentou neste período foi a rede hoteleira, que alcançou uma média de 99% de ocupação, sendo, assim, um dos indicativos do êxito do Carnaval no litoral do estado. “Esse é mais um ponto em que podemos sentir o quanto foi positivo todo o trabalho. O crescimento da economia local nos traz uma grande força para continuar”, ressalta Flávio Nogueira Jr, lembrando ainda que a Secretaria do Turismo promoveu festas em pontos como na praça de Barra Grande, durante todos os dias de folia carnavalesca.

Ações de saúde no Carnaval( Foto: Ascom Setur)A rede wi-fi do litoral ofereceu internet móvel gratuita instalada pela Agência de Tecnologia da Informação em mais de 10 pontos da região como a Praça de Barra Grande, Coqueiro, Parnaíba e Ilha Grande.

O reforço na assistência hospitalar definido pela Sesapi para atendimento aos foliões durante o Carnaval também mostrou êxito na ação. Somente o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, registrou uma média de 400 atendimentos por dia, no período entre o primeiro e último dia de festas.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Bloco Paçoca encerra carnaval e promete atividades o ano todo

  • pa5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • pa4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • pa3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • pa2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • pa1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Após quatro dias de muita animação, o Bloco Paçoca, no bairro Saci, promete continuar na ativa durante todo o ano de 2017. 

"Antes era só dois dias de festas, esse ano nós conseguimos fazer quatro dias, com bandas e muita animação. E iremos continuar na ativa, o bloco vai continuar com atividades durante todo o ano, pelo menos uma vez por mês", disse a presidente do bloco, Adriana Smith, que faz parte da nova diretoria.

Com 24 anos de fundação, o bloco se tornou uma opção a mais para os foliões em Teresina e, principalmente, da região. O bloco, que tem sede no bairro Saci, na zona Sul, também irá fazer oficinas de percussão, dentre outras atividades durante o ano.

O vice-presidente do bloco,  Elzo Ribeiro,  disse que nos quatro dias de festas pelo menos 5 mil pessoas passaram pela sede.

Dentre elas está a moradora do Saci, Luziane de Sousa, que garante: "aqui é bom porque conhecemos muitas pessoas, é tudo família". Já o folião Hidalberto de Lima destacou que o bloco "é mais uma opção pra quem passa o carnaval em Teresina, e o bloco vai melhorar cada vez mais para ser ainda melhor", disse.

A próxima atividade do Bloco Paçoca já está marcada. Será a Ressaca do Carnaval, dia 11 de março, a partir das 17h, na sede do bloco.

Carlienne Carpaso (flash)
redacao@cidadeverde.com

Sambão critica falta de repasses para escolas de samba

  • f8cea415-b456-4372-9610-46dec4689bcd.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • c8457611-711c-42b2-abac-d32b1999a616.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • c78217c0-f957-4b15-92e7-9794617e36bb.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • b0de00f4-d046-43d8-94df-7fc12bfd9f84.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 176b29d5-60b3-4fba-81bd-dd6eb7b2ab95.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Manoel Messias, um dos diretores da escola Sambão, lamentou que esse ano não houve o tradicional desfiles das escolas de samba em Teresina, mas que isso não intimidou a entidade, que criou o bloco Sambão na Rua. O bloco fez diversas apresentações na capital e pelo interior do Piauí.  

O diretor também destacou que a Prefeitura de Teresina precisa, sim, investir mais em blocos de rua, mas que não deve se esquecer das escolas de samba. "O carnaval tem espaço para todos, tanto para as escolas como par aos blocos", criticou. 

Sobre o Sambão na Rua, Manoel disse que o bloco surgiu para manter a tradição da escola e sempre participar do carnaval. "Isso foi para manter a tradição. O Sambão tem uma história, ele existe independente de ter desfile ou não. Nossa escola tem uns 150 participantes e sai com mais de 600 nos desfiles. A escola não deixa de existir porque não tem o tradicional desfile", disse. 

Manoel disse ainda que Teresina precisa ter um espaço dedicado exclusivamente para os desfiles das escolas de samba. 

"Teresina é uma grande metrópole e precisa de um espaço exclusivo para os desfiles, um sambódromo, como tem em outros estados. As entidades poderiam fazer nele atividades para se manter, como oficinas de percussão. Além disso, precisamos de mais apoio de empresários e atividades populares". 

Em 2017, o Sambão comemora 44 anos de fundação. Atualmente, a escola é a vice-campeã do Carnaval de Teresina 2016 e já conquistou quatro títulos.

O bloco Sambão na Rua é comandado pela “Bateria Show Pulsação”, que é composta por participantes de duas gerações entre novatos e veteranos. 

 Nesta terça (28), o bloco iria se apresentar na rua onde está localizado o antigo galpão do grupo, mas precisaram cancelar após a morte de um amigo querido do grupo é antigo morador da rua. O grupo vai se apresentar a partir das 18h junto com outros blocos na praça Pedro II, no Centro de Teresina.

Carliene Carpaso (flash)
redacao@cidadeverde.com 

Último dia do carnaval terá 17 blocos de rua em Teresina; veja lista

O carnaval 2017 começa a se despedir dos brasileiros e os blocos de rua a fazerem o último dia de folia em Teresina. Para quem quer aproveitar até o último momento segue a lista dos blocos em Teresina nesta terça-feira (28). De Norte a Sul, Teresina terá pelo menos 17 blocos fazendo a animação dos foliões. 


Centro

28/02/17 – Bl. do Pernambuco – Bar do Pernambuco; 16h
                Bl. Samba no Coreto – Praça Pedro II; 18h
                Bl. Sambão na Rua  - Rua Firmino Pires – região da Baixa da Égua

Zona Norte

28/02/17 – Bl. Tome Dalila - Rua Mar. Teodoro Castelo Branco, próximo a Praça do Mafrense; 16h

Zona Leste

28/02/17 – Bl. É Nóis – Av. Noronha de Almeida, São João; 17h
                 Bl. Carnaval de Todas as Cores – Praça do B. Cidade Jardim; 15h
                 Bl. Ai Pai Para – Bairro São João; 16h
                 Bl. Oz Ratoz – Bairro São João; 16h
                 Bl. Turma do Canal – Bairro São João; 16h
                 Bl. Bete Balanço – Bairro São João; 16h
                 Bl. Oz Lobos – Bairro São João; 16h

Zona Sudeste

28/02/17 –  Bl. Barão de Itararé - – Av. Principal do Dirceu (Banco do Brasil) até a Praça Cultural; 18h
                 Bl. Quebra k-Baça – Praça Cultural do Dirceu; 18h
                 Bl. Teodorico Sanches – Av. Mirtes Melão; Alto da Ressurreição; 16h
                 Bl. Fanfarra das Artes – Av. Principal do Dirceu (Próx. Ao BB); 18h

Zona Sul

28/02/17 – Bl. Do Paçoca – Praça do Sarmento (entre as Quadras 46 e 47), Saci; 16h
              
28/02/17 – Carnaval do Cristo Rei – Rua Bolívia e Praça do Cristo Rei; 18h

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Vaca Atolada faz percurso com três trios elétricos pela zona Norte

  • 1e883568-4f84-40bb-bd6a-9774eee5aceb.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 4b42289d-d9c9-4f9e-b836-096b384a70ad_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 17a944f4-6ca2-484f-b883-6817efbb62ca.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 63de0710-7a33-49ca-8618-72767eb5339c.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 01370fb6-eecc-4ff2-8545-00781be9cf97.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 13688cd2-b0a6-4dfe-b08d-7becd49e6d38.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 23670707-1f51-4e21-a2c3-b283620e2b83.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • b9955be9-d58b-4a45-9b81-cd63e043031a.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • b7853680-850a-43af-a292-2271dc8d2f80.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 0acf12db-e916-41b2-af2c-1d57f21d3e59.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 0f822116-7917-479d-899c-2b1e1872c0f1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 1e46c851-cf63-4242-b90c-7c16c9a8913c.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 6b32ee33-5f15-42ee-9a63-58d29a2576ae.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 6da6e15e-f93a-4a61-b631-81a9dbc8ea06.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 9a2457c2-febe-4171-aa3d-7cf1f8e2793f.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 22e19ad6-2397-4013-adab-1e5075f85401.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 043dbec1-5e7d-4d3d-b678-2049556b0a20.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 52f4da3d-e160-4154-91ef-0f7f232e33fc.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 76f93200-6953-494b-9e00-a471052502dd.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 116dfe89-516c-4059-9240-ed74bec186cd.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 5966b206-9c73-4b79-a3e2-fe469dbc9c60.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • a1a52b04-ea59-42df-b33a-399e0eb5fae2_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • a1a52b04-ea59-42df-b33a-399e0eb5fae2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • b7425c71-a5dc-47b8-bf1d-b644cbf21f4a.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • c7ad3e7c-3d20-43cd-a739-85c682752557.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • c702fcaf-9693-4cc0-a9fd-bf96370a1ee3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • ccb45f96-6ed6-45f2-b966-d894f6099c64.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • d0d6e8f1-9da5-4d0b-92c7-b0cf61d8b5a6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • e772659b-df69-4b09-ab17-d81d6c6b4378.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • f6e97f8d-7746-4f91-bec7-1400d5168d35.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 7d69ecaf-7063-4106-9443-e01ca79c39bc.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 7dcf2e97-c0ef-45af-b0d5-7da66109152a.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 988f5e39-4210-4637-ac22-3d9624e57fc6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • dd96392d-64d8-4aea-9631-5e43483e8625.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 0b1bf9d4-e2af-47cc-983a-2a9f22277c03.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 7e22473a-d01c-4e17-9f5d-9d7069ee1bd1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 8fd44b5d-fdea-4250-8ac5-329da1b8e306_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 8fd44b5d-fdea-4250-8ac5-329da1b8e306.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 730ce43e-71a3-440b-a4fd-1f4c488c6712.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 7395dfd8-d939-48cf-9348-2614f956cdb5_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 7395dfd8-d939-48cf-9348-2614f956cdb5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 70317dbc-385f-4a85-bc02-3fb44626f9af.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • acb4c8db-62f9-4524-b39b-08137905b736_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • c7939959-b079-4d2c-830b-99dd723ab208.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • d6815eea-3e38-4adb-80b9-315b80fdccd6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • ea8562ad-f161-47de-b2f4-1be544936cc4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • fdcab49d-fc09-4f81-874d-f556aaf4da0d.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • vaca.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 22.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Atualizada às 17h47

Nesta segunda-feira de Carnaval o tradicional  bloco Vaca Atolada realiza seu 24º desfile. O grupo arrasta foliões em percurso pelas ruas da zona Norte de capital. 

O bloco percorre a Avenida Alameda Parnaíba, Rua Santos Dummont e Rua Sergipe. O arrastão conta com trios elétricos, animando os foliões com hits do carnaval. 

Vestido de Vaca Atolada, o presente do bloco, Daniel Borges, puxa o arrastão  e fala sobre a tradição do bloco. "A minha melhor satisfação é ver a animação dos foliões nessa festa ", disse Daniel.

Cibelle Silva, uma das organizadoras do Vaca Atolada, disse ao Cidadeverde.com que a expectativa que mais de 90 mil pessoas participem do bloco. 

"Após o percurso vamos fazer uma festa com a apresentação de três banda no palco", conta Cibelle. As apresentações no palco iniciam 18h, com as bandas Peinha e Banda, Bicho que Balança e Lene Alves.  

A recepcionista Brenda Vitória acompanha o "curral da folia" de motocicleta, junto com as duas filhas. "Todo ano venho. É um bloco onde não tem confusão e a gente pode trazer a família", conta.        

Quem não participa do percurso também se anima com o bloco. É o caso da técnica em enfermagem, Mara Leticia. Ela e a família, moradores da Rua Sergipe, assistem o desfile da calçada de casa. 

"Ficamos aqui e nos divertimos. Já é tradição a gente chamar toda a família  para acompanhar o desfile daqui da calçada".               

Sambão entra no bloco

Por conta do cancelamento do desfile das escolas de samba de Teresina, a escola Sambão virou bloco e participa hoje do percurso do Vaca Atolada. A bateria da escola também comanda o arrastão.

A tradicional Sambão, detentora de vários títulos de campeã em desfile de escolas de samba, vive uma experiência novo como bloco carnavalesco. O diretor social da Sambão, Erick Oliveira, disse que a escola não poderia ficar de fora do carnaval. 

"O importante era participar. É algo inédito e estamos muito felizes de participar do carnaval. A gente não podia era ficar parado", declarou.           

A Sambão anima o bloco Vaca Atolada com a bateria Pulsação.

Policiais militares e segurança particulares fazem a segurança da festa.

 


Izabella Pimentel (Especial para o Cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com

Para não ficar de fora do carnaval, escola de samba vira bloco de rua em Teresina

  • 36cb9fb8-90a8-4c8f-88f2-5e5daac7bcaf.jpg
  • 8d830edc-8ea7-4ff0-9cb5-4537acaa5b1a.jpg
  • unnamed_(3).jpg
  • unnamed_(1)_-_Copia.jpg
  • 82f315fa-6e2a-46a0-9bf5-c6c975ee7cf6_-_Copia.jpg
  • 5641340b-ecd3-40d8-a498-b2f16d7d145d_-_Copia.jpg
  • b6c4bdce-afb6-4e60-ab0c-c9fcbb761141_-_Copia.jpg
  • bb1f0cea-3830-4d03-b685-ff270ffaf2cf.jpg
  • unnamed_(2).jpg
  • unnamed_(4)_-_Copia.jpg

Com 44 anos de sambas e enredos, o Grêmio Recreativo da Escola de Samba Sambão é a “única que nunca deixou de desfilar no Carnaval de Teresina”, garante o diretor social da escola, Marcelo Lopes. E, para manter essa tradição, o Sambão deixou de ser escola de samba para virar bloco de rua, pelo menos neste ano porque não haverá o tradicional desfile das escolas de samba em Teresina. 

“Essa foi a solução encontrada pela diretoria e pelos integrantes da escola para manter a bateria viva, pois nós já estávamos ensaiando desde o ano passado, acreditando que teria desfile em 2017. Até o nosso samba enredo, que é uma homenagem ao Arimatéia Tito Filho,  estava pronto quando soubemos  que, infelizmente, não iria mais ter o desfile”, disse o diretor.

Atualmente, o Sambão é a vice-campeã do Carnaval de Teresina 2016 e já conquistou quatro títulos. 

O bloco Sambão na Rua é comandado pela “Bateria Show Pulsação”. “Ela é composta por uns 15 participantes de duas gerações da Sambão, os novatos e veteranos: todos com muito amor pela escola de samba e que não querem deixar essa chama morrer”, comentou Marcelo.  

A “Bateria Show Pulsação” esta fazendo apresentações em eventos particulares e filantrópicos. Na sexta (24), ela esteve presente fazendo a alegria da criança em colégio no bairro Monte Castelo e no Centro Integrado de Reabilitação (CEIR), que comemorou 1 milhão de atendimento em oito anos de funcionamento. 

A coordenadora de voluntariado do Ceir,  Nazaré Bezerra, disse que a animação da bateria Pulsação contagiou a todos e que, momento como esse, são importantes tanto para os pacientes como para voluntários e profissionais da casa. 

“Foi uma alegria só. Quando eles começaram a tocar todos começaram a dançar; os cadeirantes ficavam pulando, parecia que iam cair. Para eles é um momento de descontração, de alegria, eles dançam mesmo com as limitações. A gente fica contaminada de alegria só em vier a felicidade deles”, disse a coordenadora. 

Para cair na folia

Na segunda (26), o bloco participa da Vaca Atolada, na zona Norte de Teresina. E na terça (28), o Sambão na Rua vai estar na Rua Firmino Pires, perto do Mercado Central, na região da Baixa da Égua, onde ficava o antigo galpão da escola de samba, a partir das 16 horas. 

 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Confira a programação dos blocos de rua em Teresina nesta segunda (27)

As festas de carnavais continuam por toda Teresina. Os blocos carnavalescos estão fazendo a animação para os foliões que estão na capital piauiense. Desde a última sexta-feira (24), muitos blocos já agitaram Teresina levando centenas de pessoas para a folia. Os tradicionais Sanatório Geral, Capote da Madrugada e Barão de Itararé mais uma fez foram destaque. Neste ano, Teresina recebeu novos blocos, ampliando a diversidade de opções para os teresinenses e visitantes.  

Confira a programação para hoje (27). 

Centro

27/02/17 – Bloco  Filhos de Baco – Praça Pedro II; 18h
                Bloco da Palmeirinha – Rua de 24 de Janeiro; 16h

Zona Norte

27/02/17 – Vaca Atolada – Em frente ao Iate Clube; 14h
                Tome Dalila - Rua Mar. Teodoro Castelo Branco, próximo a Praça do Mafrense; 16h
                Enkachaçados – Rua Jambo com Rua Tucumã, próximo a Lagoas do Norte; 17h

Zona Sudeste

27/02/17 – Só Fuxico – Próximo a Av. das Hortas, Qd. 03, Renascença I; 16h

Zona Sul

27/02/17 – Carnaval do Cristo Rei – Rua Bolívia e Praça do Cristo Rei; 18h

27/02/17 – Movimento Cultural Piauí Samba – Av. Odilon Piçarra (Espaço Koisa de Cinema); 21h
             Do Paçoca – Praça do Sarmento (entre as Quadras 46 e 47), Saci; 15h
             Los Piratas – Av. Valfrido Salmito, 1231, Parque Piauí; 13h

27/02/17 – Bl. Paçoca – Na sede do bloco no bairro Saci (entre as quadras 46 e 47); 16h

Zona Leste

O bloco Namorada do Sol – A partir das 16h -  na rua Azar Chaib, em frente ao atelier Junior Brandão, no bairro Morada do Sol. Terá bandinha de marchinhas e samba e rock and roll. 


Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Barão de Itararé completa 28 anos de folia no Dirceu

  • barao-17.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-31.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-30.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-29.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-28.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-27.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-26.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-25.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-24.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-23.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-22.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-21.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-20.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-19.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-18.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-16.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-15.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-14.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-13.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-12.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-11.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-10.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-09.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-08.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-07.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-06.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-05.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-04.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-02.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-01.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde

Há 28 anos fazendo a alegria de carnaval no conjunto Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste de Teresina, o bloco Barão de Itararé voltou, neste domingo (26), a animar os foliões da região. A concentração do desfile  começou a receber foliões na avenida principal do bairro, próximo a Fundação Bradesco, no final da tarde.  

A programação do desfile inclui o trajeto a principal praça cultural do bairro, onde foi armado o palco para continuar com a animação ao som de bandas locais. Dentre as atrações estão as bandas A Onda, Forró de Paredão e Tom Barril. 

Para o presidente do bloco, Raimundo Mendes, trabalhou com a expectativa de receber duas mil pessoas na avenida.

"O bloco surgiu há 28 anos, de improviso, para garantir a animação e folia durante o carnaval para a comunidade, e hoje mais uma vez estamos aqui. O público varia muito, mas estamos com toda uma estrutura para receber quem chegar para o desfile e o show na praça', disse. 

Arrastão

Na terça (29), o Bloco do Itararé fará um arrastão com outros dois blocos - o Quebra Cabaça e Fanfarra das Artes - também na avenida principal do Dirceu Arcoverde, a partir das 17h30.

Carlienne Carpaso
redacao@cidadeverde.com

Bloco Fanfarra das Artes estreia e pede socorro para espaço esportivo no Dirceu

  • fanfarra-00.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • fanfarra-02.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • fanfarra-01.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-16.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde
  • barao-02.jpg Foto: Roberta Aline/Cidade Verde

O Bloco Fanfarra das Artes estreou no carnaval de rua de Teresina, neste domingo (26), com uma palavra de ordem: "Reforma do Almeidão já". Eles pedem a imediata reforma do complexo poliesportivo do bairro para que possa atender a comunidade e continuar desenvolvendo projetos artísticos, culturais e esportivos. 

"Esse ano nos preparamos para estrear com a alegria do carnaval, mas também levando uma bandeira de luta, que é a reforma do Almeidão. Ele está completamente abandonado, não tem bebedouro, banheiro e iluminação", disse um dos diretores do bloco, Ismael Oliveira.

O grupo, que faz parte da banda Professor Paulo Resende, que atua principalmente na zona Sudeste, trabalha com oficinas de percussão para os jovens e apresentações nos desfiles de 7 de Setembro.

O bloco estreou com pelo menos 50 participantes em desfile junto com o bloco Barão de Itararé, na avenida principal do bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste.

Carlienne Carpaso 
redacao@cidadeverde.com

Retiro aberto reúne mais de 3 mil católicos no Carnaval

  • e8b5d850-1090-4157-b2d2-f3860a67f8ee.jpg Jorge Bastos
  • d135b1a2-6a6a-4170-806c-4d1a33fecbb0.jpg Jorge Bastos
  • ab1f8ae0-50e4-42b0-9219-456d25b79bba_(1).jpg Jorge Bastos
  • 4fc1917e-ae96-4711-9845-e79466463dc9_(1).jpg Jorge Bastos
  • 3e6576f4-938c-42f5-a43b-2c715d5c3bd0_(1).jpg Jorge Bastos
  • 8486b7b4-1a1f-4aa3-ac81-731e3fca91d7.jpg Jorge Bastos
  • 7849c42e-484a-4665-848f-f757e755d1d5.jpg Jorge Bastos
  • 363e8224-07af-4292-ad50-1a4f7c4b6ecd.jpg Jorge Bastos
  • 745c87a0-7819-4045-b493-27ecd23f11a2.jpg Jorge Bastos
  • d41579a6-0a6a-43cb-b7f6-380531bc5210.jpg Jorge Bastos
  • 359a2bbb-7801-47dd-9756-3b174b506e32.jpg Jorge Bastos
  • 4cf419e4-9154-4514-bccf-a2b3dbaec741.jpg Jorge Bastos

Brincar os três dias de Carnaval, sem bebida alcóolica e louvando a Deus. Assim, deve ser a folia de momo de cerca de 3 mil católicos que estarão reunidos a partir do domingo (26), durante o Renascer, retiro aberto que acontece simultaneamente em mais de 80 cidades no Brasil.

Em Teresina, o evento iniciativa da Comunidade Católica Shalom- acontece até a terça-feira (28), no Colégio Diocesano, no centro de Teresina, com início sempre às 8h.

Com o tema Alegra-te, o evento contará com uma programação, totalmente diversificada, que pretende ser sinal de paz em um dos períodos mais violentos do ano. Louvor, orações, pregações, seminário de vida no Espírito Santo, celebrações eucarísticas, cursos com palestrantes de Fortaleza e apresentações artísticas fazem parte da programação do evento.

"O tema tem tudo a ver com a anunciação de Nossa Senhora. Vamos ter momentos de louvor, oração, pregações, cursos com palestrantes de fora que vão falar sobre os ensinamentos de Nossa Senhora e de Jesus na nossa vida, nos dias de hoje. A entrada é gratuita, você não precisa pagar nada, porque Deus não cobra nada e só quer nos amar", disse Francisco Henrique Linhares, da comunida Shalom.

O evento contará ainda com baile de máscaras, apresentações artísticas e musicais, uma noite temática que promete muita animação e música. A programação é voltada para jovens e adultos e um espaço exclusivo foi montado para as crianças com o objetivo de dar uma experiência com Deus de forma lúdica, através do teatro, música, dança e oração. 
 
Mais de 400 voluntários participam no apoio do evento.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores