Cidadeverde.com

Os novos números da violência no Piauí

A Secretaria de Segurança comemora o resultado do novo balanço sobre a violência no Piauí. Todos os indicadores de criminalidade apresentaram queda nos três primeiros meses de 2017, de acordo com balanço realizado pela própria Secretaria de Segurança Pública.

Conforme os dados divulgados ontem, a taxa de crimes violentos letais intencionais (homicídios dolosos, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e feminicídio) diminuiu 19,68%, ao cair de 188 de janeiro a março de 2016 para 151 no mesmo período deste ano.

Considerando apenas Teresina, a redução desses crimes foi de 26,47%. No interior do estado, o decréscimo ficou em 11,63%, segundo ainda o levantamento da Segurança.

Os números também apontam queda nos índices de roubos na capital. No primeiro trimestre do ano passado, foram contabilizadas 5.074 ocorrências, contra 4.607 casos em 2017, significando uma redução de 9,20%.

Pelo levantamento, os roubos de veículos em Teresina também registraram um bom índice de queda. Foram 510 casos no primeiro trimestre de 2017, correspondendo a 24,89% a menos do que no mesmo período de 2016, quando foram registradas 679 ocorrências.

A vida como ela é

Se esses dados confortam ou tranquilizam alguém, com certeza é a cúpula da Segurança. A população mesma não sente essa tranquilidade em seu dia a dia nem comemora os números da violência. O que se vê em todo lugar é sinal de insegurança. Na rua, no trabalho ou mesmo em casa, as pessoas andam sobressaltadas.

As empresas privadas contratam segurança particular. As lojas, residências, clínicas, escritórios e outros estabelecimentos instalam câmeras de monitoramento eletrônico. As pequenas mercearias e salões de beleza da periferia funcionam atrás das grades. E por que isso? Porque ninguém se sente em segurança.

Quanto à queda, em 9%, das ocorrências registradas pela Secretaria de Segurança, ela é muito discutível. Qualquer um sabe que há uma subnotificação de ocorrências policiais. Ou seja, nem todas as vítimas comparecem às delegacias de polícia para registrar os crimes de que são vítimas.

Nos últimos dois anos, somente a Secretaria Municipal de Educação de Teresina registrou mais de 500 Boletins de Ocorrência dando conta de arrombamentos, roubos e assaltos nas escolas da capital. Esta semana, na Escola Mário Covas, na região do Alto da Ressurreição, os malandros levaram até os frangos da merenda escolar das crianças que estavam nas geladeiras.

Diante disso, seria correto afirmar que a polícia não está trabalhando? Não. Isso seria leviandade. O que se vê é a polícia se desdobrando para dar conta de sua missão, cada vez mais difícil. Ela mesma tem sido vítima da violência, com a perda de dezenas de policiais nos últimos tempos, alvejados pelos bandidos no Piauí.

Enquanto a Secretaria de Segurança dá um tom de comemoração aos números que produziu indicando a queda da violência, a própria polícia é a primeira a se queixar, todos os dias, da quantidade de bandidos soltos nas ruas. 

Foto: Divulgação/Alepi

Mauro Tapety assina o termo de posse como deputado

Novo deputado

Com a ida do deputado Pablo Santos (PMDB) para a direção da recém-criada Fundação Estadual Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), a Assembleia Legislativa deu posse ontem ao 14º suplente de deputado estadual.

O empossado foi o ex-deputado Mauro Tapety (PMDB), que em seu discurso de posse reafirmou o compromisso de defender a Constituição e promover o desenvolvimento do Piauí.

Isso, naturalmente, lendo a cartilha do governo, que agora passa a compor.

Sobrou pro papa

Sobrou para o papa Francisco. Até ele já meteram na crise política brasileira.

A recusa, pelo papa, a um convite do presidente Michel Temer para visitar novamente o Brasil vem sendo comemorada pelos adversários do governo.

O papa Francisco foi convidado a participar, este ano, das celebrações dos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Carta a Temer

O Pontífice escreveu diretamente ao  presidente Michel Temer afirmando que infelizmente não poderá comparecer  porque outros compromissos não lhe permitem.

Em sua carta, o papa faz críticas às propostas de reformas abraçadas pelo governo brasileiro.

Situação delicada

O papa Francisco recebe informações sobre o Brasil diretamente da cúpula da Igreja Católica, que já se posicionou contra as reformas, em documento já divulgado pela CNBB.

A posição dele será sempre delicada. Se tivesse aceitado o convite para vir ao Brasil, certamente ele estaria sendo duramente criticado pelos que hoje aplaudem seu gesto de não vir.

O papa, como Nossa Senhora Aparecida, é quem menos ter a ver com essa confusão toda em que nos meteram.

Guerra de nervos

O ex-ministro da Fazenda, Antônio Palocci, disse ao juiz Sergio Moro que tem condição de revelar 'nomes e operações' para mais um ano de trabalho da Lava Jato.

Segundo a imprensa nacional, o ex-ministro estaria disposto a fechar delação. Ele foi tesoureiro das campanhas de Lula e Dilma e ministro de ambos.

Bolsa Família

O Bolsa Família repassa mensalmente R$ 90 milhões para o Piauí, totalizando mais de R$ 1 bilhão por ano.

O programa atende a mais de 441 mil famílias em todo o Estado, com bolsa média de R$ 210 por família.

Os dados foram divulgados ontem na Rádio Cidade Verde pelo coordenador estadual do programa, Roberto Oliveira.

Foto: Pablo Cavalcante

O coordenador do Bolsa Família no Piauí, Roberto Oliveira, nos estúdios da Rádio Cidade Verde

*Perguntar não ofende: por onde anda o 'Samu do Ar' do Governo do Estado?

*A Eletrobras cortou a energia do Hospital Carlos Borromeu, no bairro Pedra Mole, por falta de pagamento.

*As contas em atraso foram pagas e o fornecimento de energia foi restabelecido em seguida.

*A Polícia Militar do Piauí reúne a tropa hoje em seu Quartel do Comando Geral para celebrar o Dia de Tiradentes, patrono das PMs.

Seleção de Suplentes

Do líder do PDT, Robert Rios, ontem, na posse do 14º suplente Mauro Tapety como deputado:

- É por isso que a Assembleia está sempre perdendo...

O jornalista Elivaldo Barbosa, do Grupo Cidade Verde, pede explicação. O parlamentar completa:

- Só entra em campo o time reserva.