Cidadeverde.com

"Temos que vestir a camisa do Corso", dizem campeões da promoção da TV Cidade Verde

  • _MG_0482.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0477.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0475.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0471.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0464.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0451.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0438.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0435.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0431.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0430.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0419.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0408.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0400.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0397.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0392.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0390.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0383.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0377.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0373.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0371.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0364.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0360.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0357.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0350.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_0345.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

Os foliões do caminhão "África Pop" foram os grandes vencedores do concurso Cidade Verde com Você na Folia 2016. A equipe organizadora recebeu o prêmio durante o Jornal do Piauí desta terça-feira (02) e afirmou que os piauienses devem vestir a camisa do Corso, enfeitar seus caminhões e fazerem parte da festa.

Os campeões do concurso, que levaram para casa 1.200 latinhas de cerveja Skol e uma caixa térmica, acreditam que o Corso de Teresina deve ser mais estimulado pelos piauienses. "O carioca tem a Marques de Sapucaí, Olinda tem o seu frevo, Salvador tem seu axé e Teresina tem o Corso. As pessoas têm que vestir a camisa, tem que enfeitar seus caminhões, é uma coisa nossa, é cultural e isso já vale tudo", defendeu o empresário Igor Leite.

A comissão, formada por Igor Leite, Ruama Frota e Letícia Aguiar, decidiu o tema em setembro de 2015. A inspiração para o tema veio após uma viagem do artista para a África. "Fui para a África do Sul e Nairóbi há dois anos e fiz pesquisas, conheci algumas tribos e me encantei muito com as estampas que eles usavam e a forma como eles recebiam a gente", explicou Igor Leite.

Ao entrar na avenida, o "África Pop" mostrou a que veio, uma grande alegoria representando a cabeça de um leão cobria toda a frente do caminhão. Nas laterais, outros animais característicos do continente. "As pessoas tem aquela concepção de que a África é uma coisa triste e árida, muito pelo contrário, ela sabe receber e é colorida", afirmou o artista.

Em segundo lugar na disputa, o "Caminhão da Foba" ganhou 600 latinhas de Skol e cinco conjuntos de mesas. "A gente está muito feliz", disse a organizadora Cleane Leal. Já o terceiro lugar ficou com o grupo de amigos "Calango", que desfilaram com o tema "Paz, Calango e Amor", eles faturaram 360 latinhas e dois conjuntos de mesas. "Ninguém esperava, vão ser dois dias de festa", comemorou o organizador Cesário Farias.

Foto: Wilson Filho/Cidadeverde.com

Caminhão "África Pop" na Avenida Raul Lopes.

Lucas Marreiros (Especial para o Cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com

Júri da TV Cidade Verde escolhe os cinco finalistas do Corso 2016

  • _MG_3945.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_3949.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_3955.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_3984.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_3986.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4006.jpg Cidadeverde.com
  • caminhão_da_crise_(15).jpg Cidadeverde.com
  • caminhão_da_crise_(11).jpg Cidadeverde.com
  • caminhão_da_crise_(4).jpg Cidadeverde.com
  • bode_dos_medonhos_(1).jpg Cidadeverde.com
  • bode_dos_medonhos_(10).jpg Cidadeverde.com
  • bode_dos_medonhos_(7).jpg Cidadeverde.com
  • paz,_carnaval_e_futebol_(14).jpg Cidadeverde.com
  • paz,_carnaval_e_futebol_(9).jpg Cidadeverde.com
  • paz,_carnaval_e_futebol_(12).jpg Cidadeverde.com

O júri  da TV Cidade Verde acompanhou tudo de perto e escolheu os cinco caminhões mais bonitos que passaram na avenida Raul Lopes durante o Corso de Teresina, no último sábado(30). Todos passaram em frente ao camarote da emissora durante a transmissão ao vivo direto da folia. Foram observados aspectos como animação, decoração, criatividade, originalidade, fantasias e escolheram cinco finalistas.

O Top 5 da Cidade Verde foram os seguintes caminhões: África Pop, Bode dos Medonhos, Caminhão da Foba (Shoppingráfica), Paz, Calango e Amor e Paz, Carnaval e Futebol.
 
O campeão do concurso vai levar 1.200 latinhas de cerveja Skol, mais uma caixa térmica. O segundo lugar vai fazer a festa com 600 latinhas de Skol, mais cinco conjuntos de mesas. O terceiro caminhão melhor colocado ganhará 360 latinhas, mais dois conjuntos de mesas.

Os três vencedores da premiação serão conhecidos nesta terça(02), ao vivo no Jornal do Piauí, quando representantes dos cinco caminhões estarão nos estúdios da TV Cidade Verde para acompanharem a divulgação. 


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

África Pop vence prêmio da prefeitura no Corso de Teresina; veja vencedores

  • _MG_4097.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4098.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4099.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4104.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4105.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4106.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4107.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4108.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4109.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4110.jpg Cidadeverde.com
  • _MG_4111.jpg Cidadeverde.com
  • africa1.jpg Cidadeverde.com
  • africa2.jpg Cidadeverde.com
  • africa3.jpg Cidadeverde.com
  • africa4.jpg Cidadeverde.com
  • africa5.jpg Cidadeverde.com
  • africa6.jpg Cidadeverde.com
  • africa7.jpg Cidadeverde.com
  • africa8.jpg Cidadeverde.com
  • africa9.jpg Cidadeverde.com

Os caminhões África Pop, Vale A Pena Ver de Novo e Herois da I9 foram os vencedores do 1º, 2º e 3º lugares da Prefeitura de Teresina no Corso 2016. O vencedor vai levar um prêmio de R$ 2.500,00, o segundo fica com R$ 1.500,00 e o terceiro com R$ 1.000,00.

O primeiro lugar, organizado pelo empresário e estilista Igor Leite, ficou com o primeiro lugar. Com o tema África Pop, o grupo levou para a avenida Raul Lopes uma África reinventada, com animais multicoloridos e grafismos típicos. 

"A gente ficou muito feliz, por poder levar uma outra visão de outras culturas para o Corso. O Corso é um presente para Teresina, estamos muito felizes por podermos participar e pela vitória", disse Igor. 

O caminhão Vale A Pena Ver de Novo levou pra avenida 30 pessoas com fantasias da mais diferentes telenovelas brasileiras. Maria do Bairro e Nazaré Tedesco estavam juntas na brincadeira. Roberto Freitas, arquiteto, foi um dos organizadores do carro. 

"Foi nosso terceiro ano no Corso, sempre temos a intenção de levar ideias menos clichês para a avenida. Já fizemos o caminhão em homenagem a Raul Seixas e ano passado também ganhamos um prêmio, com o tema 'Só não vai quem já morreu'. Esse ano levamos vários personagens, muita gente bem fantasiada. Agora vamos comemorar na casa de um dos participantes, vamos fazer o nosso Corso particular", comemorou. 


Foto: arquivo pessoal

Em terceiro lugar, o caminhão Herois da I9 estava com um trio elétrico na avenida, vários super herois e uma banda animou todo o percurso. 

De acordo com estimativa da Polícia Militar, cerca de 300 mil pessoas estiveram no Corso de Teresina. Ao todo, 83 caminhões se inscreveram e participaram do maior pré Carnaval do Piauí. 

Além da Prefeitura, a TV Cidade Verde também vai premiar os três melhores caminhões da festa. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com

Cerca de 300 mil foliões participam do Corso deste ano, revela Polícia Militar

  • noite-mais-27.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-26.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-25.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-24.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-23.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-22.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-21.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-20.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-19.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-18.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-17.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-16.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-15.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-14.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-13.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-12.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-11.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-10.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-9.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-8.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-7.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-6.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-5.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-4.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-3.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • noite-mais-2.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde

Cerca de 300 mil foliões compareceram ao Corso de Teresina, realizado ontem (30) na Avenida Raul Lopes, na Zona Leste de Teresina, segundo o comandante de policiamento da Capital, o coronel Sá Junior. Para o prefeito de Teresina, Firmino Filho, o corso, considerado pelo Guinness Book como o maior desfile de carros enfeitados do mundo, não é apenas um desfile de caminhões e pessoas fantasiadas, e sim o principal evento do estado do Piauí. 

"Essa festa pertence à cidade, é feita pela cidade, por isso que ela é bonita, alegre e é sempre um sucesso. Tudo corre muito bem, muita gente alegre. É uma festa feita pela população, especialmente pelos jovens”, disse o prefeito, acrescentando que o evento está na 18ª edição e, nos últimos oito anos, virou essa explosão de participação. “A gente sente como se o próprio evento fosse se moldando. O que temos hoje é um Corso com o nosso jeito, com a nossa cara”, comentou.

Já o coronel Sá Junior destacou que, apesar do efetivo de quase mil policiais promovendo a segurança do público durante todo o percurso, as demais áreas de Teresina não ficaram desprovidas de policiamento.  Uma grande estratégia de segurança foi organizada com todo o efetivo, que foi distribuído em quatro setores divididos em turnos diferenciados de horários para o evento.  

Além dos militares, o evento contou com equipes do Corpo de Bombeiros, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Policia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Civil. 

Carlienne Carpaso (especial para o cidadeverde.com)
redacao@cidadeverde.com 

Corso: Firmino diz que teresinense tem que parar de ter espírito de vira lata

  • corsofirmino2.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • corsofirmino1.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-3.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-2.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-1.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde

O prefeito Firmino Filho (PSDB) afirmou que o Corso 2016 é a maior festa para a população e que tem sucesso absoluto. Quando questionando se considerava que este ano a festa estaria tendo menor proporção em razão do menor número de caminhões inscritos, 81, comparado ao ano passado, ele disse que o teresinense tem que deixar de ter o complexo de vira lata, de achar problema em tudo.

 “Na realidade é o melhor corso que as pessoas fazem e refazem. A prioridade não são os caminhões, são as pessoas. É uma carreata feita, mas a participação popular é importante. Temos que parar com esse espírito vira lata, de achar defeito ou problema onde não há. É uma festa de tamanha magnitude, a melhor festa popular que a cidade faz com carinho. Então acho que é bobagem esse espírito de vira-lata”, enfatizou o prefeito.

Depois de caminhar pelo meio do povo, no stand da Prefeitura na Avenida Raul Lopes neste sábado (30), ele disse que essa é uma festa que está sendo feita e refeita pela população. 

“O povo vem fazendo e refazendo essa criação coletiva que é o Corso. Não é uma festa da Prefeitura, mas para a cidade, que a população cria e recria, constrói e destrói. Essa é a 18ª edição dessa nova fase moderna e ainda está crescendo, como uma estimativa de mais de 250 mil pessoas, e é fantástica. Mostra o sucesso dela e cabe a prefeitura não atrapalhar, não prejudicar.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Elmano e Firmino se encontram no Corso e falam em campanha de respeito

  • IMG_0162.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0143.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0141.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0139.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0138.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0137.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0136.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0135.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0134.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0133.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0132.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0127.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0122.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0118.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0108.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0106.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com
  • IMG_0095.jpg Yala Sena / Cidadeverde.com

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, e o senador Elmano Férrer, possível adversário do tucano nas eleições 2016, se encontraram na cabine da TV Cidade Verde durante a transmissão do Corso. Após se cumprimentarem, o prefeito disse que sempre respeitou o parlamentar do PTB e fez elogios.

"Ele tem sido solidário às questões de Teresina, principalmente em Braslia", declarou Firmino.

Já Elmano disse que, se for candidato, sua campanha será pautada no respeito. "Do jeito que eu sempre fiz. Será uma campanha de civilidade, alto nível e discutindo os problemas da cidade. 2016 deve ser assim", afirmou.

Elmano Férrer considerou a festa "uma brincadeira boa". Em entrevista ao Cidadeverde.com, o político comemorou o fato de a população manter a tradição da folia popular.

"Este Corso está animado. As pessoas estão felizes e há muita irreverência nessa festa. É uma brincadeira boa", resumiu Férrer, acrescentando que em sua gestão, o Corso foi "ressucitado". 

"Quando eu cheguei em Teresina, 50 anos atrás, o Corso era isso. Mas, com o tempo foi diminuindo e nós reabrimos os caminhos dessa festa. Quando incentivamos o desenvolvimento do Corso, a festa cresceu espontaneamente", afirmou. Elmano lembrou que quando foi prefeito o Corso de Teresina foi eleito pelo Guiness Book como o maior desfile de carros alegóricos do mundo.

O ex-prefeito disse que ainda não decidiu se será candidato ou não em 2016. "Ainda estou pensando", declarou.

Jordana Cury e Yala Sena (Flash)
Hérlon Moraes (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com

 

Estudantes aproveitam Corso para arrecadar dinheiro para festa de formatura

Estudantes do 4º período de Enfermagem na Universidade Federal do Piauí aproveitaram a folia do Corso 2016 para arrecadar dinheiro para a festa de formatura. Átila Araújo, que é mebro da comissão explica que a turma trouxe algumas coisas para vender e pretende levantar com esta e outras ações, dinheiro para bancar a festa.

"A gente traz as coisas pra vender e aproveita pra se divertir também. Tudo é festa", explica o estudante.

Assim como Átila, outra centena de turmas também esteve na avenida para vender alimentos e bebidas para arrecadar dinheiro para as mais diversas causas.Foram feitas 828 inscrições de barraqueiros e demais vendedores, porém de acordo com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, é impossível impedir que barraqueiros ilegais se instalem na avenida.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Iracema Portella diz que o Corso já é festa consagrada

  • ira2.jpg Raulino Neto
  • ira.jpg Raulino Neto
  • ciro1.jpg Raulino Neto
  • ciro5.jpg Raulino Neto
  • ciro4.jpg Raulino Neto
  • ciro3.jpg Raulino Neto
  • ciro2.jpg Raulino Neto

A deputada federal Iracema Portella (PP) prestigiou na noite deste sábado (30) o Corso de Teresina. Acompanhada do marido, o senador Ciro Nogueira, ela visitou a cabine da TV Cidade Verde e elogiou o pré-carnaval de Teresina.

"Todo ano faço questão de estar aqui. Já é uma festa consagrada e faz parte do calendário nacional como a maior festa popular do Piauí. É muito positivo", afirmou.

Ao falar de política, a deputada disse que 2016 promete ser um ano difícil em Brasília por conta do julgamentos dos processos contra a presidente Dilma Rouseff e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Iracema Portela fará parte da comissão que julgará impeachment.

"Eu fui convidada para fazer parte da comissão e na próxima semana nós vamos dar início esse processo e, com certeza, o ano de 2016 não vai ser calmo politicamente falando", declarou.

Ciro Nogueira também elogiou o Corso e disse que 100 caminhões é o ideal no desfile. "É uma festa democrática", declarou.

Lyza Freitas (Flash)
Hérlon Moraes (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com

Camarote especial garante acessibilidade aos foliões no Corso 2016

Um camarote montado na avenida Raul Lopes garantiu o acesso à cadeirantes e pessoas com as mais diversas dificuldades de acesso no Corso 2016. Com uma varanda panorâmica, os cerca de 30 participantes puderam conferir o maior desfile de carros enfeitados do mundo de um lugar privilegiado.

Pela primeira vez no Corso, Valdirene Maria conta que todos os anos assiste a festa pela televisão e que é uma grande alegria poder conferir de perto o desfile. "Estou esperando encontrar alegria, diversão e esse é um espaço muito bom para as pessoas saberem que nós existimos", completou.

Maria das Dores da associação Pestalose comemorou a iniciativa e completou afirmando que um espaço como este na folia sempre garanta mais visibilidade  e completa que o espaço foi aberto para qualquer tipo de deficiência.

"A possibilidade de chegar até um evento desse porte não existia e agora temos essa acessibilidade que permite que todas essas pessoas possam participar. Desde quem tem deficiência intelectual, o autista e outros tipos de deficiencia", pontuou.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Caminhão leva "noventão" para avenida Raul Lopes

O Conselho Municipal da Pessoa Idosa levou para a avenida aquele que deve ser o folião com mais idade do Corso 2016. Com 90 anos e 4 meses como ele gosta de lembrar, Antonio Rodrigues, ex-presidente do Conselho, fez questão de acompanhar o percurso.

Jesus Diocesano que é vice-presidente do Conselho, tem 75 anos e faz questão de dizer que o grupo cai na folia há 4 anos para gritar pelo direito da pessoa idosa.

"Nosso objetivo é garantir o direito da pessoa idosa e que ela tenha uma vida digna saudável. Na nossa festa os idosos são protagonistas", afirmou.

Com o tema Liga da Justiça e o folião noventão, o grupo foi fantasiado de super herói para defender aqueles que já passaram dos 70.

Maria Romero (Flash)
Hérlon Moraes (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores