Cidadeverde.com

Corso: Firmino diz que teresinense tem que parar de ter espírito de vira lata

  • corsofirmino2.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • corsofirmino1.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-3.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-2.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde
  • firmino-corso-1.jpg Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde

O prefeito Firmino Filho (PSDB) afirmou que o Corso 2016 é a maior festa para a população e que tem sucesso absoluto. Quando questionando se considerava que este ano a festa estaria tendo menor proporção em razão do menor número de caminhões inscritos, 81, comparado ao ano passado, ele disse que o teresinense tem que deixar de ter o complexo de vira lata, de achar problema em tudo.

 “Na realidade é o melhor corso que as pessoas fazem e refazem. A prioridade não são os caminhões, são as pessoas. É uma carreata feita, mas a participação popular é importante. Temos que parar com esse espírito vira lata, de achar defeito ou problema onde não há. É uma festa de tamanha magnitude, a melhor festa popular que a cidade faz com carinho. Então acho que é bobagem esse espírito de vira-lata”, enfatizou o prefeito.

Depois de caminhar pelo meio do povo, no stand da Prefeitura na Avenida Raul Lopes neste sábado (30), ele disse que essa é uma festa que está sendo feita e refeita pela população. 

“O povo vem fazendo e refazendo essa criação coletiva que é o Corso. Não é uma festa da Prefeitura, mas para a cidade, que a população cria e recria, constrói e destrói. Essa é a 18ª edição dessa nova fase moderna e ainda está crescendo, como uma estimativa de mais de 250 mil pessoas, e é fantástica. Mostra o sucesso dela e cabe a prefeitura não atrapalhar, não prejudicar.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com