Cidadeverde.com

As pequenas voltas por cima

Um grande hiato! Você aí que vive a vida real sabe que essa condição de ser mulher nunca é fácil. Aquela vontade de abandonar tudo, sair correndo, esquecer de todas as obrigações, sabe. Enfim, a estafa me pegou e a inspiração pra escrever se foi. Agora to aqui, pedindo perdão por essa pausa.

Tenho certeza que todas nós passamos por isso. E não pensem que filho é o problema no meio dessa zona de vida. Pelo contrário. Nina é um raiozinho de sol que espanta essas nuvens todas, todo dia. 

Problema mesmo é o resto. É tentar [conseguir mesmo a gente só consegue por ser mulher] dar conta de tudo. Os empregos, as obrigações do cuidado com a casa, as pequenas mudanças no dia a dia e a adaptação, as questões familiares. A vida é muito complicada. Mas um dia a gente consegue colocar a estafa de lado e dar a devida importância às coisas. A estafa, essa companheira da vida moderna, difícil a gente conseguir se livrar dela. Melhor mesmo é tentar diminuir os sintomas e tocar a vida pra frente.

Se você me perguntar como vai a vida, vou dizer que está ótima. É uma resposta em forma de esperança porque, enfim, as férias estão chegando e vou poder dar uma pausa em boa parte dessas preocupações.

Ontem já diminuíram porque as tarefas escolares, essa obrigação noturna, não vieram mais. Foi meu assunto da noite com a Nina. - Nossa, filha, que legal que a gente vai poder passar a noite brincando e assistindo a um filminho! 

Então, estou de volta e espero que me perdoem heart Prometo tentar diminuir os efeitos do cansaço e vir sempre por aqui conversar com vocês. Sugestões são muuuuuuito bem aceitas também.