Cidadeverde.com
Geral

Criminoso mais procurado do litoral tenta fugir duas vezes em um dia

Imprimir

Carlos Wilian Aguiar Sousa, vulgo Chéri, foi detido pela Polícia Militar de Parnaíba, por volta das 6h do último sábado (2). De acordo com a polícia, ele é o criminoso mais procurado do litoral piauiense e responde a pelo menos dez acusações de assaltos e duas de homicídio na região.


Fotos: Blog do Pessoa





Segundo o delegado, Eduardo Ferreira, o serviço de inteligência da Polícia Militar, capturou Chéri em casa, no bairro Baixa Carnaúba. "Eles montaram campana de madrugada e na manhã anunciaram a prisão, ele chegou a sair com uma arma na mão mas se entregou ao ver a quantidade de policiais", descreve o delegado.


Delegado Eduardo Ferreira



Com o acusado foram apreendidos dois revólveres calibre 38, uma pistola 9 milímetros e uma espingarda de 12mm de cano curto. Em sua posse também estavam uma Titan azul de placa NHW 7754, Parnaíba-PI e uma Broz preta, de placa LWA 8028, também de Parnaíba. A polícia suspeita que a Titan azul seja a mesma utilizada em um assalto que cuminou com a morte do comerciante Aloísio Magalhães de Freitas, de 52 de idade, na Rua Samuel Santos, no último dia 30.

A viúva da vítima viu Chéri e, segundo policiais da Civil da Central de Flagrantes de Parnaíba, o reconheceu como sendo o autor do disparo que matou seu esposo, por conta de uma tatuagem de Jesus que ele tem na perna.

Também foram recolhidos, aparelho de som, capacetes, um colete de uso da polícia, um colete salva-vidas, uma máscara, touca, munição, comprimidos, entre outros pertences. "Ele é um profissional. Atuava não só em Parnaíba como também em Luis Correia. Dentre os que conhecemos e que estava solto, ele é o mais perigoso", declarou o Eduardo Ferreira ao CidadeVerde.com.






O delegado contou ao CidadeVerde.com que a audácia de Chéri foi tamanha que ele tentou fugir da delegacia para onde foi conduzido e também da penitenciária mista de Parnaíba durante a revista.


Carlos Lustosa Filho
Com informações do Proparnaíba
redacao@cidadeverde.com

Imprimir