Últimas

Dono de funerária do PI é preso dando golpe do seguro DPVAT

Imprimir

O empresário Wander Albuquerque Xavier, 39 anos, dono da funerária Santa Luzia, acusado de praticar golpes do seguro DPVAT foi preso em Gilbués (a 797 km de Teresina). O golpe teria rendido mais de R$ 130 mil das vítimas.

A polícia já identificou dez vítimas. Os segurados o entregavam a documentação e o autorizavam a receber o dinheiro, para repassá-los depois. Mas, ele ficava com o valor. O seguro indeniza vítimas de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

De acordo com o Tenente Weldison, do 7º Batalhão, as testemunhas disseram que ele recebia o dinheiro pago pelo seguro e não repassava aos beneficiários e ainda enfrentavam dificuldade de receber o cartão.

A prisão foi decretada pelo juiz da cidade, Antônio Bitencourt Braga Neto. Depois de passar algum tempo foragido, Wander Xavier foi preso e transferido para o presídio de Bom Jesus.


 

Flash Yala Sena
Redação Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Imprimir