Cidadeverde.com

Brasil assume presidência temporária do Mercosul

O presidente Michel Temer participa hoje (21) da 50ª Reunião do Conselho do Mercado Comum e Cúpula do Mercosul e Estados Associados, em Mendoza, na Argentina. Entre os temas a serem discutidos na reunião estão as negociações para um acordo do bloco com a União Europeia, além de assuntos políticos e econômicos e relacionados a direitos humanos. A situação da Venezuela também pode ser discutida durante a Cúpula. O encontro marca a entrada do Brasil na presidência temporária do Mercosul pelos próximos seis meses. O país deve buscar o fortalecimento da integração regional e da agenda externa do bloco comercial com outros países e continentes.

Expectativas

Ao chegar a Mendoza, na noite de ontem (20), o presidente Temer falou sobre a expectativa para o período em que o Brasil estiver exercendo a presidência do Mercosul. "Espero continuar o trabalho que o presidente Macri [Mauricio Macri, presidente da Argentina] desenvolveu com tanta propriedade ao longo desse semestre", afirmou em entrevista. Nos últimos seis meses, a Argentina esteve na presidência do Mercosul. Hoje, pela manhã, os chefes de estados participam da sessão plenária do Mercosul, seguida de um almoço de trabalho. Antes do almoço, Temer fará um pronunciamento que marcará o início da presidência do Brasil no bloco. O presidente embarca de volta ao Brasil no meio da tarde.

Após altas, litro da gasolina pode chegar a R$ 4 em Teresina

O aumento do PIS/Cofins começa a valer nesta sexta-feira (21). A tributação sobre a gasolina subirá R$ 0,41 por litro - e isso mais que dobrou a carga incidente até ontem, passando de R$ 0,38 para R$ 0,79 por litro. 

Também pesa sobre a gasolina a Cide - Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico - que custa R$ 0,10 por litro. No final das contas, levando em consideração os repasses das refinarias às distribuidoras e das distribuidoras àos postos, os motoristas devem encarar uma alta de R$ 0,51 para cada litro de gasolina - um pesadelo para quem já estava confiante na queda nos preços dos combustíveis devido à nova política de preços da Petrobras.

No último dia 10, José Couto, do Sindicato dos Donos de Postos de Combustíveis afirmou à Coluna Economia & Negócios, do Cidadevere.com, que o litro da gasolina estava custando entre R$ 3,15 e R$ 3,45 em Teresina. Caso a alta de R$ 0,51 seja repassada integralmente ao consumidor, a gasolina deverá custar cerca de R$ 3,96, mas o economista Kerle Dantas acredita que a alta pode ser maior. "Estamos falando em repassar a alta dos impostos aos consumidores, mas o que acontece na prática, e é histórico, é que o aumento na bomba de combustível deve ser maior que a tributação, Ou seja, pode ser que o motorista pague até mais que o previsto hoje", acrescenta.

Isso acontece por causa do efeito cascata do aumento dos combustíveis, que influenciará diretamente na inflação. "Essa alta nos combustíveis vai encarecer toda a matriz baseada em transporte. Tudo vai ficar mais caro e isso vai tornar a recuperação econômica ainda mais lenta. Essa não é uma forma correta de combater o déficit das contas públicas", considera. 

A Coluna tentou contato com José Couto nesta manhã, mas o celular estava desligado. 

A tributação sobre o diesel subirá em R$ 0,21 e ficará em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subirá R$ 0,20 por litro. O governo ainda dará mais detalhes sobre a medida. 

 

'A população vai compreender', afirma Temer sobre alta dos combustíveis

Após o anúncio da alta da gasolina, o presidente Michel Temer (PMDB) disse acreditar que o brasileiro vai entender a medida. 

"A população vai compreender porque esse é um governo que não mente. Não dá dados falsos. É um governo verdadeiro. Então, quando você tem que manter o critério da responsabilidade fiscal, a manutenção da meta, a determinação para o crescimento, você tem que dizer claramente o que está acontecendo. O povo compreende", afirmou, na chegada à Argentina para participar da cúpula do Mercosul, reunião em que o Brasil vai assumir a presidência rotativa do bloco.

O presidente argumentou que o reajuste é necessário e considerou 'pequeno' o aumento do PIS/Cofins. 

“Isto é o fenômeno da responsabilidade fiscal. E essa responsabilidade fiscal é que importou nesse pequeno aumento do PIS/Cofins. Exatamente para manter, em primeiro lugar, a meta fiscal que nós estabelecemos, em segundo lugar, para assegurar o crescimento econômico, que pouco a pouco vem vindo. Vocês estão percebendo que, aos poucos, o crescimento vem se revelando. Era preciso estabelecer este aumento do tributo para manter esses pressupostos que acabei de indicar”, enfatizou.

 

Passaportes devem voltar a serem emitidos ainda nessa semana

A Lei 13.469, que libera recursos para emissão de passaportes, sancionada nessa quarta-feira (19) pelo presidente Michel Temer, autorizando de crédito extra de mais de R$ 102 milhões para o Ministério da Justiça, está publicada na edição desta quinta-feira (20) do Diário Oficial da União. Agora o Ministério do Planejamento abrirá empenho de recursos e autorizando o repasse ao Ministério da Justiça, que destinará a verba para a Polícia Federal (PF). O ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou durante uma palestra nos Estados Unidos, que a emissão do documento deve ser retomada ainda nesta semana. 

Paralisação

De acordo com a PF, são realizados 11 mil atendimentos por dia útil para a requisição do documento em todo o país. Como a paralisação já dura três semanas, a demanda não atendida pode superar 150 mil pedidos. Com orçamento insuficiente para as atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem, a PF suspendeu a emissão de novos passaportes na noite do dia 27 de junho. Segundo o órgão, o setor atingiu o limite de gastos previstos na Lei Orçamentária da União.

Feira agroecológica oferece produtos a preços acessíveis em Teresina


A Feira de Base Agroecológica acontece nesta sexta-feira (21) no espaço Rosa dos Ventos da Universidade Federal do Piauí (UFPI), das 8h às 14h. Essa é uma oportunidade para a população adquirir produtos hortifruti orgânicos a preços acessíveis e ainda participar de diversas atividades culturais. 
 
Ocupando o espaço Praça da Fartura horticultores das comunidades Soinho, Alegria, Ave Verde, Serra do Gavião, Vale da Esperança e Salobro/Sul irão comercializar uma variedade de hortaliças e outros produtos livres de agrotóxicos. “A feira já é uma referência para quem busca uma alimentação saudável em Teresina, o que tem trazido uma série de benefícios para nossa população,” ressaltou Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).
 
A feira de Produtos de Base Agroecológica acontece todas às sextas-feiras: duas vezes na Praça Rio Branco e duas vezes na Universidade Federal do Piauí. 

Prévia indica deflação de 0,18% - a menor taxa em quase 20 anos

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) fechou com variação negativa de 0,18% em julho, resultado que chega a ser 0,34 ponto percentual inferior ao resultado de junho, quando a variação foi de 0,16%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou hoje (20), no Rio de Janeiro, os dados da prévia, essa é a menor variação relativa a julho, juntamente com o resultado de 2003, cuja variação também havia sido de -0,18%.

Essa é a menor taxa de inflação desde setembro de 1998, quando a deflação dos preços havia sido de -0,44%. Com a inflação negativa de julho, o IPCA-15 passou a acumular alta de 1,44% nos primeiros sete meses do ano, resultado 3,75 pontos percentuais menor do que os 5,19% referentes ao mesmo período do ano passado. Já a inflação acumulada nos últimos doze meses fechou em 2,78%, resultado inferior aos 3,52% dos 12 meses imediatamente anteriores, o que constitui a menor variação acumulada em períodos de 12 meses desde março de 1999, quando atingiu 2,64%. Segundo o IBGE, em julho do ano passado a taxa havia variado 0,54%.

Projeto pretende deixar a cajuína mais barata no Piauí

A Superintendência do Desenvolvimento Econômico estuda junto à Câmara Setorial do Caju uma forma de baratear a cajuína para melhorar as oportunidades de comercialização do produto. Atualmente, o litro da cajuína é encontrada por cerca de R$ 5 nos supermercados e no mínimo R$ 7 nos bares e restaurantes. 

“A cajuína já tem a marca cultural do Piauí e a cada dia se espalha por mercados externos. Então convidamos o presidente da Câmara Setorial do Caju, Lenildo Lima, que está também está à frente da Cooperativa de Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi), para elaborarmos um projeto que dê a devida valorização do produto, de forma que não se tenha a cobrança exagerada ao ponto de excluir a cajuína do cardápio piauiense. Vamos desenvolver algo que se adeque às necessidades dos produtores e ajude no melhor desenvolvimento do produto”, detalhou Olga Sousa, superintendente do Desenvolvimento Econômico da Sedet.

Lenildo Lima destacou que a proposta é manter a produção artesal. “A cajuína do nosso estado ganhou força como elemento cultural e nossa proposta é manter a produção artesanal do item favorecendo o crescimento da cadeia produtiva. Então vamos trabalhar com a Sedet para iniciar esse projeto de barateamento da cajuína, para que as pessoas possam consumir muito mais o produto e por um preço bem mais acessível. Além disso vamos trabalhar também o conceito da cajuína como um vegetal para que essa excluída essa ideia de  comercialização como refrigerante”, pontuou Lenildo Lima.

 

Tecnologia evitará problemas entre lojistas e operadoras de cartão


A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Teresina está lançando uma solução tecnológica para evitar problemas entre os comerciantes e as operadoras de cartões de crédito ou débito. O 'SPC Conciliador' já está disponível aos lojistas e garante um controle maior nas vendas no cartão, conferindo se as taxas cobradas estão sendo debitadas corretamente.

Dados do SPC Brasil apontam que é comum os comerciantes e prestadores de serviço terem problemas com vendas em cartão de crédito e débito.  A falta de controle faz com que as empresas estejam sujeitas a fraude como venda duplicada, taxas extras e cancelamentos sem autorização. 

“Mais de 28% dos comerciantes não controlam ou fiscalizam os valores repassados pelas administradoras e, por meio do ‘SPC Conciliador’ ele poderá conferir se as taxas cobradas estão sendo debitadas corretamente. Esse serviço vai facilitar muito as conciliações bancárias com rapidez e segurança”, explica a gerente do SPC, Eline Castro. O associado que desejar adquirir o produto, pode entrar em contato com os consultores de vendas da CDL, através do número (86) 3221-6969 ou comparecer à sede, localizada na Rua Desembargador Freitas, 977- Centro.

Associação Reabilitar lança edital para processo seletivo do Ceir

A Associação Reabilitar, entidade social que administra o Centro Integrado de Reabilitação (CEIR), lançou, nesta quinta-feira (20), edital de processo seletivo para o cadastro de reserva. As áreas abertas são para terapia ocupacional, médico neuropediatra, musicoterapia, fonoaudiologia/audiologia, serviço social, fisioterapia (adulto), artes, enfermagem, educação física e fisioterapia aquática/hidroterapia.
 
O período das inscrições e entrega de currículos será do dia 1° a 9 de agosto. Os interessados devem baixar o formulário de inscrição no site www.reabilitar.org.br, entregá-lo juntamente com o currículo na sede da Associação Reabilitar e realizar o pagamento da taxa, que é de R$ 60 reais, por depósito identificado ou transferência bancária.

Azul confirma que fará voos diretos de SP para o litoral do PI

A Azul Linhas Aéreas confirmou que começará a operar voos diretos e regulares com saída de São Paulo (Viracopos) para Parnaíba a partir de 16 de setembro. A rota envolverá também a cidade de Teresina, já que no sentido inverso, a operação conta com uma parada na capital do Estado.

A compra de passagens nessa rota só será possível quando os voos forem aprovados pela Anac. Os voos têm previsão de partida às 11h00 e chegada em Parnaíba às 14h35. Na cidade, os Clientes tem acesso ao Delta do Parnaíba, importante destino turístico do Estado e parte da Rota das Emoções, que engloba ainda os Lençóis Maranhenses (MA) e Jericoacoara (CE).

Posts anteriores