Cidadeverde.com

Governo do PI abre concurso para médicos; salário de R$ 8,4 mil

O governo do Piauí abriu concurso público para o preenchimento de 32 vagas para médicos em oito especialidades, no quadro de funcionários efetivos da rede hospitalar estadual. O salário oferecido é de R$ 8.474,91. 

As vagas são para: anestesiologista, pediatra, cirurgião pediátrico, neurocirurgião, neurologista, neurorradiologista e urologista. As inscrições vão de 22 de fevereiro a 20 de março deste ano. O valor da inscrição é R$ 200. As provas estão previstas para o dia 9 de abril.

Clique aqui para ver o edital.

O concurso será realizado sob a responsabilidade da Universidade Estadual do Piauí - UESPI, através do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos – Nucepe. Os profissionais irão atuar em 11 municípios: Parnaíba, Piripiri, Campo Maior, Teresina, Valença do Piauí, Picos, Oeiras, São Raimundo Nonato, Floriano, Uruçuí e Bom Jesus. As inscrições serão realizadas no endereço http://nucepe.uespi.br, no período compreendido do dia 22 de fevereiro a 20 de março de 2017 (horário do Piauí).

IDHM: 98% dos municípios do PI têm baixo nível de educação

A Fundação Cepro divulgou nesta segunda-feira (20) o Índice de Desenvolvimento Humano dos municípios do Piauí. O Estado, que ocupava a 27ª posição nacional em 1991, saltou para a 25ª posição em 2000 e alcançou o 24ª lugar em 2010, estando a frente do Maranhão e do Alagoas e no mesmo patamar do Pará. 

O Piauí, depois de permanecer por duas décadas (1991 e 2000) no nível muito baixo do IDHM (2000-2010) saltou o nível considerado baixo (0,500 a 0,599) e atingiu o nível médio (0,600 a 0,699) na escala de valores. Se na década de 2010-2020, o Piauí melhorar o seu IDHM na mesma proporção, ou seja, 33% de crescimento, também saltará o nível alto (0,700 a 0,799), podendo atingir o nível muito alto (0,800 a 1,000). Para a Cepro, esse é o principal desafio dos gestores hoje. 

“É muito importante fazer um acompanhamento, não só como diagnóstico da situação, mas também como um subsídio para se direcionar e intensificar as políticas públicas. Está muito claro, por exemplo, que o indicador Saúde no IDHM tem um bom desempenho, porque ele se baseia mais na política de saúde preventiva comunitária do que no atendimento hospitalar e ambulatorial, em contrapartida, o indicador Educação tem muitos problemas, o que serve de alerta para os gestores”, explicou o presidente da Cepro, Antônio José Medeiros.

Medeiros também destaca a educação como prioridade para o crescimento do IDHM. “Se nós queremos melhorar o IDHM temos que prestar mais atenção ao desempenho da educação e perceber que não é só o atendimento das crianças em idade escolar que precisa crescer, mas também a recuperação da escolaridade dos adultos, que não tiveram a oportunidade de estudar na idade certa”, concluiu.

Entre as três dimensões avaliadas: Renda, Longevidade e Educação, o Estado apresenta melhores resultados na Longevidade (0,777). O pior índice é da Educação (0,547). A Renda atingiu 0,635. 

Municípios

O estudo revela o comportamento do IDHM dos 224 municípios piauienses, nos Territórios de Desenvolvimento em 2010 e destaca seis municípios que ainda apresentam um nível muito baixo de desenvolvimento humano: 

- três localizados na Planície Litorânea (Caxingó, Cocal e Cocal dos Alves)

-  mais três localizados nos territórios: Carnaubais (Assunção do Piauí), Chapada Vale do Itaim (Betânia do Piauí) e Vale do Canindé (São Francisco de Assis do Piauí).

Por outro lado, dois municípios têm IDHM alto: a capital Teresina, no território de desenvolvimento Entre Rios, e Floriano, no território de desenvolvimento Vale dos Rios Piauí e Itaueira.

Outros 40 municípios (17%) são detentores de nível médio de desenvolvimento humano e 176 cidades (78,5%) têm nível baixo de IDHM.

Os indicadores

Segundo o relatório, na Renda 80,3% dos municípios apresentam um nível baixo do IDHM, outros 9,8% apresentam nível muito baixo. 

Três dos quatro territórios em melhor posição no IDHM GERAL (Tabuleiros do Alto Parnaíba, Entre Rios e Vale do Canindé) são os que se situam em melhor posição também em relação à Renda; a exceção é o Vale do Sambito que vai da 5ª para a 8ª posição no que se refere à Renda. 

Por outro lado, o Território da Serra da Capivara que está na 8ª posição entre os 12 territórios no que se refere ao IDHM GERAL é o território que tem o menor percentual (76,2%) de municípios com IDHM Renda muito baixo e baixo.

Na dimensão Longevidade, 94,6% dos municípios já atingiram o nível alto do IDHM e 1,8% o nível muito alto. Apenas oito municípios (6,6%) precisam ultrapassar o nível médio. E vale registrar que nenhum município está nos níveis muito baixo e baixo do IDHM no que se refere à dimensão Longevidade. As ações voltadas para a Saúde preventiva são apontadas como o principal fator para o bom resultado. 


Com relação ao IDHM Educação, 79,2% dos municípios estão ainda no nível muito baixo, e 42 (18,7%) municípios estão no nível baixo do IDHM. Os quatro primeiros territórios com melhor posição no IDHM Educação são os mesmos na ordem do IDHM Geral – todos com um percentual acima da média estadual.

 

Veja abaixo o ranking dos 30 primeiros municípios piauienses:

Veja abaixo os 10 últimos lugares:

*A sequência não chega a 224 municípios porque várias cidades ocupam a mesma posição no ranking, como Barro Duro e Bertolínia, por exemplo. 

Copom inicia nova reunião para definir taxa básica de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) inicia hoje (21) a segunda reunião do ano para definir a taxa básica de juros (Selic), atualmente em 13% ao ano. Instituições financeiras, consultadas pelo BC esperam por mais um corte de 0,75 ponto percentual, como ocorreu em janeiro deste ano.

O BC iniciou o ciclo de reduções na Selic em outubro do ano passado, com um corte de 0,25 ponto percentual, baixando a taxa para 14% ao ano. Foi o primeiro corte em quatro anos. Na última reunião de 2016, em novembro, houve novo corte de 0,25 ponto percentual. Com a inflação em queda e a economia em recuperação, a expectativa é de continuidade no ciclo de cortes da Selic. Para o mercado financeiro, a taxa encerrará 2017 em 9,5% ao ano.

A reunião do Copom ocorre em dois dias. Hoje (21) de manhã o presidente do BC, Ilan Goldfajn, e os diretores da instituição fazem a análise de mercado. À tarde, é feita a análise de conjuntura. No segundo dia de reunião, após análise da perspectiva para a inflação e das alternativas para a Selic, a diretoria do BC define a taxa.

Teresina: Prédios de estacionamento no Centro são isentos do IPTU

Para melhorar o trânsito no Centro de Teresina, a prefeitura incluiu no Código Tributário uma nova isenção - os proprietários de estacionamentos com, no mínimo, três pavimentos e 100 vagas de garagem não precisarão pagar o IPTU por 10 anos.

A regra, no entanto, não vale para casos em que o estacionamento está associado a algum estabelecimento comercial, ou seja, se pertencer à uma loja não será isento. A mudança não alcança os prédios de estacionamento localizados em outras zonas da cidade, como a zona Leste, onde já existem edificações deste modelo. 

A medida, além de tentar amenizar um problema crônico da falta de vagas no Centro - o que acaba provocando estacionamentos irregulares e, consequentemente, engarrafamentos - também visa diminuir o valor cobrado nos estacionamentos irregulares, que atualmente passa de R$ 5 por hora em alguns pontos do Centro. 

O Código também isenta do IPTU imóveis que são cedidos gratuitamente ao uso da prefeitura e os imóveis ocupados por associações de bairros e serviços comunitários. As informações são do coordenador de arrecadação da PMT, Alexandre Castelo Branco. 

Gestão de equipe e vendas é tema de palestra no Sindilojas

O Sindilojas do Piauí, em parceria com a IAGV Brasil (Instituto de Administração e Gerência do Varejo), realiza nesta quarta-feira (22) uma palestra sobre gestão de equipes de vendas em lojas de varejo para empresários e gerentes. A apresentação será ministrada pelo consultor Antonio Carlos Coelho.
 
O objetivo é preparar empresas para o gerenciamento de equipes em tempos de turbulência. “Vamos abordar temas como a reinvenção da empresa, o novo papel gerencial e novas estratégias de vendas. É preciso que os lojistas compreendam os instrumentos gerenciais para a gestão de processos e sistemas observando aspectos como liderança, motivação, novas perspectivas e os nichos de mercado”, ressaltou Antonio Carlos Coelho. A palestra será dividida em dois módulos: Gestão eficaz de sistemas e processos e Gestão de equipe de vendas. Após o evento será disponibilizado em PDF todo o material utilizado, além de certificado. Antonio Carlos Coelho é empresário, consultor, escritor, conferencista nacional e internacional, especialista em Planejamento, Organização de Sistemas e Métodos de Trabalho e na condução de Programas de Liderança.
 
O evento acontece na sede do Sindilojas, no Centro de Teresina, das 19h às 22h. As inscrições podem ser feitas pelo telefone/whatsapp (86) 99929-8525.

Prestadores de serviço da Evangelina Rosa estão há 4 meses sem salário

Prestadores de serviço da Maternidade Dona Evangelina Rosa e do Hospital Infantil denunciaram ao Cidadeverde.com que estão há pelo menos quatro meses sem receber salário. Segundo a denúncia, alguns funcionários foram contratados verbalmente em novembro e nunca chegaram a receber seus pagamentos. Os funcionários prestam serviço de técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos pediatras e anestesistas - todos fundamentais para o atendimento adequado dos pacientes.  

Em nota, a Maternidade Evangelina Rosa afirmou que as equipes estão trabalhando em regime de mutirão para que os servidores em regime temporário sejam pagos até este final de semana. O problema foi atribuído à mudança no Sistema Financeiro do Estado do Piauí, que é fechado em dezembro e reaberto em fevereiro. Veja a nota na íntegra:

Sobre o pagamento dos vencimentos dos servidores que trabalham em regime de contrato temporário, a diretoria da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) informa que a equipe da Maternidade está trabalhando em formato de mutirão para que os pagamentos sejam regularizados até este final de semana.  Como os recursos para pagamentos são oriundos do Tesouro Estadual, por meio do Sistema Financeiro do Estado do Piauí, que é fechado em dezembro e reaberto em fevereiro, e ainda pela mudança de Sistema, onde todos os profissionais tiveram que ser recadastrados, motivaram maior tempo para regularização dos repasses financeiros e a efetivação dos pagamentos aos terceiros.

Começa a valer hoje novo limite para compra de imóveis com o FGTS

Começa a valer hoje (20) a resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) que aumentou o limite máximo do valor dos imóveis novos adquiridos por meio do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Até 31 de dezembro deste ano, os mutuários poderão financiar imóveis de até R$ 1,5 milhão, utilizando recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Essa foi a segunda elevação do limite nos últimos três meses. Em novembro, o CMN tinha reajustado o teto de financiamento de R$ 650 mil para R$ 800 mil, na maior parte do país, e de R$ 750 mil para R$ 950 mil no Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo. O novo teto de R$ 1,5 milhão valerá para todas as regiões do país. Os financiamentos do SFH cobram juros menores que os demais financiamentos do mercado, de até 12% ao ano. Acima desses valores, valem as normas do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), com taxas mais altas e definidas livremente pelo mercado.

Taxa básica de juros deve cair de 13% para 12,25% nesta semana


Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam que a taxa básica de juros, a Selic, caia dos atuais 13% ao ano para 12,25% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para esta terça e quarta-feira (22).

Com a inflação em queda e a economia em recuperação, as instituições financeiras esperam por mais cortes na taxa básica nas reuniões seguintes do Copom. Para o mercado financeiro, a Selic encerrará 2017 em 9,5% ao ano e 2018 em 9% ao ano, como aponta o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (20).

Saque do FGTS inativo pode ser feito direto no caixa eletrônico

As agências da Caixa Econômica Federal voltam abrir suas portas novamente no sábado do dia 14 de março. Conforme calendário, as agências do banco abrirão em todo o país das 9h às 15h durante quatro sábados, sendo um por mês. Depois do dia 14 de março, as próximas datas serão 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Os trabalhadores também podem tirar dúvidas pelo telefone 0800 726 2017 e no site (www.caixa.gov.br/contasinativas) das contas inativas criado pela Caixa. Para ter acesso às opções da página, o trabalhador deve informar o número de inscrição do PIS e o CPF – Cadastro de Pessoas Físicas.

 

Calendário para sacar o dinheiro

Quem nasceu em janeiro ou fevereiro poderá sacar em 10 de março.
Quem nasceu em março, abril ou maio poderá sacar em 10 de abril.
Quem nasceu em junho, julho e agosto saca em 12 de maio. 
Quem nasceu em setembro, outubro e novembro saca em 16 de junho.
Quem nasceu em dezembro pode sacar em 14 de julho. 

Recebimento dos valores

Os beneficiários terão quatro opções para recebimento dos valores de contas inativas do FGTS: quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir o recebimento do crédito em conta, por meio do site das contas inativas.

O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$ 1.500, é possível sacar só com a senha do Cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento. Para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Os valores do FGTS inativo também podem ser retirados em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Neste caso, o beneficiário vai precisar do Cartão do Cidadão, da senha e de um documento de identificação.

Há, ainda, a possibilidade de retirar o dinheiro diretamente nas agências bancárias.

Documentos necessários 

Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS (Programa de Integração Social) e o documento de identificação do trabalhador. É recomendado levar também o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou termo de rescisão do contrato de trabalho).

Centro de Convenções será entregue em agosto, anuncia secretário

Foto: Carlienne Carpaso / Cidadeverde.com

O secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira, anunciou que o Centro de Convenções de Teresina finalmente será entregue à população e já tem data: será no mês de aniversário de Teresina, em agosto. As informações foram dadas em entrevista ao Programa Acorda Piauí, na Rádio Cidade Verde 105,3.

"O Centro de Convenções é a grande pedra no sapato dos piauienses. Desde o último governo de Wellington Dias (PT) foi decidido que as obras seriam retomadas. Puxamos o histórico da obra, que estava parada por diversos motivos. Os recursos eram da Caixa e do Tesouro Estadual, quando houve a primeira medição, a Caixa condenou a qualidade do serviço e pediu reparos. A empresa se recusou. Esse foi o principal problema", explicou o gestor. 

Flávio acrescentou que nada foi decidido deste período até 2010, quando o contrato foi rescindido e foi aberta uma nova licitação. "Já pegamos o bonde andando, mas já fizemos contato com a empresa e o entendimento é que até o aniversário de Teresina a obra será entregue", confirmou o secretário.

Posts anteriores