Cidadeverde.com

Boleto do Simples Nacional pode ser emitido no Sebrae

O Comitê Gestor do Simples Nacional aprovou resolução que autoriza a emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) para o Microempreendedor Individual (MEI) nos terminais de autoatendimento (totens) do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Para a emissão, basta informar o número do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), com o mês em que se pretende pagar, e o DAS será liberado. A novidade se soma a outras formas já permitidas, como a emissão do DAS pela internet no Portal do Simples Nacional, ou carnê impresso encaminhado pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, via Correios.

O Microempreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário. É necessário faturar no máximo até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Esse empreendedor também pode ter um empregado contratado que receba salário mínimo ou piso da categoria.

Evangelina Rosa abre inscrições para teste seletivo

A Maternidade Evangelina Rosa abre inscrições para teste seletivo para enfermeiros residentes ou especialistas em obstetrícia. São ofertadas 9 vagas, cinco para o Centro de Parto Normal (CPN) e 4 para o Centro Obstétrico. As inscrições iniciam nesta segunda (16), e vão até o dia 20 de março. O preenchimento da ficha de inscrição poderá ser realizado gratuitamente, nos horários de 8h às 17h, na diretoria administrativa da Maternidade. O candidato deverá apresentar CPF, RG, comprovante de escolaridade, certificado de conclusão de curso de Enfermagem e Residência ou Especialização em Obstetrícia, o Registro Profissional expedido pelo Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (COREN/PI) e Curriculum Vitae. Os documentos devem ser apresentados em cópias legíveis devidamente acompanhadas dos documentos originais.

A seleção será feita em duas etapas, sendo a primeira de prova objetiva, de conhecimento específico, a ser realizada no dia 28 de março e a segunda, análise curricular. Para melhores informações, os candidatos deverão entrar em contato nos telefones 3228-1509/8311 ou diretamente na Diretoria Geral da MDER, Avenida Higino Cunha, 1552 - Bairro Ilhotas, em de 8h às 12h e 14h às 17h.

Clique aqui para ver o edital: edital mder 001- 2015_1426528737.pdf

Aumento salarial do governador só será decidido em maio; Impacto é calculado em 450 mil

O secretário de Administração do Piauí, Franzé Silva, informou que as discussões sobre o aumento do salário do governador serão retomadas apenas em maio. A decisão foi tomada após reunião entre Wellington Dias (PT) e o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB). De acordo com o gestor, o motivo seria a preocupação com o equilíbrio fiscal do Estado. 

A proposta é que o salário do governador do Piauí passe de R$ 17 mil para R$ 25 mil. Isso afetaria diretamente outros salários, que não foram aumentados por conta desse teto. "O impacto na folha de pagamento do Estado seria de R$ 450 mil. Por isso, a orientação de Wellington Dias é que façamos uma apuração do primeiro quadrimestre, para saber se essa alteração é possível", explica Franzé. 

O secretário acrescenta que há no Estado profissionais como coronéis, auditores fiscais e médicos que teriam seus salários aumentados com o reajuste salarial do governador. "Qualquer mexida de caráter salarial tem que ser feita com cuidado. Wellington orientou que trabalhemos com prudência. Não podemos voltar à inadimplência", enfatiza.

 

 

Após alta do combustível, tarifa de táxi sofre reajuste de 15% em Teresina

O valor das bandeiras tarifárias de táxis na capital sofrerá reajuste de 15%. Segundo o Conselho Municipal de Transportes Urbanos, o preço da tarifa estava há quase três anos sem aumento, desde julho de 2012, apesar da alta de vários produtos, inclusive do combustível.

A bandeira inicial sai de R$ 3,30 para R$ 3,79. O estudo da planilha foi feito em fevereiro e já teve o aval do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). A nova tarifa passa a valer a partir da publicação do decreto. Veja as mudanças:

  Valor antigo Valor com reajuste
Bandeirada inicial R$ 3,30 R$ 3,79
Bandeira 1 R$ 2,10 R$ 2,25
Bandeira 2 R$ 2,52 R$ 2,70
Tarifa Horária R$ 15,43 R$ 18,09

 

 

Sine oferta 494 vagas de emprego; Veja como se cadastrar

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) do Piauí está ofertando 494 vagas de trabalho. Do total, 400 são para operadores de telemarketing, um dos setores que mais tem crescido em Teresina. 

A atividade de pedreiro também é bastante requisitada. Para eos próximos dias, estão abertas 10 vagas. Também há oportunidades para auxiliar de cozinha, eletricista, motorista, representante comercial, mecânico e outros. 

Do total de vagas ofertadas, 20 são exclusivas para pessoas com deficiência. Veja aqui a lista completa de ofertas e como fazer para se cadastrar para a vaga desejada.

Conselho de Economia entra com ação contra concurso público de Alto Longá

O Conselho Regional de Economia do Piauí- Corecon/PI entrou com mandado de segurança requerendo a suspensão das atividades e reabertura das inscrições de concurso público realizado pela prefeitura de Alto Longá. De acordo com a Entidade, o concurso, que teria suas inscrições encerradas hoje (13), deveria incluir nas exigências para o cargo de Controle Interno as graduações em Administração, Contabilidade ou Economia, já que as funções do cargo são, também, compatíveis ao de Economista.A prefeitura já foi notificada e tem dez dias para se manifestar.

Rafael Fonteles: Meta é aumentar a arrecadação do PI em mais de 10%

O secretário da Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, tem como meta para 2015 aumentar a arrecadação própria do Estado em pelo menos 10%. Nesta sexta-feira (13), ele se reuniu com todos os gerentes regionais de atendimento da Sefaz para traçar estratégias que incrementem as receitas estaduais.

O gestor alertou que tem que ser feito um esforço para superar a meta dos 10%, já que os repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE) têm ficado abaixo das expectativas. A reunião com os gerentes aconteceu no Centro Administrativo e contou com a presença do superintendente da Receita Estadual, Antônio Luiz Soares Santos, e do diretor da Unidade de Atendimento da Sefaz, Paulo Roberto Holanda.  

Dicas: Veja como declarar imóveis financiados no Imposto de Renda

Declarar imóveis no Imposto de Renda sempre gera dúvidas, principalmente se o contribuinte decide fazer por si só todo o processo. Para ajudar a entender como funciona, vamos trazer um caso bastante comum: 

- O contribuinte comprou um apartamento na planta, juntamente com a parceira/namorada/noiva. O contrato está no nome dos dois, como reportar à Receita Federal?

O que você deve entender é o seguinte:

1) A compra foi feita em comunhão de bens? Se sim, mesmo que os pagamentos tenham sido feitos só por um dos dois ou de forma desproporcional, os dois dão proprietários de 100% do imóvel.

2) Nesse caso, a compra do imóvel deve ser reportada em apenas uma das declarações, ou do marido, ou da esposa, e deve incluir o total de pagamentos realizados pelo casal.

3) Se o relacionamento ainda não é considerado união estável, o imóvel foi adquirido em condomínio (cada um é dono de um percentual da unidade, conforme prvisto no contrato). Nesse caso, os dois devem declarar separadamente os valores pagos.

4) Todos os contribuintes que, em 2014, possuíam até R$ 300 mil em bens estão obrigados a declarar, mesmo que os salários não atinjam o teto do imposto de renda. Por isso, se os bens pessoais de um dos dois, somados aos pagamentos realizados na aquisição do imóvel, atingirem R$ 300 mil, a declaração é obrigatória.

5) É importante lembrar que as prestações do financiamento pagas ao banco ou diretamente à construtora não são dedutíveis do Imposto de Renda. 

Câmara aprova regulamentação dos direitos dos empregados domésticos

Foi aprovada na noite desta quinta-feira (12) o projeto de lei que regulamenta os direitos e deveres do empregado doméstico. As modificações no texto original serão votadas na próxima semana. 

Os direitos e deveres dos domésticos foram estabelecidos pela Emenda Constitucional 72, aprovada e promulgada pelo Congresso Nacional. Entre os direitos estão, por exemplo, o seguro-desemprego, indenização por demissão sem justa causa, conta no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, pagamento de horas extras, adicional noturno, seguro contra acidente de trabalho e jornada diária de 8 horas. 

 

Foi aprovada emenda que mantém em 12% a contribuição previdenciária do empregador, que tinha sido reduzida para 8% no texto aprovado pelo Senado. No entanto, a proposta aprovada poderá sofrer alguma alteração na votação das emendas e destaques. Depois de aprovado pelo Senado, o projeto será encaminhado à sanção presidencial.

Uma das discussões mais comuns entre os parlamentares foi a possibilidade de diminuição da oferta de empregos para os empregados domésticos, já que o custo para mantê-los aumentou. 

Serasa dá dicas para conseguir limpar o nome e voltar à adimplência

Com o número de inadimplentes crescente no Brasil e a crise econômica que parece não dar trela, o Serasa nacional divulgou cinco passos para quem quer sair do sufoco e conseguir voltar à adimplência. Veja a seguir:

1. Faça as contas
Comece avaliando cuidadosamente as contas, de preferência, coloque tudo no papel ou na tela do computador: qual sua renda mensal e quanto já está comprometido com despesas que não podem ser cortadas ou reduzidas? O objetivo desse processo é simples: descobrir o valor disponível mensalmente passível de ser utilizado no pagamento de dívidas.

 

2. Quantas pendências?
Verifique nos cartórios se há pendências financeiras e quantas existem – estudos da Serasa Experian indicam que cada consumidor inadimplente possui, em média, quatro dívidas. Anote a proposta que foi feita pelas empresas credoras.

 

3. Peça ajuda a quem você confia
O processo de acertar as contas e pagar dívidas exige cuidado. Avalie quanto você pode pagar em cada pendência. Se achar necessário, peça ajuda para parentes ou amigos. É importante que seja alguém de sua confiança. A presença de outra pessoa nesse momento ajuda a dar segurança na hora de avaliar, de forma mais racional, ajudando a definir quanto pagar, se a proposta do credor é boa e se é possível honrar o pagamento.

 

 
4. Eleja as prioridades e renegocie 
Após saber exatamente quanto pode pagar, comece a negociar suas dívidas pelo site. Lembre-se de que o total das prestações não deve ultrapassar o valor disponível de sua renda. Caso exista mais de uma pendência, tente negociar de forma que todas as prestações juntas caibam nesse orçamento. Estabeleça prioridades usando como critério as dívidas com juros mais elevados.

 

5. Controle seus gastos
Enquanto estiver pagando as dívidas negociadas, controle seus gastos e, se possível, tente reduzir despesas. 

 

 

 

 

 

Posts anteriores