Cidadeverde.com

Leilão de bens inservíveis da Prefeitura arrecada mais de R$ 160 mil

  • da47940412527d698b5af0424a30d08f.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com
  • cef44fb1990b3ab1fcdcb4172110c9d3.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com
  • 904f635187920f8ac2c16c52b55c494d.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com
  • 169cdaddb0a1cf0fc415c2cb2d045907.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com
  • 9a0df8f3cb09a8f5577b9c029380366f.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com
  • 7b7fc16b89cff6985180df9a8b457a47.jpg Thiago Amaral/CidadeVerde.com

O primeiro leilão de bens inservíveis de 2015, ocorrido no último sábado (7) no Armazém de Leilão do Leiloeiro, arrecadou R$ 163.300,00. Este valor será depositado na conta de alienação de bens da Prefeitura de Teresina e servirá para a compra de equipamentos novos. O certame leiloou 24 lotes de materiais que incluíam motocicletas, carros, ambulâncias e sucatas em geral. Em 2014, foram realizados dois leilões de bens inservíveis através da Sema, os quais geraram arrecadação de mais de R$ 265 mil aos cofres públicos da Prefeitura de Teresina.

Transações financeiras poderão ser feitas através de selfie ou batimentos cardíacos

Seja por meio dos cartões de crédito ou débito, seja por meio dos smartphones e computadores. O fato é que mais de 40% das transações monetárias do mundo inteiro são feitas através de meios eletrônicos. Além de mais seguros, essa modalidade de transação é mais confortável para o cliente e as operadoras de cartão de crédito estão investindo cada vez mais na expansão. 

Recentemente o Mastecard, por exemplo, anunciou o investimento de US$ 20 milhões para aumentar a segurança no meio digital. Entre os projetos está a possibilidade de uso das digitais, voz, retina e até de uma selfie ou ritmo cardíaco para acessar os sistemas. As operadoras também planejam outras novidades, como sistemas que limitam o crédito para controlar o orçamento. Com isso, será criado um limite de quanto se pode gastar com um café ou com a mesada do filho, por exemplo.

Inflação acima da meta e acima do teto

A expectativa de inflação para 2015 voltou a aumentar. Investidores e analistas do mercado financeiro apostam, com base em pesquisa divulgada pelo Banco Central, que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) encerrará o ano em 7,77% - bem acima do teto de 6,5% estabelecido no governo Dilma.

A meta de inflação estipulada pela equipe econômica é 4,5%, com teto de 6,5%.

A previsão da semana anterior havia sido de 7,47%. Levando em conta o recorte mensal, a alta da inflação em janeiro foi de 1,24% e, em fevereiro, foi de 1,22%. A expectativa para fechamento da Selic, taxa básica de juros da economia e principal instrumento do BC para controle da inflação, permaneceu em 13% ao ano para 2015. 

Mercado desfavorável: Mulheres ainda ganham menos que homem

Pesquisa realizada pela Fundação Economia e Estatística (FEE), com base na Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana, revelou que em 2014 o rendimento médio das mulheres foi 24,6% inferior aos dos homens. O índice é praticamente estável em relação ao ano anterior, que ficou em 24,7%.

A média salarial masculina foi de R$ 2.093 e a feminina foi de R$ 1.579.

Pela primeira vez, em 10 anos, a FEE mostrou queda da mulher no mercado de trabalho - uma retração de 2,1% em 2014. O percentual indica a saída de 27 mil mulheres do mercado de trabalho. Mas, a taxa de desemprego feminino caiu de 7,3% em 2013 para 6,6% no ano passado. 


O relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), que avaliou a equidade de gênero em 167 países, defende que, no ritmo atual, serão necessários 81 anos para alcançar a paridade de gênero na economia e 50 anos para a igualdade na representação parlamentar. “Os ganhos contrastam com o fato de, apesar da melhoria de educação, as mulheres têm alguns dos piores empregos, enquanto o fosso salarial entre os gêneros é um fenômeno mundial”, diz a agência, em comunicado divulgado pela ONU Mulheres.

 

Dnocs vai perfurar 40 poços para reduzir efeitos da seca

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) autorizou a perfuração de 40 poços para abastecer oito municípios.  Serão investidos cerca de R$ 1,9 milhão para atender a população do semiárido piauiense. A solicitação partiu do deputado federal Júlio César (PSD/PI) e do deputado estadual Georgiano Neto (PSD).  A empresa contratada foi a Imperatriz Poços e Irrigações Ltda, que, além de perfurar os 40 poços, deverá implantar o sistema simplificado de abastecimento de água, incluindo a distribuição e os reservatórios. Os municípios beneficiados serão Pio IX, São Julião, Alegrete, Padre Marcos, Caridade do Piauí, Massapê, Jatobá e Barras. O prazo para a conclusão dos serviços é de 240 dias consecutivos, exatamente 8 meses.

 

Empresário se reúne com autoridades para iniciar atividades na ZPE

O presidente da Agrocera, umas das indústrias autorizadas a se instalar na ZPE Parnaíba, Marcelo Carvalho, foi recebido nesta sexta-feira (6) pelo presidente da ZPE, Paulo Cardoso, e pelo prefeito de Parnaíba, Florentino Neto. O objetivo foi ultimar as providências necessárias para a montagem dos equipamentos de beneficiamento de cera de carnaúba. Marcelo quer concluir essa etapa de montagem em alguns meses e iniciar as atividades ainda neste ano. “Já queremos pegar a safra de cera de carnaúba este ano no Piauí”, disse ele. O empresário estima que a Agrocera deva gerar cerca de dois mil novos empregos, sendo a maioria no campo, na atividade de extração da palha da carnaúba e beneficiamento primário.

Cronograma

A Companhia Administradora da ZPE vem acompanhando o cronograma de construção dos galpões industriais. “Até a próxima semana entregaremos o primeiro galpão, a ser ocupado pela indústria Agrocera”, anuncia o presidente Paulo Cardoso. A medida está sendo aguardada pelo empresário Marcelo Carvalho, que garante: “Após recebermos o galpão, a indústria estará montada dentro de dois meses”.

Grupo Claudino lança nova marca de bicicletas; modelos custarão até R$ 45 mil

Foto: Vipcomm

O Grupo Claudino lança nova marca de bicicleta - um projeto estimado em R$ 80 milhões e desenvolvido em uma nova indústria do grupo, instalada na zona franca de Manaus. O lançamento foi em Araxá, no Triângulo Mineiro, nesta sexta-feira (06). São 25 modelos do tipo Premium, de alto valor agregado. A marca Audax é destinada ao uso urbano, cíclismo e off road. A fábrica já é considerada uma das mais modernas do mundo. As bikes Audax chegam ao mercado em maio e custarão de R$ 10 mil a R$ 45 mil.

“Nossa fábrica, a primeira do país para bicicletas premium, de médio e alto valor agregado, é uma das mais modernas do mundo e utiliza os melhores equipamentos do mercado. Tanto no processo de fabricação, quanto no produto final, usamos tecnologia de ponta. E temos uma grande vantagem: nossas bikes são feitas no Brasil para brasileiros. Conhecemos bem o perfil dos nossos consumidores e sabemos exatamente que tipo de produtos eles querem. Esse é o nosso grande diferencial”, afirma João Claudino Junior, CEO da Audax e vice-presidente do Grupo Claudino.

Pesquisa IBGE: preço do combustível superou o esperado

Luke MacGregor/Reuters

O combustível foi o item de maior impacto na inflação de fevereiro. O preço médio do litro superou o esperado - o mínimo foi R$ 3,10, registrado em São Paulo, e o máximo foi R$ 3,53, em Salvador. Os dados foram divulgados hoje (6), pelo IBGE.

O preço da gasolina subiu 8,42% após o impacto dos impostos e pesou bastante nas bombas, gerando uma reação em cadeia, que incidiu sob os preços de vários outros setores. O IBGE estima que pode ter havido um repasse maior que o esperado. 

Os preços foram mais baixos em São Paulo por conta da concorrência. Lá o preço em janeiro era R$ 2,89 por litro. Em Salvador, o litro de combustível era R$ 3,10 no primeiro mês do ano. em Teresina, os preços hoje estão em torno de R$ 3,25 por litro. Em janeiro, o valor não ultrapassava R$ 2,95.

Estado vai mapear pontos turísticos do PI para garantir investimentos

Foto: Assessoria de Comunicação

A Secretaria Estadual de Turismo (Setur) iniciou a série de visitas que fará nos municípios piauienses com o objetivo de mapear o potencial turístico do Estado. O secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira, iniciou o roteiro de visitas pelo município de Campo Maior. Os próximos destinos deverão ser Piripiri e Sete Cidades. 

A ideia é avaliar a estrutura e a potencialidade das cidades. Segundo o gestor, o Estado tem riquezas ainda desconhecidas e que precisam ser exploradas turisticamente. "São riquezas naturais, históricas e arquitetônicas. A ideia é conhecer isso mais a fundo para podermos trabalhar ações que podem ser implementadas para o desenvolvimento turístico nessas regiões”, enfatizou o secretário.

BNB e Governo do PI traçam estratégias para garantir PPPs no Estado

Foto: Ccom/PI

O governador Wellington Dias (PT) se reuniu nesta quinta-feira (5) com o presidente nacional do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Sousa para estabelecer estratégias de investimentos no Piauí para 2015. "Vamos focar em áreas multiplicadoras da economia, como a produção de rações, que traz também a industrialização e atrai investimentos para outras cadeias como a produtivas, como a suína, a de frango e carne. Estamos buscando a qualidade de investimentos, para pequenos, médios e grandes produtores", declarou o governador. 

O presidente do BNB acrescentou que já montou uma equipe voltada especialmente para esses projetos. "Temos tudo acertado, temos propostas para avançar nas Parcerias Público-Privadas [PPPs], por exemplo, com data e plano de ação já estabelecidos", completou. O superintendente regional do BNB no Piauí, Luiz Alberto da Silva, explicou que já está discutindo junto ao governo do Estado as prioridades para as PPPs. "Vamos financiar a parte privada, inclusive buscando empresas que tem potencial para participar dessa iniciativa", resumiu.

Posts anteriores