Cidadeverde.com

Estado economiza R$ 95 milhões em 6 meses avaliando licitações

Somente em 2017, o Piauí evitou a devolução de mais de R$ 220 milhões em convênios firmados com recursos federais. A informação é do controlador geral do Estado, Nuno Bernardes. Ele reafirma o trabalho de contenção de despesas que está sendo feito desde o início do ano e destaca que foram economizados cerca de R$ 95 milhões com ações preventivas em licitações na Secretaria da Administração (Sead).

"Atualmente, cinco controladores trabalham diariamente em processos licitatórios. Eles avaliam a vantagem econômica do Estado com as licitações, os preços contratados e outros aspectos para garantir que o preço que está orçado é compatível com a média de mercado", diz Bernardes.

Como exemplo, ele cita a compra de um ar condicionado. "As equipes verificam se o preço está dentro do cobrado no mercado antes de finalizar a licitação. Temos várias análises estatísticas para que possamos chegar ao preço médio. E a licitação é onde nasce o processo de despesa pública. Então, quando esse processo é feito corretamente, dou segurança tanto para o gestor, quanto para a população, porque esses recursos serão aplicados de forma correta", completa. 

Nuno Bernardes acrescenta que outras pastas estaduais também estão realizando ações preventivas em licitações e que o trabalho é contínuo. 

Prova do concurso da Semec será realizada neste domingo (25)

As provas do processo simplificado da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de Teresina (Semec) serão aplicadas no próximo domingo (25).  A banca responsável pelo certame é o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O resultado final do certame deve sair até 14 de julho. O local de prova já está disponível no site do Nucepe. O seletivo registrou uma concorrência de 10,5 candidatos por vaga. Ao todo, 5.670 pessoas disputam as 537 vagas oferecidas no edital. 

As provas serão aplicadas no horário das 9h às 12h, nos seguintes locais: Campus Poeta Torquato Neto (Uespi), Unidade Escolar Benjamin Batista, Unidade Escolar Dom Severino, Unidade Escolar João Clímaco de Almeida, Liceu Piauiense, Unidade Escolar Eurípedes de Aguiar, Centro de Formação Professor Odilon Nunes e Colégio Helvídio Nunes. A seleção é destina a contratação de professores que atuarão na educação fundamental nas várias regiões da capital, nas disciplinas de Português e Matemática. 

As inscrições foram realizadas entre os dias 12 a 26 de maio. A divulgação do gabarito preliminar da prova objetiva está prevista para o dia 26/06. Os recursos serão recebidos entre os dias 27 e 28/06, com resultado até o dia 10/07.

Clique aqui para mais informações sobre o certame. 

Confiança da Indústria cai 2,3 pontos em prévia da FGV

O Índice de Confiança da Indústria apresentou uma queda de 2,3 pontos na prévia de junho, na comparação com o resultado consolidado de maio, chegando a 90 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Caso o resultado se confirme na pesquisa consolidada deste mês, será a primeira queda do indicador depois de três altas consecutivas. A pesquisa foi feita pela Fundação Getúlio Vargas.

A prévia mostra que os empresários estão menos confiantes em relação tanto ao presente quanto ao futuro. O Índice de Expectativas recuou 3,2 pontos, chegando a 92,5 pontos, e o Índice da Situação Atual (ISA) diminuiu 1,3 ponto, atingindo 87,7 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (NUCI) recuou 0,1 ponto percentual na prévia de junho, indo para 74,6%. O resultado manteria o NUCI relativamente estável em relação ao mês anterior. Para a prévia de junho de 2017 foram consultadas 786 empresas entre os dias 1º e 20 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado no dia 28 próximo.

Google lança ferramenta para busca de vagas de emprego

 


O Google lançou uma ferramenta de busca de empregos. Basta que os usuários escrevam “trabalhos perto de mim” ou frases similares relacionadas com a busca de emprego que a ferramenta mostrará as melhores ofertas. Infelizmente, o serviço, nesse primeiro momento, está disponível apenas em inglês e só mostrará vagas nos Estados Unidos. 

A ferramenta terá  colaboração de empresas que prestam serviço no setor, como LinkedIn, Monster, WayUp, DirectEmployers, CareerBuilder, Glassdoor e Facebook, para incluir os anúncios de emprego publicados nesses sites.

A ideia é mostrar aos usuários as avaliações e opiniões sobre o empregador, saber quanto tempo gastariam para ir de casa ao trabalho e receber alertas personalizados quando aparecem ofertas que coincidam com os critérios previamente estabelecidos.

Piauí abre mais de 800 empregos e tem melhor resultado em 4 anos

O Piauí registrou saldo positivo de 836 empregos em maio de 2017, quando comparado ao mesmo período do ano passado, quando havia registrado o fechamento de 1.043 postos de trabalho. Esse resultado é o melhor para o mês desde 2013 (há quatro anos), quando o saldo foi de 2.231 novos postos. Os dados são do Caged, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O Estado teve, em maio de 2017, 7.517 admissões contra 6.681 demissões. Com o saldo de 836 empregos, o Piauí teve o segundo melhor resultado da região Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia (2.966 novos postos). 

Na comparação nacional, somente seis outros Estados ficaram à frente do Piauí: Minas Gerais (22.931), São Paulo (17.226), Distrito Federal (7.444), Espírito Santo (4.117), Paraná (2.379) e Mato Grosso (1.726).

O setor que teve mais detaque no Piauí foi o de Serviços, que abriu 660 novas vagas de trabalho. A Agropecuária ficou em segundo lugar (+257), seguida da Indústria da Transformação (+74). Apenas três dos oitos setores fecharam o mês no vermelho: Comércio (-169), Serviços Industriais de Utilidade Pública (-45) e Administração Pública (-2).

No que diz respeito aos municípios, União mais uma vez apresentou o melhor resultado. Foram 325 novos empregos contra 30 demissões. No ano, o município acumula alta de 29,40%, com 752 novos postos. 

Teresina teve uma pequena variação positiva em maio: foram 4.898 admissões contra 4.574 demissões, ficando com saldo de 324 empregos. No acumulado de 2017, a capital registrou 25.074 contratações contra 26.292 dispensas, provocando um saldo negativo de 1.218 vagas. 

Carregamento sem fio deve ser a principal novidade do iPhone 8

O site japonês Nikkei Asian Review vazou algumas novidades do iPhone 8, ainda não confirmadas, mas que estão causando bastante expectativa. Segundo o site, o novo modelo deve vir com sistema à prova d’água otimizado e tela OLED de ponta a ponta (sem aquele tradicional botão ‘home’ na parte frontal).

A maior diferença será, no entanto, o carregador sem fio. A empresa também estaria estudando trazer a tecnologia de proteção IP68, que permitiria uma resistência maior a líquidos e poeira. A Samsung, por exemplo, já trouxe para seus celulares a novidade, uma vez que o Galaxy S8 conta com o mesmo IP68, e é capaz de permanecer na água a uma profundidade de 1,5 metro, por até 30 minutos.

O novo aparelho deve ser apresentado oficialmente em setembro. E os consumidores só poderão comprá-lo no final do ano. 

IBGE: Construção civil emprega menos e paga salário menor

 

A Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC), divulgada nesta quarta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), aponta que o número de empresas ativas no setor de construção civil aumentou entre 2014 e 2015, mas confirma que a quantidade de pessoas empregadas diminuiu nesse segmento.

Em 2015, havia 131,5 mil empresas ativas que ocuparam 2,4 milhões de pessoas, cerca de 455 mil a menos do que em 2014. Além dos postos de trabalho, a média salarial também recuou - de R$ 1.970,05 em 2014 para R$ 1.943,43. 

Os motivos apontados pelo IBGE são relativos à crise econômica:
- queda na demanda dos consumidores
- juros altos
- dificuldade de acesso ao crédito

Peso da mão-de-obra

A proporção dos gastos das empresas com pessoal se manteve quase igual, correspondendo a um terço dos custos e despesas. Em 2014, 32,8% de todas as despesas das companhias foram direcionadas ao quadro de funcionários. Em 2015, essa proporção foi para 33,3%.
Receita encolhe

Faturamento

A receita líquida de todas as companhias somou R$ 323,9 bilhões em 2015, o que representa uma queda real de 18,7%. No ano, as empresas realizaram serviços e incorporações que somaram R$ 354,4 bilhões, o que significa queda de 16,5% na comparação com 2014.

Obras contratadas

Em 2015, também diminuiu a proporção de obras contratadas pelo governo. No ano, 30,6% do valor corrente dos serviços de construção veio de obras contratadas por entidades públicas, contra 33,9% em 2014.

PIB tem crescimento de 0,87% no trimestre encerrado em abril

O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas no país, cresceu 0,87% no trimestre encerrado em abril, na comparação com o trimestre finalizado em janeiro, segundo o Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). Entretanto, na comparação com o trimestre fechado em abril de 2016, houve queda de 0,8%.

Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, houve quedas no consumo das famílias (-1,9%) e na formação bruta de capital fixo, isto é, investimentos (-4,6%). As exportações cresceram 1,4% no período. As importações também tiveram crescimento (4,5%). Segundo a FGV, o crescimento do PIB, considerando-se apenas o mês de abril, foi de 0,42% em relação a março. Na comparação com abril de 2016, no entanto, a economia brasileira teve queda de 1,3%.

Refis 2017 permite parcelar dívida do ICMS em até 180 vezes

O Governo do Estado lançou nesta quarta-feira (21) o Refis 2017. Contribuintes que estão em débito fiscal poderão parcelar o valor da dívida em até 180 vezes. O Programa de Recuperação Fiscal abrange débitos relativos ao ICMS vencidos até 31 de maio de 2017, incluindo aqueles que são objeto de parcelamentos anteriores rescindidos ou ativos, na esfera administrativa ou judicial.

Os interessados em regularizar a dívida devem pedir adesão de 1º a 31 de julho deste ano. O valor de cada parcela estará sujeito à atualização com uso da taxa Selic. "O objetivo é ampliar o prazo para parcelamento. É válido destacar que não há anistia e nem remissão nesta proposta", explicou o secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles.

Atualização obrigatória dos servidores estaduais começa nesta quinta (22)

Foto: João Neto/Cidadeverde.com

O programa bienal de atualização cadastral dos servidores estaduais será iniciado nesta quinta-feira (22) e segue até 6 de novembro. Estão obrigados a fazer a atualização todos os 96 mil servidores estaduais, ativos, inativos ou pensionistas. 

 

A atualização cadastral vai ser realizada conforme o mês de aniversário dos servidores:
Janeiro/ Fevereiro/ Março - de 22.06 a 21.07
Abril/ Maio/ Junho - de 22.07 a 21.08
Julho/ Agosto/Setembro - De 22.08 a 21.09
Outubro/ Novembro/Dezembro - De 22.09 a 21.10
Remanescentes - De 22.10 a 06.11

 

O secretário da Administração e Previdência, Franzé Silva, explica que os servidores não precisarão sair de casa para fazer o procedimento, diferente do que aconteceu no recadastramento de 2015. "Não precisa se deslocar. Tudo é feito pela internet, através do computador ou do celular. A partir de amanhã, já estará disponível um aplicativo para isso", esclarece.

Como fazer

Quem optar por utilizar o computador, deve acessar o site www.atualizacao2017.pi.gov.br. Nesse caso, os documentos que comprovam as alterações a serem feitas deverão ser digitalizados. Quem optar pelo celular basta baixar o aplicativo "Piauí na Palma da Mão" e fotografar os documentos que comprovam as alterações. 

Contracheques suspensos

O recadastramento de 2015, segundo o secretário, serviu para o Estado identificar 7 mil servidores irregulares. Com a exclusão deles da folha de pagamento, a economia foi de R$ 21 milhões somente em 2016. "Esse trabalho de recadastramento era necessário para organizar a máquina pública. Tínhamos, há mais de 10 anos, a principal despesa do Estado (que é a folha de pagamento) sendo gerada sem base segura. Precisávamos identificar o servidor, digitalizar toda a documentação e fazer as mudanças necessárias. Não podemos deixar de ter uma atualização frequente disso. Por isso, surgiu um decreto de que o Estado agora está obrigado a fazer a atualização cadastral a cada dois anos", explicou Franzé.

A atualização cadastral vale tanto para servidores da capital como do interior. Quem não fizer o procedimento terá os contracheques suspensos, retidos, até regularizar a situação. Ficarão, portanto, sem receber salários. 

Posts anteriores