Cidadeverde.com

Prefeitura convoca professores efetivos e analistas administrativos

A Prefeitura de Teresina está convocando quatro professores aprovados no concurso de 2014 da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e mais quatro aprovados no concurso unificado de 2016 para o cargo de analista administrativo na Procuradoria Geral do Município (PGM). Os convocados têm o prazo de 30 dias para comparecerem à Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema).

A orientação é que os convocados não deixem para comparecer ao órgão na última hora, pois eles ainda têm que providenciar uma série de exames e documentos antes de assinarem o Termo de Posse e Compromisso. Os professores convocados irão atuar na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, do 1º ao 5º ano, com carga horária de 40h semanais. Já os convocados para a PGM irão assumir o cargo de técnico de nível superior, especialidade analista administrativo.     

Segundo a prefeitura, em breve, devem ser publicadas novas nomeações do concurso unificado e também para a Guarda Municipal. As convocações ocorrem no Diário Oficial de Teresina e devem ser acompanhadas pelos aprovados.

Concurso unificado

Ao todo, do concurso unificado realizado pela Prefeitura de Teresina em 2016, e homologado este ano, já foram nomeados 49 dos 118 aprovados. O certame ofertou vagas para os seguintes órgãos: Secretaria Municipal de Finanças (Semf), Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), Procuradoria Geral do Município (PGM), Secretaria Municipal de Trabalho, Cidadania e Assistência Social (Semtcas), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete) e Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater).


Edital convocação professor 
Edital convocação analistas

Veja quais as 17 cidades do PI que terão feriado nesta sexta-feira

Ao contrário do que muita gente pensa, nem todas as cidades do país terão feriado nesta sexta-feira (8), Dia de Nossa Senhora da Conceição. O feriado é municipal, portanto, até mesmo dentro do Estado podem haver cidades cuja data será feriado e cidades que não terão o dia como feriado.

Veja onde é feriado no Piauí: 

Altos

Angical

Barras

Buriti dos Lopes

Corrente

Domingos Mourão

Esperantina

José de Freitas

Luis Correia

Oeiras

Palmeirais

Pedro II

Porto

Regeneração

São João do Piauí

São Pedro do Piauí

Teresina

Piauienses já pagaram quase R$ 9 bilhões em impostos em 2017

O valor pago pelos piauienses em impostos neste ano está prestes a alcançar R$ 9 bilhões, segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Às 11h (horário local no Piauí), a marca estava em R$ 8,93 bilhões.

No ano passado, nesse dia, o marcador do impostômetro estava em R$ 8,25 bilhões. Ou seja, o piauiense já pagou R$ 680 milhões de impostos a mais nesse ano, em comparação com o ano passado, o que, logicamente revela o crescimento da arrecadação tributária.

Inflação desacelera em novembro e é menor para famílias com renda mais baixa

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que se refere às famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos, fechou o mês de novembro em 0,21%, taxa 0,21 ponto percentual abaixo da apurada em outubro, quando o índice registrou variação de 0,42%. O indicador foi divulgado hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e com o resultado de novembro o índice acumula alta de 2,1% no ano e 2,29% nos últimos 12 meses.

A FGV constatou ainda que a inflação medida pelo IPC-C1 fechou o mês de novembro abaixo da taxa relativa ao IPC-Br, que mede a variação da inflação junto às famílias com rendimento de até 33 salários mínimos e registrou, em novembro, variação de 0,36%. A taxa do IPC-Br nos últimos 12 meses ficou em 3,35%, nível também acima do registrado pelo IPC-C1.

Classe de despesas

A queda do IPC-C1 reflete a retração de preços em cinco das oito classes de despesa componentes do índice: Alimentação, cujos preços caíram de 0,31% para uma deflação (inflação negativa) de 0,47%; Habitação (de 1,06% para 0,92%); Comunicação; (de 0,6% para -0,42%); Vestuário (0,07% para -0,17%;) e Despesas Diversas (0,49% para 0,13%). Em contrapartida, os grupos Transportes (-0,20% para 0,58%), Educação, Leitura e Recreação (-0,08% para 0,53%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,21% para 0,23%) apresentaram acréscimo em suas taxas de variação.

Federação dos Bancos lista 9 cuidados para tornar o Natal mais seguro

Proteger as senhas e redobrar os cuidados nas compras em locais de grande aglomeração e no comércio eletrônico estão entre as precauções que o cliente pode tomar para evitar contratempos. Esse é o alerta da Federação Brasileira de Bancos. 

Na época de Natal há um aumento médio de 10% no volume de transações realizadas pelos canais digitais nas principais instituições financeiras do País - cerca de 300 milhões de operações. Por mais que os bancos façam investimentos expressivos para garantir a segurança e o sigilo das transações realizadas nos canais de atendimento – cerca de R$ 2 bilhões anuais em sistemas de tecnologia da informação (TI) - o cliente é parte fundamental nesse processo. 

Veja as dicas para garantir mais segurança:

1. Ao comprar presentes pela internet, tenha certeza que o site que está utilizando é o verdadeiro. Prefira digitar o endereço diretamente no navegador a usar um site de busca. Verifique também se a barra de endereços traz o cadeado de segurança do navegador (isso significa que a conexão é protegida) e preste atenção no endereço que está sendo exibido. Desconfie de promoções com descontos excessivos. Procure certificar-se de que não se trata de uma armadilha.

2. Ao receber um boleto para pagamento, seja pelo Correio ou eletronicamente, verifique se é uma cobrança devida e confirme atentamente os dados da compra. Em caso de dúvidas, entre em contato com a empresa que emitiu o boleto e confirme os dados antes de pagá-lo.

3. Não use redes wireless (wifi) desconhecidas ou em locais públicos para efetuar transações bancárias. Se precisar fazer transações em trânsito, prefira usar a rede 3G.

4. Em casa, mantenha sempre sua rede wifi protegida por senha e altere a senha do seu roteador, evitando manter as senhas padrões.

5. Atenção a ligações telefônicas ou abordagens pessoais solicitando doações ou colaborações de Natal para entidades como asilos, creches ou outras semelhantes. Antes de fazer qualquer transação, verifique se a entidade realmente existe, é idônea e procure conhecer o trabalho feito por ela, para garantir o destino adequado de eventuais colaborações. Nunca forneça dados bancários.

6. Cuidado com mensagens de cartões de Natal contendo links. Muitas mensagens desconhecidas podem ter programas maliciosos que, ao serem instalados, tornam vulnerável o computador ou smartphone.

7. Lembre-se: nunca informe seus dados pessoais e senhas em canais que não sejam os oficiais do seu banco, tampouco por solicitações telefônicas.

8. Os bancos não solicitam que portadores recolham cartões de débito e crédito em sua casa, mesmo se estiverem vencidos ou cancelados. Não entregue seus cartões a outras pessoas, mesmo que se identifiquem como sendo do banco ou a serviço do banco.

9. Em locais com aglomerações, proteja sua bolsa/carteira/telefone celular. Se tiver seu cartão, documentos, cheques ou celulares roubados, entre em contato com os órgãos competentes como bancos, operadoras de telefonia e delegacias e providencie imediatamente o bloqueio dos seus cartões, cheques e telefones. Assim que possível, registre uma ocorrência e comunique os órgãos de proteção ao crédito.

Veja o horário de funcionamento das lojas no feriado de 6ª feira


O comércio do Centro de Teresina vai abrir em horário normal nesta sexta-feira (8), feriado em comemoração ao Dia de Nossa Senhora da Conceição.

Segundo o Sindicato dos Lojistas, o funcionamento das lojas é decorrente de um acordo firmado na convenção coletiva e, com isso, os estabelecimentos comerciais do Centro abrirão às 8h e fecharão às 18h.

Nos shoppings, as lojas também estarão abertas, porém, em horário reduzido - seis horas seguidas. No Teresina Shopping das 14 às 20h; no Rio Poty e no Riverside, das 15h às 21h.

Papai Noel de helicóptero

Leonardo Viana, vice-presidente do Sindilojas, em entrevista à Rádio Cidade Verde, acrescentou que estão sendo preparadas ações especiais para o comércio, no Natal deste ano.

"Esse ano temos a chegada do Papai Noel de helicóptero em alguns bairros. A partir das 9h da manhã, ele vai chegar na Igreja de São Benedito. Ele vai percorrer as ruas do Centro, descer e chegar até o Shopping da Cidade. Às 16h, vai chegar na Praça da Telemar, no Mocambinho. No sábado, novamente, ele vai sobrevoar a cidade, na Praça dos Correios, região do Dirceu, às 9h. Dia 9, às 16h, ele estará na Praça da Integração do Parque Piauí", explicou Leonardo.

Escute o áudio com mais informações sobre o funcionamento do comércio neste Natal. 

 

Juros devem cair hoje ao menor patamar em 31 anos


A taxa básica de juros da economia brasileira deve cair ao menor patamar já registrado desde 1986, ou seja, em 31 anos. 

O Comitê de Política Monetária se reúne nesta quarta-feira (6) e a expectativa do mercado é que a Selic caia de 7,5% para 7% ao ano.

Esta será a última reunião de 2017 e a decisão deve ser anunciada pelo Banco Central a partir das 18h. 

Até agora, a menor taxa de juros já registrada é a que vigorou entre outubro de 2012 e abril de 2013, em 7,25% ao ano.

Cenário do próximo ano

Até o mês passado, os economistas apostavam que em 2018 a Selic permaneceria no mesmo patamar durante todo o ano. Agora, porém, a expectativa é que os juros continuem caindo e deve passar o ano em 6,75%.

Poupança também renderá menos

Um dos efeitos colaterais da baixa da Selic é o rendimento da poupança.  Isso porque a regra atual, em vigor desde maio de 2012, prevê corte nos rendimentos da poupança sempre que a Selic estiver abaixo de 8,5%.

Nessa situação, a correção anual das cadernetas fica limitada a um percentual equivalente a 70% da Selic, mais a Taxa Referencial, calculada pelo BC. A norma vale apenas para depósitos feitos a partir de 4 de maio de 2012.

Empresas podem optar até 20 de dezembro pela antecipação do eSocial

Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) até o dia 20 de dezembro. O prazo começou na segunda-feira (4). O cronograma de implantação do eSocial prevê o início da obrigatoriedade do sistema em janeiro para o primeiro grupo de empresas. 

No último dia 29, a Receita Federal anunciou o cronograma de implantação do eSocial. A partir de janeiro de 2018, o sistema é obrigatório para entidades empresariais com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78 milhões. A segunda etapa terá início em 16 de julho de 2018 e abrangerá os demais empregadores, incluindo micros, pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEIs). No caso dos entes públicos, ele será implantado a partir de 14 de janeiro de 2019.

Tanto as empresas do primeiro grupo quanto as demais entidades empresariais e as entidades sem fins lucrativos poderão optar pela antecipação da obrigatoriedade, de acordo com nota divulgada pela Receita hoje (6). Nesse caso, as empresas interessadas deverão acessar a página do eSocial na internet e confirmar a opção. O sistema exige certificado digital para o acesso.

Taxistas decidem rodar apenas na bandeira 1 durante dezembro

Os taxistas de Teresina abriram mão da bandeira 2 durante todo o mês de dezembro. Para os consumidores, essa decisão representa um desconto de 20% nas corridas.

O presidente do Sindicato das Cooperativas de Táxis, Pedro Ferreira dos Santos, explica que, tradicionalmente, os taxistas rodavam em bandeira 2 no mês de dezembro, autorizados pelo prefeito, como uma espécie de Décimo Terceiro.

"Vamos rodar em bandeira 1 em qualquer horário, manhã, tarde e noite. É geral. Estamos buscando atrair de volta nossos clientes, porque com a chegada da empresa de aplicativos, nosso faturamento caiu 40%. Com essa medida de manter a bandeira 1, uma corrida que deveria custar R$ 10, ficará por R$ 8. Uma corrida de R$ 20, ficará por R$ 16, quem ganha é a população", reforça Pedro.

O presidente do sindicato afirma que todas as grandes cooperativas aderiram à decisão e convida aos taxistas que não compõem as cooperativas a também darem o desconto. 

Pedro argumenta que a segurança e a rapidez contribuem para tornar o táxi mais seguro. "Temos meios de chegar mais rápido aos locais porque somos autorizados a passar pelas vias dos ônibus. Além disso, temos botão do pânicos em todas as unidades, o que tem evitado os assaltos. Antes, eram 26 assaltos em um mês, agora temos, no máximo, duas tentativas que não dão certo porque temos esse botão", enfatiza.

 

11% dos pais atrasarão contas para comprar presente para os filhos

Para satisfazer a vontade dos filhos no Natal, com a compra de brinquedos e presentes, alguns pais acabam tomando atitudes extremas. 

É o que mostra uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL): a grande maioria dos pais não pretende deixar de pagar contas para atender a vontade dos filhos (82%), mas expressivos 11% admitem que irão atrasar alguma conta para presenteá-los.

A fatura do cartão de crédito (7%), os impostos de início de ano (3%) e as contas básicas de água e luz (2%) serão as mais atrasadas com essa finalidade.

O levantamento revela que 70% dos que pretendem presentear no Natal possuem filhos e, em 49% dos casos, os presentes dados a eles serão escolhidos apenas pelos pais, em 44% serão escolhidos conjuntamente com os filhos e 6% somente pelos filhos.

Alerta aos pais

De acordo com o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, muitos pais e mães acabam se complicando financeiramente porque não querem que o filho passe por frustrações, mas isto é normal e até desejável: “É fundamental que eles deem presentes que estejam de acordo com as posses da família e com sua realidade financeira. Do contrário, estarão transmitindo a mensagem de que é normal comprometer o orçamento da casa e deixar de honrar compromissos assumidos para satisfazer seus impulsos de consumo; um exemplo nada saudável para o futuro”.   

Para minimizar a frustração das crianças, o educador recomenda que os filhos façam uma lista de presentes com opções variadas de preços, tamanhos e marcas, dando ao pai ou a mãe a liberdade de escolher uma das opções sugeridas.

Posts anteriores