Acesso ao Corcovado vai ter agentes da Força Nacional e detector de metais

Rafael Soares - Extra - 02/08/2016, às 16:53

SONY DSC

SONY DSC

O Corcovado, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo, também terá reforço na segurança durante a Olimpíada. Quem for visitar o local verá agentes da Força Nacional e terá que passar pelo detector de metais. A medida deve começar até a próxima sexta-feira, data da abertura. O pedido foi feito ao Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, pelo secretário de segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, que estava preocupado com a possibilidade de ocorrer um ataque terrorista no ponto turístico.

— Almocei com o Beltrame e ele fez esse pedido. As revistas serão feitas com 50 raquetes que estão vindo de Brasília — explicou Alexandre de Moraes.

Também foi anunciado, nesta terça-feira, que o governo terá um prejuízo de R$ 3 milhões com a substituição da empresa Artel por PMs e bombeiros inativos nesse mesmo serviço nos estádios. O custo do contrato com a empresa era de R$ 17 milhões. Já o custo da diária dos agentes chega a R$ 20 milhões. O contrato já foi cancelado.