Cidadeverde.com

Romero Jucá abala aliança no Piauí: quer PMDB longe do PT


Rometro Jucá, em reunião com prefeitos piauienses: disposição de manter o PMDB longe do PT e do PCdoB

 

A notícia chegou em primeira mão através do Jornal do Piauí, na TV Cidade Verde, ontem. No programa comandado por Joelson Giordani, o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá, foi entrevistado pelo correspondente da Cidade Verde em Brasília, Délio Rocha, após ter recebido o ex-ministro João Henrique Souza e 19 prefeitos piauienses. E Jucá não segurou a língua: disse que vai propor à Executiva Nacional do PMDB que tome a decisão de proibir o partido de se aliar em 2018 com o PT e o PCdoB.

Jucá não insinuou. Foi claro: quer o PMDB longe do PT e do PCdoB, partidos que – segundo disse – atrapalham o Brasil. A proposta será apresentada na reunião de setembro. Se for aprovada, vai abalar várias alianças Brasil afora. O Piauí é um dos estados onde boa parte do partido está junto do PT, e sonhando em manter a aliança em 2018.

O Piauí tem dois integrantes da Executiva Nacional. O próprio João Henrique e o deputado Marcelo Castro. Na representação piauiense, deve dar empate: João Henrique apoiando a proposta de Jucá; Marcelo contra. O resultado pode levar o partido para a oposição. Ou pode resultar numa debandada importante de membros do partido para outras siglas. Ou repetir um modelo já adotado pelo PMDB piauiense em 2002, 2006 e até em 2014: o partido formaliza uma candidatura, mas o grosso dos partidários apoia outra.

Seja como for, a manifestação do presidente nacional do PMDB já era o assunto central em boa parte das rodas políticas. Vai render assunto ainda algum tempo: pelo menos até a reunião da Executiva. Além disso, vale lembrar: esse não é um problema só piauiense.

 

João Henrique mostra força que poucos viam

Michel Temer e João Henrique, no centro da foto com prefeitos piauienses no Palácio do Planalto
 

O ex-ministro João Henrique, do time de amigos bem próximos do presidente Michel Temer, mostrou ontem em Brasília uma força que poucos enxergavam. Ele levou à capital federal 19 prefeitos, sendo 17 do PMDB, um do PP e outro do PSD. Primeiro colocou todos em uma reunião de mais de uma hora com o presidente do PMDB, senador Romero Jucá. Depois fez uma escolinha de gestão onde os prefeitos ouviram vários técnicos do partido. Por fim, coroou o dia com uma visita do grupo ao presidente da República em pleno Palácio do Planalto.

Não é pouca coisa. Tem prefeito que só terá na vida essa oportunidade de entrar no principal gabinete do terceiro andar do Planalto. E, pelo relato de prefeitos, foi um encontro cordial. Afável. O presidente à vontade e deixando os visitantes mais à vontade ainda.

Ao final, os prefeitos que lá estiveram mostravam uma satisfação de menino em dia de Natal. Mas quem mais sorria era mesmo João Henrique. Ele que se fez de Papai Noel para os 19 prefeitos, parecia ter ganho o melhor presente, ao mostrar que tem uma força política sistematicamente negada pelos adversários.