Geral

Governo terá de pagar precatórios a 12 mil servidores da Seduc

Imprimir
Trabalhadores em educação deverão receber precatórios devidos desde os anos 1990 pelo Governo do Estado. A decisão foi do presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Edvaldo Moura, de acordo com informações repassadas pelo sindicato da categoria. Os servidores da Secretaria Estadual de Educação - Seduc - devem receber diferença remuneratória equivalente a um salário mínimo. A ação tramita desde 1993. 

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí - Sinte-PI -, serão beneficiados servidores do processo número 9300439-6, de 2003. Cerca de 12 mil trabalhadores devem receber a diferença. 

Presidente do Sinte, Odeni Silva esperava o pagamento em março. No entanto, ela explica que um grupo de professores moveu ação e questiona na Justiça os valores cobrados pelos advogados. "É uma pena. Lutamos e ganhamos a ação, mas teremos que aguardar a desistência dos impetrantes da ação", declarou. A assessoria jurídica do Sindicato trabalha para resolver o impasse. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com
Imprimir