Cidadeverde.com
Geral

Jovem é morto no Marquês; Briga seria por divisão de roubo

Imprimir
O estudante Pedro Nallyson  Lopes Sousa, 21 anos, foi morto com três tiros por volta das 23h da última quinta-feira (25), no bairro Marquês, zona norte de Teresina.
 
Segundo Cassilda Maria Lopes, mãe da vítima, Pedro havia pedido R$ 10 para lanchar a namorada, pouco depois, voltou para casa em busca do celular que havia esquecido. “Nesse momento, ele recebeu uma ligação estranha. E foi até um carro onde estavam as pessoas que tinham ligado. Foi aí que ele levou o primeiro tiro. Meu filho ainda saiu correndo, mas ele ainda atiraram duas vezes”, contou a senhora.

 
Cassilda afirma que desconhece qualquer inimizade do filho, mas afirmou que em novembro de 2011, ele foi espancado por pessoas que queriam assaltá-lo. “Tenho certeza que não foi um acerto de conta. Pode ter sido inveja porque ele vivia usando objetos caros”, declarou.
 
De acordo com o relatório do 2º DP, Pedro tinha realizado uma saidinha de banco e seus parceiros teriam desconfiado que a divisão do dinheiro não foi justa. O documento diz ainda que os amigos da vítima, Ari e Wellington, teria ido até a casa da senhora que foi assaltada para saber quanto realmente tinha sido levado. A vítima contou a eles que levaram R$ 3 mil, mas Pedro teria dito aos amigos que o total seria apenas R$ 800.
 
O capitão Fábio Abreu, das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), informa que "o motivo do homicídio pode ter sido essa divisão de furto".

A execução aconteceu na rua Magalhães Filho e Pedro morreu no local. "Ainda escutei um grito pedindo ajuda, mas não pensei que era o meu filho", disse a mãe da vítima emocionada, na delegacia.


Flash de Jordana Cury
Redação Carlos Lustosa Filho
redacao@cidadeverde.com




Imprimir