Cidadeverde.com

Polícia Civil e Ambiental orientam e apreendem paredão de som

O Centro Integrado de Segurança tem registrado muitas reclamações sobre o excesso de barulho provocado por paredões de som, sobretudo em áreas residenciais e fora do horário permitido. A Polícia Civil, com a equipe do delegado Leandro Damasceno, e o Batalhão de Policiamento Ambiental da PMPI, sob o comando do capitão David, trabalharam juntas para coibir os abusos.

Na orla da praia de Atalaia, o BPA passou à tarde advertindo aos proprietários de paredões de som que o horário limite seria até às 18h. Por volta das 20h as equipes da PC e PM retornaram. Um equipamento foi apreendido.

“Primeiro vamos aos locais denunciados e orientamos sobre a legislação. A polícia não quer acabar com o Carnaval de nenhum folião, mas estamos recebendo reclamações de que além do som excessivamente alto estão também ultrapassando o horário estabelecido”, explicou o delegado Leandro Damasceno. 

“Esta é também uma área de proteção ambiental e, portanto, proibida a circulação de veículos. Apesar disso as pessoas continuam insistindo. Com isso estamos removendo os veículos e aqueles que estavam com paredões de som foram multados, tanto na área ambiental, por poluição sonora, quanto por infração de trânsito”, afirmou o capitão David, do Batalhão de Polícia Ambiental.

As equipes também estiveram em residências onde a população reclamou de paredões de som também em alto volume em todos os horários do dia até a madrugada. 

“É preciso bom senso e evitar os exageros. Neste primeiro momento estamos advertindo, mas se reincidir veículos e paredões de som serão apreendidos”, advertiu o delegado Leandro Damasceno a um grupo de jovens do Ceará.

“Recebemos a orientação e vamos seguir as regras”, afirmou Francisco Augusto, de Sobral-CE. Já a família que estava incomodada com o excesso de barulho aprovou o trabalho policial: “Não queremos atrapalhar a brincadeira deles, apenas que tenha um limite porque aqui também tem idosos que sequer conseguem dormir com tanto barulho. Foi muito importante esta intervenção policial”, ressaltou Joamilson Pereira, de Timon-MA.

 

cidades@cidadeverde.com