Isac, o prodígio do acordeon que encantou no jogo Flamengo x Santos

Encosto ao lado do senhor que vê o garoto tocar a sanfona para milhares de pessoas no estádio Albertão:

- O senhor é o parente dele?
- Eu sou o pai, se a mãe dele não tiver me enganado... (risos)

Pedindo para ser chamado pelo apelido de "Bom só", o autônomo de 57 anos fala com orgulho do pequeno Isac Prado, ou Isaac do Acordeon.

Evelin Santos/Cidadeverde.com

O garoto de 10 anos é o mesmo que tocou na visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Teresina em janeiro. 

Mas o menino do município de União, região da Grande Teresina, já chamava a atenção ainda aos seis anos. 

O pai, vestindo a camisa com a foto do filho ao lado da presidente, afirmou antes do jogo com o Santos (SP) que iria torcer pelo Flamengo (PI). Já não podia falar da opinião do sãopaulino Isac. Só lamentava a escolha do time. 

- Ele é doente pelo São Paulo...

Fábio Lima/Cidadeverde.com

Depois de tocar os hinos do Brasil e do Piauí, emocionando os torcedores, Isac deu um palpite para o resultado do jogo a pedido do Cidadeverde.com. E quase acerta: chutou 3 a 2 para o Santos. 

Desculpem aí, mas quem quase acerta dessa vez é o blogueiro. No bolão da imprensa, arrisquei 1 a 1, com direito a gol do jovem Augusto entrando no segundo tempo. Valeu o resultado, só errei o placar.

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com