Cidadeverde.com

Com olímpicos, Piauí tenta título inédito do Norte-Nordeste de Atletismo


Delegação do Piauí antes do embarque para Recife

Hoje à tarde, o Piauí começa a competir em Recife (PE) com a possibilidade real de se tornar campeão do Troféu Norte-Nordeste de Atletismo pela primeira vez. 

A delegação de 31 atletas embarcou para Pernambuco com um diretor técnico, quatro técnicos, um psicólogo e um fisioterapeuta. Equipe completa para fazer as medalhas douradas conquistadas nos últimos anos se somarem  para superar os outros estados no coletivo. 

Entre os atletas, o Piauí vai reforçado com nomes olímpicos. É o caso do maranhense José Carlos Moreira "Codó" e do alagoano Bruno Lins, bronze com o revezamento brasileiro nos Jogos de Pequim, em 2008 e integrantes da seleção que disputou a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016.

Codó vai disputar a competição em meio a um momento difícil na sua vida. Depois de perder o pai há dois meses, o velocista tenta recuperar sua melhor forma. 

Bruno Lins está de olho no Mundial de Atletismo, em agosto, e vê o Norte-Nordeste como preparação para o evento internacional. Mas ressalta a importância de se entrar focado na competição. 

Apesar dos olímpicos chamarem a atenção no time masculino, é entre as mulheres que o resultado do Piauí pode ser mais expressivo. Em seis provas, o estado conta com as melhores atletas ranqueadas no ano. 

A competição começa às 14h deste sábado e termina na tarde de sábado.