Cidadeverde.com

Na Rádio: a hora do adeus de Altos e Parnahyba

Foto: Rhuan Carlos/GFC

Jogadores de Globo e Parnahyba em jogo no Rio Grande do Norte

Voltamos para a estaca zero. 

Depois do acesso do River em 2015 e das boas campanhas de Altos e Parnahyba em 2016, recuamos na Série D do Brasileirão. 

Tomara que seja um recuo temporário e o futebol piauiense volte a apresentar bons resultados no ano que vem, brigando de novo para subir. 

O que se viu agora, no entanto, foi o Piauí dando um passo atrás enquanto outros estados avançaram. É o caso claro do Santos do Amapá, estado que até pouco tempo não metia medo. 

Altos, nosso campeão estadual e melhor time, enfrentou o Santos 4 vezes, na fase de grupos e no mata-mata, e não ganhou uma partida sequer. Mais que decepcionante, é um fato a ser observado.  

Já o Parnahyba fez o que pode com seus recursos. Em 4 partidas com o Globo (RN), chegou a ganhar uma na fase de grupos, mas perdeu as outras três - inclusive as duas do mata-mata.

Depois de ver os últimos dois anos, a campanha de 2017 é pouco para o futebol piauiense. O torcedor e a imprensa vão exigir sempre mais. Que o desempenho atual seja analisado com atenção para pensarmos em um 2018 melhor. 

Na Rádio
Esse foi um dos destaques do Acorda Piauí de hoje (17), que falou também de Fórmula 1, Vôlei e das outras divisões do Campeonato Brasileiro. Por final, temos um vencedor inédito nos palpites: Fenelon Rocha cravou seis acertos em nove jogos e leva a rodada antes mesmo de Botafogo e Sport entrarem em campo. 

Ouça na íntegra e confira os resultados da Série A: