Cidadeverde.com

Candidato a saco de pancadas

A Associação Atlética Cori-Sabbá soma 16 jogadores no Boletim Acumulado da CBF. O registro de seis deles foi feito na última sexta-feira, dia 26. 

O BID acumulado ainda não soma mais cinco jogadores registrados no dia 1º de março. 

Se o Campeonato Piauiense não tivesse sido adiado em uma semana, o Cori teria 16 jogadores disponíveis, sendo seis contratados na semana da estreia com Picos. Seriam 11 na linha e cinco no banco de reservas.

E a vida continua no futebol piauiense.

Copa Piauiense de Futebol Amador

A Copa Piauiense de Futebol Amador, sexta edição do torneio, começa no dia 27 de março. No site da Fundação de Esportes do Piauí - Fundespi - já é possível obter o termo de adesão do município ao torneio. O termo também vale para a Copa Feminina.

Coisas que não acontecem em Picos

Picos é a terra do mel, mas as abelhas atacam os jogadores é no Panamá:



Quando se passa o primeiro minuto de vídeo, todos os jogadores caem no gramado. Depois, os torcedores começam a correr das arquibancadas. No ataque, as abelhas africanas deram de goleada.

Depois de recompostos os jogadores, o Chiriquí, que perdia para o Tauro por 1 a 0, ainda conseguiu o empate.

Deu no site Trivela.

Até 2011

Três jogos, nenhum gol marcado, dez gols sofridos.

O saldo da Copa do Brasil para o futebol piauiense é o mesmo de todos os anos: garantir renda e pagar a folha de pagamento por alguns meses - em Picos, nem isso.

Você, leitor antigo do blog, deve estar pensando. Eu li isso em algum lugar... Leu sim, aqui mesmo. No dia em que as chaves da Copa do Brasil foram divulgadas. 

Ao contrário dos anos anteriores, pelo menos a torcida local superou a do visitante famoso por conta da presença do Jardel. Mas, infelizmente o marketing não se converteu no futebol necessário.

"Ah, lá vem ele falar mal do Piauí". Falar a realidade é falar mal? Então, tudo bem. Fingir que está tudo bem é melhor?

Ok. Então, até 2011.

O dia em que Jardel comeu o sanduba

O Palmeiras faz 3 a 0 no primeiro tempo contra o Flamengo. No segundo tempo fraco, amarrado, de marasmo, apático, chato, sem emoção, arrastado, sem informação, jornalista vai atrás do que gosta de chamar de inusitado. Sobrou para o time do Piauí, que ainda fez por onde.

Na transmissão do canal fechado Sportv, a reportagem descobriu que Jardel comeu no intervalo um sanduba de presunto feito pela nutricionista do Palmeiras. O lanche seria dos gandulas.

Quando se pensou que Jardel fosse entrar em campo, a mesma reportagem flagra o atacante passando "um óleo milagroso" no joelho. Especularam que o jogador tenha se machucado durante o aquecimento no vestiário, durante o intervalo.

Aliás, na volta do intervalo, o Flamengo tinha 10 jogadores. Tote, que havia sofrido um ferimento na cabeça, voltou correndo um minuto depois do reinício da partida. E foi autorizado pelo árbitro a retornar, já cobrando lateral.

Sem assunto, narrador e comentarista fizeram festa.

Flamengo retorna nesta sexta. Sem Jardel

O presidente Everaldo Cunha e o diretor Jankel Costa não retornam com o time do Flamengo. Eles ficam em São Paulo tentando acertar parcerias para o clube.

O desembarque rubro-negro em Teresina está marcado para 11h55min. Do grupo de jogadores, só Jardel não retorna. Segundo a imprensa paulista, ele segue, de novo, para tratamento em Fortaleza/CE.

Cesta sentado do outro lado da quadra?

Alguém acredita nisso que o Vince Carter, do Orlando Magic, fez?



Gostou? Parece que está rolando na NBA um campeonato de quem faz o lance mais incrível fora das partidas. Saca o que o Monta Ellis, do Golden State Warriors, aprontou em janeiro neste outro vídeo.



Campeonato do Nordeste: Piauí, só em 2013; Veja entrevista com o presidente da Liga

Antes da bola rolar na quarta-feira, conversei por telefone com Eduardo Serrano da Rocha, simpático torcedor do América/RN, presidente da Liga de Clubes de Futebol do Nordeste. O assunto é o Campeonato do Nordeste, o Nordestão. E também aquilo que interessa a River, Flamengo, Sampaio Correa, e Moto Club: participar do torneio.

Advogado, Rocha deu uma visão pessoal e jurídica do que pode acontecer. Afinal, tudo depende ainda de um acordo na Justiça, e do que os clubes da Liga aprovarem em assembleia. E também da CBF, porque Piauí e Maranhão estão na região Norte do mapa da entidade. Falou que tem muitos amigos em Teresina, que a cidade é muito simpática... Mas suas previsões, ainda otimistas, não são as que os clubes da capital piauiense esperam.


Então, sejamos didáticos. Vamos aos tópicos:

1) Vai rolar Campeonato do Nordeste em 2010?
- É preciso que seja dito e que fique claro. Estamos representando 16 clubes de uma Liga prestes a conseguir um acordo com a CBF, abrindo mão de indenização que lhe foi concedida com demanda judicial pela realização do torneio nos próximos três anos.

Comenta-se que a indenização pelas perdas da não realização do torneio seria de R$ 25 milhões. Rocha desconversou e disse que isso é o que menos interessa. Realmente, é o de menos.


2) Dá para incluir os times do Piauí e Maranhão na próxima edição?
- Sou advogado, e ao meu ver, isso é intransponível: o acordo judicial deve favorecer aqueles disputantes daquela ação. Os times do Piauí, assim como do Maranhão, disputaram a Copa Norte. São clubes do Nordeste, e sou favorável a vinda deles. Vejo com bons olhos, não tenho nada contra. Não é nem uma falta de interesse, mas não vejo isso ser possível juridicamente agora.

Nessa interpretação do acordo, se o mesmo sair, o Campeonato do Nordeste deve ser disputado também pelos mesmos 16 times que encerraram o torneio em sua última edição, no começo da década. 


3) Após três anos, em 2013, Piauí e Maranhão podem participar?
- A nossa previsão é de perenizar a competição. Não vejo motivo para não ser atendido o pleito dos clubes do Maranhão e Piauí. Se a Liga aprovar, eles vão participar do torneio seletivo. O Campeonato tem ascenso e descenso, e eles terão de disputar esse acesso. Falo por mim. Pode ser que a liga também não queira. Poderiam (piauienses e maranhenses) também tentarem organizar uma liga do Norte.

A sinalização é positiva, mas a liga ainda precisa aprovar essa inclusão de Piauí e Maranhão, e ver se isso não criará problemas com a CBF. Por isso, não dá para saber quais e quantos clubes de cada estado do meio norte entrariam no seletivo.


4) Presidente da liga pede paciência
- É prematuro fazer essa discussão. Ao invés de facilitar, pode prejudicar. Primeiro vamos ter a garantia do torneio. Precisamos ser mais prudentes nessa hora. Construímos um cenário. É preciso ter paciência e cuidado com essa situação.

Haverá uma reunião nesta quinta-feira em Aracajú/SE, às 17h. Muita coisa será discutida. É fato, Piauí e Maranhão estão fora de um torneio que sequer existe ainda. Para entrar, ou os Estados usam sua influência para tentar ajudar e conseguir sua inclusão em troca nesse acordo, ou então esperam pela Liga resolver a situação com a CBF. 

Futebol feminino: decisão em março

Estão marcados para março os jogos dos play offs que irão definir o representante piauiense na Copa do Brasil de Futebol Feminino. 

Dia 13 de março, José de Freitas, campeão da Copa Piauiense de Futebol Feminino, recebe o Tiradentes, campeão da Copa Batom, de Teresina. 

A partida de volta será dia 27, no estádio Albertão.

Sem apoio sequer para o transporte, só com o campo cedido pela Polícia Militar, o Tiradentes já representou o Piauí três vezes no torneio. Em 2007, ficou em quinto lugar.

Sarah Menezes de volta na sexta-feira

Com medalha de prata na mão, conquistada na Copa do Mundo de Budapeste, Sarah Menezes volta ao Piauí na próxima sexta-feira, em voo que desembarca em Teresina às 15h.

A Confederação Brasileira de Judô publicou fotos do último treino das meninas em Dusseldorf, na Alemanha. Depois de um mês treinando e competindo na Europa, hora de aproveitar a comidinha de casa.


Posts anteriores