Cidadeverde.com

Mundial de Judô: Sarah na semifinal!

Sarah Menezes (-48kg) superou a rival Jung-Yeon Chung, da Coreia do Sul, e está na semifinal do Mundial de Judô, disputado em Tóquio. A vitória foi por Ippon com 3 minutos e 53 segundos de luta. 

A judoca piauiense estreou contra mexicana Edna Carrillo e depois bateu a russa Liudmila Bogdanova. Ela encara agora a japonesa Tomoko Fukumi, líder do ranking e atual campeã mundial, com quem nunca lutou. A outra semifinal terá a japonesa Haruna Asami e a romena Alina Dumitru, atual campeã olímpica.  

Além de Sarah Menezes, Leandro Cunha também disputa semifinal hoje. Érica Miranda tenta a medalha de bronze, e Filipe Kitadai foi eliminado do torneio.

As semifinais, finais e disputas pelo bronze começam às 5h da manhã (horário de Brasília). No ano passado, Sarah Menezes perdeu nas quartas-de-final e depois foi derrotada pela mesma Chung na disputa de bronze.

Sarah Menezes está nas quartas-de-final do Mundial de Judô

Depois de passar pela mexicana Edna Carrillo, a judoca piauiense Sarah Menezes (-48kg) venceu, pelo segundo ano consecutivo, a russa Liudmila Bogdanova no Mundial de Judô. A brasileira garantiu vaga nas quartas de final contra a sul-coreana Jung-Yeon Chung.

O resultado já garante a piauiense na disputa por medalha. Se perder, ela irá para a repescagem tentar o bronze, o que não seria possível em caso de derrota nas rodadas anteriores. 

Chung venceu duas lutas por Ippon. É a atual quinta colocada do ranking mundial - Sarah Menezes ocupa o sexto lugar. No ano passado, as duas judocas se encontraram no Mundial na disputa pelo bronze. Em Roterdam, após o tempo normal e o desempate, a asiática levou a medalha na decisão dos árbitros. Neste ano, Chung venceu Sarah no Grand Slam de Paris.

Filipe Kitadai já foi eliminado do torneio. Leandro Cunha e Érica Miranda seguem na disputa.

Mundial de Judô: Sarah vence na estreia

A judoca piauiense Sarah Menezes (-48kg) estreou com vitória e avançou para as oitavas de final do Mundial de Judô, em Tóquio. 

Por volta de 23h30 (horário de Brasília), Sarah venceu por Ippon a mexicana Edna Carrillo, com cerca de dois minutos de luta. 

A próxima adversária da brasileira será Liudmila Bogdanova, da Rússia, que já perdeu de Sarah Menezes no Mundial do ano passado, mas a venceu na Copa do Mundo de Hamburgo, em 2007. Vai lá, a Sarinha tinha 17 anos. A previsão é de que o embate ocorra por volta de 0h30.

Leandro Cunha, Érica Miranda e Filipe Kitadai também venceram suas lutas de estreia hoje.

Mundial de Judô: Definida adversária de Sarah Menezes na estreia

A adversária da judoca piauiense Sarah Menezes (-48kg) em sua estreia no Mundial de Judô 2010 será contra a mexicana Edna Carrilo, que venceu a tunisiana Khumujam Tombi Devi com um Yuko, menor pontuação da modalidade.

A luta entre as duas em Tóquio está prevista para ocorrer por volta de 22h30 deste sábado, horário de Brasília, 10h30 da manhã no Japão.

Clique aqui e veja quem venceu na primeira rodada (arquivo PDF).

Sarah no Mundial - Guia Na Esportiva

O torneio mais importante do Judô no mundo recebe a atenção dos piauienses na madrugada de sábado para domingo. Sarah Menezes (-48kg), bicampeã mundial Sub-20, tenta pela segunda vez se tornar a melhor do planeta na categoria principal - terminou em quinto no ano passado. A disputa será em Tóquio, Japão, terra onde o esporte nasceu. E o Cidadeverde.com faz um guia para você torcer pela nossa judoca.

Rafal Burza

Transmissão
As lutas começam às 9h da manhã de domingo no Japão, 21h de sábado no Brasil. Sarah só deve lutar depois de 22h, pois folga na primeira rodada. O Cidadeverde.com estará de plantão acompanhando tudo.

Os confrontos eliminatórios são transmitidos pela Internet, com imagens fornecidas pela Federação Internacional de Judô em dois canais - veja aqui.

As semifinais e finais começam por volta de 5h da manhã, e são exibidas no Brasil exclusivamente pelo canal Esporte Interativo, disponível em antenas parabólicas, provedores de TV por assinatura, e pela Internet através do site Terra - veja aqui.

Confrontos
A estreia de Sarah Menezes será contra uma indiana ou mexicana. O blog já analisou os possíveis confrontos seguintes (veja aqui) e o retrospecto da piauiense ante suas principais adversárias (confira aqui). 

Clique aqui e imprima a chave para acompanhar os resultados (arquivo PDF).

Campanha em 2010
Sarah Menezes fez 20 lutas internacionais neste ano. Venceu 15. O aproveitamento de 75% é igual ao de todo o ano de 2009. Veja os resultados nos principais torneios do ano.

Grand Slam de Paris - 5º lugar
Copa do Mundo de Budapeste - 2º lugar
Grand Prix de Dusseldorf - 7º lugar
Pan-Americano - 1º lugar
Grand Slam do Rio de Janeiro - 5º lugar
Copa do Mundo de São Paulo - 1º lugar
Grand Slam de Moscou - eliminada na 1ª rodada


Estatísticas e curiosidades
Erika Miranda e Leandro Cunha e Felipe Kitadai também lutam na madrugada deste domingo.

Com as pratas de Mayra Aguiar e Leandro Guilheiro em Tóquio, o Brasil soma 19 medalhas em Campeonatos Mundiais Sênior de Judô: 4 ouros, 4 pratas e 13 bronzes.

Nunca uma brasileira foi campeã mundial sênior. Mayra Aguiar foi a primeira finalista da história do país. Veja mais.

O mundial dará pontos para o ranking da modalidade, que classifica os melhores para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012: ouro 500 pontos, prata 300 pontos, bronze 200 pontos, quinto lugar 100 pontos, sétimo lugar 80 pontos.

Se fosse hoje, Sarah Menezes seria a representante brasileira da sua categoria nas Olimpíadas.

Sul-Americano de Badminton é confirmado para dezembro em Teresina

Já está no site da Badminton Pan Am, a entidade maior do Badminton nas Américas: o Sul-Americano Júnior será em Teresina, de 1º a 5 de dezembro.


O presidente da Federação de Badminton do Piauí - Febapi -, Francisco Ferraz, já trabalha para garantir a realização de um grande evento, com cerca de 200 atletas de 10 países do continente. 

O local também já foi escolhido. Será o ginásio do Instituto Federal do Piauí - IFPI -, antigo Cefet e Escola Técnica, no Centro da capital. 

Depois da última etapa do Campeonato Brasileiro, Ferraz estima que cerca de nove piauienses estejam classificados para a competição, seis deles do time da Febapi e outros três da Associação de Badminton do Grande Dirceu - Adbagdi.

Teresina, tão carente de eventos esportivos, prepare-se para uma grande festa. É hora de buscar mais apoios, encorajar nossos atletas e receber brasileiros e estrangeiros de braços abertos.

Goleiro comemora defesa antes da hora

Sucesso no Youtube, fracasso nos gramados.

O goleiro Khalid Askary, do FAR Rabat, defendeu a cobrança de Mohamed Ali Benaamar, do Maghreb Fez, em jogo das oitavas de final da Copa do Marrocos.

Defendeu, saiu para comemorar, e a bola foi entrando... No final, o FAR Rabat perdeu por 7 a 6 e foi eliminado.


Mundial de Judô: Sarah precisa superar tabu para ouro inédito

Sarah Menezes luta de sábado para domingo no Mundial de Judô em busca de um feito inédito para o país: a medalha de ouro no feminino. Mas, para isso, enfrentará um tabu. Com 15 vitórias nas 20 lutas de 2010, sexta no ranking da Federação Internacional de Judô, ela jamais venceu uma das outras que integram o top 10 da categoria até 48kg.

Valdecir Carvalho/Fotocom

Das melhores do ranking, duas japonesas não estão presentes por conta do limite de duas inscritas por país no mundial. Emi Yamagishi, hoje terceira do mundo, bateu a piauiense no Grand Slam do Rio de Janeiro no ano passado. Já Kaori Kondo, nona na lista, nunca lutou com a judoca.

Quem também não enfrentou Sarah Menezes até hoje foi Tomoko Fukumi, líder do ranking e provável adversária na semifinal do Mundial, e Frédérique Jossinet, francesa quarta do mundo.

A situação só muda para Sarah Menezes quando a lista passa para o 11º lugar, onde está a argentina Paula Pareto, derrotada pela piauiense três vezes em quatro confrontos. 

Veja no quadro o retrospecto de Sarah com as adversárias no ranking mundial:

 Pos.JudocaContra SarahSarah pega no Mundial
 1Tomoko Fukumi (Japão)Nunca enfrentou Semifinal 
 2Haruna Asami (Japão)Venceu na final da Copa do Mundo de Budapeste, na Hungria (Fevereiro/2010) Final 
 3Emi Yamagishi (Japão) Venceu no Grand Slam do Rio de Janeiro (Julho/2009) Não foi
 4Frederique Jossinet (França)Nunca enfrentou Final 
 5Jung-Yeon Chung (Coreia do Sul)Venceu disputas de bronze no Mundial 2009 (Holanda) e Grand Slam de Paris (Fevereiro/2010) Quartas
 7Alina Dumitru (Romênia)Venceu quartas-de-final do Mundial 2009 (Holanda) Final 
 8Eva Csernoviczki (Hungria)Venceu na estreia das Olimpíadas de Pequim (2008) Não foi 
 9Kaori Kondo (Japão)Nunca enfrentou Não foi
 10Nataliya Kondratyeva (Rússia)Venceu na Super Copa do Mundo de Moscou (2008) Final







Piauí no pódio da Corrida da Independência

A piauiense Conceição de Maria Carvalho, de Campo Maior, ficou em segundo lugar na Corrida da Independência, prova de 10 quilômetros disputada no 7 de setembro, nas imediações do Museu do Ipiranga, em São Paulo.

Chemtai Rionotukei, do Quênia, foi a campeã, com 35min, contra 36min40seg da piauiense. No masculino, Francisco Barbosa dos Santos (30min23seg) ficou com o título.

Mundial de Judô: Gaúcha consegue prata inédita para o Brasil

Mayra, de azul, vencendo judoca de Cuba na fase classificatória

Mayra Aguiar (-78kg) conseguiu um feito inédito para o Brasil no primeiro dia do Mundial de Judô 2010. Depois do bicampeonato mundial da piauiense Sarah Menezes na categoria Sub-20, foi a vez da judoca gaúcha ser finalista em um mundial sênior. Na final, a brasileira perdeu para a norte-americana Kayla Harrison, no golden score (luta de desempate), e ficou com a prata. Antes, o país só havia conquistado bronze no feminino.

Mayra tem 19 anos e segue trajetória de sucesso no judô como Sarah Menezes. As duas são tidas como principais nomes da nova geração nacional. A gaúcha foi prata em 2008 e bronze no Mundial Sub-20 de 2009, duas edições em que a piauiense foi campeã. 

O Mundial de Judô continua até domingo. Sarah Menezes (-48kg) luta na madrugada de sábado para domingo em busca de mais uma medalha para o Brasil. Se Mayra levou a prata, vamos torcer por um ouro e outro feito inédito da nossa fera piauiense.

Outros brasileiros
O dia começou mal em Tóquio, com Luciano Correa (-100kg), favorito ao ouro, eliminado logo na primeira luta para Kyle Vashkulat, dos Estados Unidos. Walter Santos (+100kg) foi outro derrotado na estreia por Ippon, pelo ucraniano Stanislav Bondarenko. Maria Suelen Althemam (+78kg) deixou o torneio na primeira rodada após sofrer punição ante Maki Tsukada, do Japão.
 
Rafael Silva (+100kg) chegou mais longe. Venceu duas lutas e perdeu nas quartas-de-final para o francês Teddy Riner. Depois, na disputa pelo bronze, caiu diante de outro francês, Matthieu Bataille.

Posts anteriores