Cidadeverde.com

Judô: Grand Slam de Paris - 1ª Parcial

Sarah Menezes (até 48kg) estreou agora contra a francesa Laetitia Payet e venceu com um Yuko. Sua adversária nas quartas-de-final será a sul-coreana Jung-Yeon Chung, que derrotou a judoca na disputa de bronze do Mundial Sênior, disputado no ano passado na Holanda. Sarah é hoje a oitava do ranking. Jung, a quarta.

Além de Sarah, só Érica Miranda (até 52kg) continua na disputa pelo Brasil neste primeiro dia de competições. Ela derrotou a holandesa Kitty Bravik por Ippon, e encara na próxima fase a japonesa Misato Nakamura.

Daniela Polzin (até 48kg), que foi derrotada por Jung Chung, Andressa Fernandes (até 52kg), Ketelyn Quadros (até 57kg), Mariana Silva (até 63kg), Ricardo Ayres e Breno Alves (até 60kg), Alex Pombo (até 66kg), e Marcelo Contini (até 73kg) já estão eliminados, sem direito a repescagem.

As lutas começaram por volta de 6h da manhã. As finais estão previstas para 12h, no horário de Teresina.

Mais detalhes, acompanhe no Twitter aqui do lado, com os resultados em tempo real.

Jogador deixa time em Piripiri e é contratado pelo futsal de Santa Catarina

O J. Frios, de Piripiri, e o Atalanta, de Batalha, decidem neste domingo o título da regional de Piripiri da Copa Norte de Futsal. Mas o J. Frios teve um desfalque importante: Joney Herbert, que ajudou o time a marcar 27 gols em apenas três partidas.

Joney deixou o time amador do norte do Piauí para jogar no Ibirama, clube de Santa Catarina, onde estão os principais jogadores brasileiros. Natural de Paracuru/CE, o jogador defendeu times de Tianguá e Fortaleza, até parar em Piripiri e ser chamado pelos catarinenses.

- Foi uma surpresa, ninguém esperava esse convite. Ele viajou na quinta-feira e se despediu da gente no domingo, marcando dois gols na semifinal -, disse o empresário Jean Azevedo, que mantém o time.

Mesmo não sendo piauiense, uma contratação dessas, saíndo daqui, não é comum. Boa sorte ao Joney Herbert.

Domingo de decisão no futsal em Piripiri

Domingo é dia de festa no futsal de Piripiri, a partir de 8h30 na quadra do Sesc Ler. J. Frios e Atalanta, de Batalha, disputam o título da regional de Piripiri da Copa Norte, a vaga na próxima fase, e o troféu 100 anos de Piripiri.

O J. Frios venceu a semifinal contra o Bahenas na semana passada por 6 a 2. Já o Atalanta bateu por 9 a 6 o Ytacoatiara. Na final, não há vantagem: empate, prorrogação, e pênaltis.

O campeão da regional de Piripiri encara o melhor da regional de Buriti dos Lopes: Arsenal, de Esperantina, ou Young Club, de Parnaíba, que se enfrentam no dia 20. O torneio ainda tem as regionais de Esperantina e Joaquim Pires.

Torcida contra na estreia de Sarah em Paris

Fábio Lima/Cidadeverde.com


Finalmente, as chaves do Grand Slam de Paris 2010 estão aqui (arquivo PDF)!

Sarah Menezes só luta na segunda rodada, contra a francesa Laëtitia Payet, quinta colocada no Grand Slam do ano passado, assim como a piauiense.

Em 2008, Payet venceu outra brasileira, Daniela Polzin, que caiu na mesma chave de Sarah Menezes. Ela aguarda a campeã do confronto entre Lolita Dagher, da Líbia, e Jung-Yeon Chung, da Coreia do Sul,

Chung é a mesma coreana que derrotou Sarah na disputa pelo bronze, no Mundial Sênior de 2009, na Holanda.

E vamos para as apostas:

Chave A - Tomoko Fukumi, do Japão. É só a campeã mundial.
Chave B - Emi Yamagishi, do Japão. Apesar dessa ser a chave mais difícil, pois também tem a húngara Eva Csernoviczki, que venceu Sarah Menezes na estreia dos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008.
Chave C - Frederique Jossinet, da França. E passa fácil.
Chave D - Sarah ou Chung? Vai ser luta boa, vamos de... Sarah (achou que eu ia apostar em quem?).

Semifinal, Fukumi contra Yamagishi, dá Yamagishi, para fazer a final com a Sarah, que passa pela francesa que eu pensei que tinha era se aposentado. Está com 34 anos.

Agora é torcer. E nem precisa acordar muito cedo. As lutas começam às 6h no nosso horário, mas Sarah só deve competir a partir de 7h.

Cinema Na Esportiva: Uma história de futebol com cara de Cidade de Deus



Show de Bola

(Brasil-Alemanha, 2008, 101min)

O roteiro é sobre a história de um menino pobre, bom de bola, que sonha em ser jogador de futebol para poder mudar de vida. O título é manjado, e não traduz o que o filme representa. Produção nacional, Show de Bola é mais do que aparenta.

Protagonizado por Thiago Martins, o filme pega carona no sucesso de Cidade de Deus, Carandiru, e outros do gênero "verdade nua e crua da violência brasileira". O mocinho é Tiago, garoto bom de bola que vive em uma favela do Rio de Janeiro, e se vê em um dilema: será preciso entrar no mundo do crime para ser um craque dos gramados?

Tiago fez suas escolhas e terá de conviver com as consequências delas. É a partir daí que o filme ganha tom mais realista e menos ufanista do sonho de viver da bola. Para mostrar que nem tudo são flores, o diretor Alexander Pickl não economizou em cenas fortes. O vilão Tubarão, vivido por Lui Mendes, comanda a incineração de um homem amarrado em pneus, por exemplo.



Romance, picuinha, vingança, misticismo... A história traz tantos elementos como a própria nação brasileira. Por isso, as vezes faz o filme dar voltas até reencontrar o eixo da história. Mas se acha em um final, que retrata o futuro incerto de quem nasce condenado a não ter opções na vida.


O esporte off road de luto

Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com

Dogno pronto para flagrar motos e carros no Parnacorreia de 2008, e tirando um cochilo no bagageiro do carro depois do dia puxado na praia de Camocim/CE. Boas lembranças...

Fazer cobertura de ralis e outros eventos esportivos fora de estrada era quase certeza de encontrar  Dogno Içaiano. Era o cinegrafista preferido, pela qualidade e irreverência.

Dogno faleceu em Teresina na manhã desta sexta-feira vítima de malária, que contraiu em uma dessas viagens.

No Parnacorreia de 2008, ele brincou que iria viajar no porta malas do carro. E por lá ficou dormindo até que todo mundo acreditasse: - Caramba, ele vai mesmo! Vamos tirar ele de lá!

Era uma figura. A presença dele alegrava qualquer viagem. Mas Dogno não fará falta somente por isso. Era profissional com a qualidade de poucos, e convivia comigo e outros meros aprendizes com a mesma simplicidade.

Um nome para se lembrar sempre com alegria.

Conheça o Raposão



A ideia de se vestir de Raposa veio no ano passado, quando o Flamengo enfrentou o Vasco pela Copa do Brasil. Ninguém precisa lembrar que o rubro-negro foi eliminado com derrota por 4 a 1 no jogo de ida, no Albertão - é só um detalhe bobo.

Desde então, Francisco José, 44 anos, sai do bairro Cristo Rei, zona sul, voluntariamente. Veste as roupas e a cabeça de Raposa, e entra em campo junto com flamenguetes e jogadores do Flamengo.

O futebol também vive dessas figuras quase anônimas.

Considerações sobre a tabela do 1º Turno

Sim, amigo! Saiu a tabela do 1º Turno do Campeonato Piauiense!

O Piauí jogará em José de Freitas, e faz bem. Para quem nem queria entrar no torneio, é uma boa para diminuir os prejuízos de renda quando os jogos eram em Teresina.

O primeiro Rivengo, dia 14 de março, está marcado para o Lindolfo Monteiro. O mando é do Flamengo, que certamente vai querer mudar o local da partida para o Albertão.

Aliás, o Flamengo estréia fora de casa com o 4 de Julho, com quem decidiu os dois turnos do Campeonato Piauiense de 2009. E no palco do título do returno e do Estadual. Na rodada seguinte, a pedreira será Picos, vice-campeão do ano passado e tido como favorito ao título.

O River folga na última rodada. Terá de fazer seus pontos logo para não ter de torcer sozinho na reta final.

A tabela já prevê jogos noturnos no estádio Ytacoatiara, a Arena Colorada do 4 de Julho. A iluminação foi instalada em dezembro, e a estreia dela com jogos oficiais será dia 10 de março, contra o River. Também é o único marcado para a noite. Assim como a estreia no domingo, 28, com o Flamengo será a única partida às 9h da manhã.

Túlio acha difícil jogar o Piauiense

Túlio, em entrevista publicada na noite desta quinta no Globoesporte.com:

- Essa etapa final do piauiense é difícil eu jogar. Mas amistosos posso fazer. Faz parte do projeto para acelerar o gol mil. Querem me contratar para fazer frente ao Jardel, que foi contratado pelo Flamengo-PI, maior rival deles.

- Tem que esperar a competição acabar. Nossa intenção é conseguir a classificação para a Série D. Quando o estadual chegar ao fim, vou parar para analisar o que vou fazer. Mas tenho que levar em conta também que sou vereador em Goiânia e pré-candidato nas próximas eleições. Preciso ficar por perto.

O discurso é de quem já está comprometido com um time. Pega mal falar que já tem destino quando o torneio acabar. E se o Botafogo/DF quiser o Túlio na Série D?

Não custa nada ter um plano B, riverinos. Vão pensando nisso.

Nivaldo Lancuna no River?

Durante o encontro com o jogador Túlio na última terça-feira, o presidente do River, Elizeu Aguiar, apareceu nas fotos acompanhado de uma velha figura do futebol piauiense, que passou os últimos anos no Tocantins: Nivaldo Lancuna.

Polêmico e sem papas na língua, o técnico campeão pelo River no início da década trabalhou na primeira gestão de Elizeu na agremiação tricolor. Não deu sorte.

Antes disso, Lancuna deixou o Piauí com uma dúvida que persiste: o River entregou o jogo contra o 4 de Julho para tirar o Flamengo das finais do Campeonato Piauiense de 2000?

Mas agora surge uma dúvida maior e mais importante: O que fazia Nivaldo Lancuna em Brasília/DF com Túlio e Elizeu? A foto só dá força aos rumores de que o o treinador irá comandar o River nesta temporada.

Posts anteriores