Cidadeverde.com

River diz que não foi avisado de reunião

Antes de começar o Conselho Arbitral na noite desta terça-feira, na sede da Federação de Futebol do Piauí, o River Atlético Clube justificou a ausência na reunião do início do mês.

Segundo o supervisor de futebol Evaldo Carvalho, o clube não teria sido avisado da reunião.

- Fiz questão de explicar porque vi as notícias de que o River não tinha se interessado em ir para o Arbitral, e expliquei que o River não foi comunicado.

Mudança de faixas - Judô Queiroz

Enquanto todo mundo pensa na Sarah Menezes, 18 judocas só pensam em receber sua faixa nova. A solenidade acontece na noite desta terça-feira, às 19h30min, no Judô Queiroz (avenida Marechal Castelo Branco com rua São Pedro, Centro/Sul).

Entre os atletas do professor Abdias Queiroz que serão promovidos na modalidade estão Joseanne Fernandes, prata no último sul-americano escolar; Joesley Brito, atual campeão brasileiro Sub-15; Pedro Vitor Gomes, e Antônio Fabrício Alves, campeão pan-americano Sub-17.

Por onde anda: Índio, zagueiro do River

Índio foi apresentado na semana passada pela Agremiação Sportiva Arapiraquense, o ASA de Arapiraca/AL. Ele chegou ao clube na quinta-feira.

Hoje com 25 anos, Israel da Silva Alves foi revelado pelo River, e foi campeão potiguar pelo Baraúnas/RN. Também defendeu o Treze/PB. O contrato, segundo a assessoria do clube, vai até o fim da temporada.

Todo o esforço para torcer por Sarah



Samara e Sâmia Menezes poderiam entrar para ver a cerimônia de entrega do Prêmio Brasil Olímpico. Mas ficaram na arquibancada do ginásio do Maracanãzinho ontem à noite.

Elas ajudaram a judoca a se arrumar para a festa.  Depois, tiveram de se arrumar, perderam a hora e não puderam ficar na área destinada aos convidados da homenageada.

Mas, pelos gritos, deu para perceber fácil, fácil quem eram elas. As duas ainda tiveram de esperar mais de quatro horas para abraçar a irmã.

Na foto, Samara, Felício Carriço, praticante do Pentatlo e um dos amigos de Sarah na Marinha, e Sâmia.

Barras continua mesmo se Manin Rego sair

A boa notícia para os torcedores do campeão piauiense de 2008.

Falei no final da manhã de hoje com Paulo Afonso Silva, o Painha, presidente do Barras Futebol Clube. Ele garantiu que o time será inscrito no Campeonato Piauiense mesmo com o processo de cassação do prefeito Manin Rêgo (PMDB).

- A prefeitura é o maior patrocinador do time, mas acredito que qualquer prefeito que entrar lá não vai deixar de apoiar o Barras. Se não apoiar, nós vamos buscar um jeito de manter esse time. O Barras caiu nas graças do torcedor.

Painha e outros dirigentes já se reuniram com Manin Rêgo após a decisão da Justiça Eleitoral na semana passada, da qual o prefeito ainda recorre. Ficou garantido que o apoio ao clube continua enquanto o gestor estiver no cargo. Um projeto aprovado na Câmara Municipal destina recursos ao Leão do Marataoan, e precisaria ser revogado.

Além disso, na reunião do Conselho Arbitral que acontecerá hoje à noite na Federação de Futebol do Piauí, o Barras vai defender a realização do torneio no primeiro semestre, a partir de março. Com a reforma do estádio Juca Fortes e o novo gramado, o local só estará livre para treinos no dia 20 de janeiro.

O Barras também não quer repetir o formato de 2009, dividido em grupos, e defende a volta do Turnão, com mata-mata entre os quatro melhores.

- O Barras só viajou e os times de Teresina ficaram jogando em casa. Além disso, o Barras não foi a Picos, não foi a Floriano. Nós queremos um campeonato forte, competitivo.

As lágrimas de Joaquim Cruz

Sérgio Huoliver/COB


São emoções demais em tão pouco tempo para Joaquim Cruz.

O menino que só não nasceu em Corrente, sul do Piauí, porque a mãe fugiu da seca para o Distrito Federal, hoje tem sotaque forte dos Estados Unidos, onde mora e treina a seleção de atletismo paraolímpica.

Joaquim Cruz já havia recebido do Comitê Olímpico Brasileiro homenagem pelos 25 anos do ouro olímpicos nos Jogos de Los Angeles, em 1984. Foi escolhido pelo mesmo COB para acender a pira dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007.

Ontem,  recebeu do ex-jogador de pólo aquático, e ex-presidente da Fifa, João Havelange, o Troféu Adhemar Ferreira da Silva, dado a atletas que sejam exemplo de postura ética, fraterna, e moral.

Foi, para mim, um momento tão emocionante quanto o anúncio da vitória de Sarah Menezes.

Sarah Menezes melhor do ano: os bastidores

Sérgio Huoliver/COB

O que Lula disse
- Você é mesmo de Teresina? - perguntou o presidente durante a premiação.
- Sim, sou. - respondeu Sarah.
- Poxa, o Wellington Dias deve estar muito feliz...

Comemoração discreta
Sarah Menezes não gosta de badalação. Foi convidada por amigos judocas do Rio de Janeiro para comer sushi em um restaurante carioca. Isso só depois de 0h, quando ela terminou de dar entrevistas por conta da conquista do prêmio.

Reconhecimento divertido
O encontro com as irmãs só ocorreu por volta de 2h da madrugada, no restaurante Beck, na praia de Copacabana. Ao descer do carro, ela foi reconhecida de cara por um dos proprietários do estabelecimento, que passou a bater palmas para a atleta enquanto ela entrava. Ainda não acostumadas com a "badalação", todas começaram a rir.

O empresário pediu desculpas pelo serviço de cozinha estar fechado, mas prometeu presentear a judoca com qualquer bebida que ela pedisse. Veio um suco de laranja. Todos tiraram fotos, e o proprietário disse que o registro irá para o mural do restaurante.

Sérgio Huoliver/COB


Figurino
Para quem elogiou a produção de Sarah Menezes, a maquiagem foi da irmã e jornalista Sâmia, e o cabelo foi responsabilidade da irmã Samara. O vestido foi um presente da tia Rosângela Menezes, que cuida de um ateliê da família no Centro de Teresina, próximo ao Instituto Dom Barreto.

Nervosismo
O discurso já pronto para agradecer a todos pelo prêmio não foi suficiente para impedir atropelos, como chamar o prefeito Sílvio Mendes de presidente. Horas mais tarde, Sarah Menezes revelou:

- Da cintura para baixo eu não sentia nada...

Hora do retorno
O voo de Sarah e Expedito atrasou. Desde 9h (de Brasília) no aeroporto, ela só deve chegar em Teresina às 14h50min, em voo da Gol.

Frases: Sarah Menezes melhor do ano

- A vitória dela foi chegar lá. A vitória de hoje foi do povo piauiense. Ela venceu por estar lá, mas quem colocou ela como ganhadora foram os piauienses.
Danys Queiroz, presidente da Federação Piauiense de Judô (ao Cidadeverde.com)

- Parabéns Sara Meneses, por representar tão bem o Brasil e principalmente encher de orgulho o nosso amado Piauí. Você merece muito mais.
Antônio José Medeiros, secretário estadual de Educação (no Twitter)

- Valeu Sarahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Ciro Nogueira, deputado federal (no Twitter)

Isso é que é empolgação...


Júri técnico elege Poliana Okimoto a melhor

Ivan Storti


Se perdeu o prêmio do Comitê Olímpico de melhor do ano, a nadadora Poliana Okimoto pode comemorar outro feito, em área onde realmente teria vantagem.

Nesta segunda-feira (20), o jornal O Estado de São Paulo escolheu Poliana e César Cielo como os destaques do esporte brasileiro em 2009. A votação foi feita por mais de 150 jornalistas.

Poliana Okimoto (41%) superou até mesmo a craque Marta (21%), eleita nesta segunda, mais uma vez, a melhor jogadora de futebol do mundo. Sarah Menezes teve apenas 2% dos votos.

Não se assuste, foi merecido mesmo. Poliana teve um desempenho fantástico em 2009, em competições sênior. Sarah também foi espetacular, mas seu principal feito foi na categoria sub-20, o bicampeonato mundial. Isso, em uma eleição técnica, pesa.

Falta espaço para prêmios na casa de Sarah

Sarah Menezes ganhou o Prêmio Brasil Olímpico de 2009, e chega nesta terça-feira a Teresina com mais um troféu para sua coleção. A dúvida é: onde ela vai guardar.

A casa da judoca passará por reformas. No último sábado, quando eu conversava com a atleta, o técnico Expedito Falcão fez Sarah Menezes revelar o problema.

- ... Mas precisa arrumar um espaço para guardar as coisas lá, que ali já não cabe -, disse Expedito.

- Mas vai ter. Pode esperar... -, respondeu Sarah.

Posts anteriores