Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo, Fluminense e Vasco se unem contra Ferj

Imprimir
O fracasso do Campeonato Carioca já tem reflexos nos bastidores do futebol do estado e, principalmente, na relação entre clubes e a Federação. Nesta segunda-feira, véspera da eleição na Ferj, Flamengo, Fluminense e Vasco se reuniram para discutir os rumos do futebol no estado e mostrar sua insatisfação com a Ferj.



A irritação se deve, principalmente, ao lado financeiro. Os jogos deficitários em sua maioria e a redução das cotas de TV de Flamengo e Vasco foram um estopim. Até o fim do dia é esperada a divulgação de uma nota oficial dos três clubes.

A posição conta com a concordância dos três presidentes: Eduardo Bandeira de Mello, do Flamengo, Peter Siemsen, do Fluminense, e Roberto Dinamite, do Vasco. Só o clube rubro-negro, por exemplo, perdeu R$ 2,8 milhões em cotas de TV em relação a 2013. O Vasco também teve perda na mesma proporção. Em contrapartida, a bonificação por resultados aumentou.

O campeão recebeu R$ 800 mil em 2013 e vai receber R$ 3,5 milhões em 2014. Neste ano, a Federação recebe R$ 14,7 milhões entre patrocinadores, parte do contrato de tv e publicidade durante as partidas. Deste total, a estimativa é que 54% permaneça nos cofres da entidade. A sensação de que a divisão com os clubes deveria ser maior é latente.

A atitude da Ferj, considerada arbitrária, irritou principalmente a diretoria do Flamengo, que puxou o movimento para discutir o futebol carioca. Fluminense e Vasco, antes alinhados com a Federação, também ficaram incomodados. O Botafogo, por sua vez, se mantém ao lado de Rubens Lopes, mandatário da federação, pelo menos por enquanto. Lopes foi confirmado como candidato único na última semana e será reeleito para o terceiro mandato nesta terça-feira.

O Flamengo cogitava não mandar representante ao pleito, como protesto. O Fluminense, por sua vez, tem seu representante na Federação, Marcelo Penha, como um dos membros do comitê eleitoral da entidade. Em entrevista à Rádio Globo, Rubens Lopes admitiu a insatisfação com o Carioca de 2014, mas deixou transparecer a decepção com Fluminense e Vasco por terem participado deste movimento com o Flamengo.


Fonte: ESPN
Imprimir