Cidadeverde.com
Geral

OAB investiga denúncia de maus tratos a animais em curso da UFPI

Imprimir

Os laboratórios do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Piauí (UFPI) foram alvos de denúncia anônima encaminhada a Ordem dos Advogados do Brasil secção Piauí (OAB/PI). A denúncia anônima teria relação com a suposta prática de maus tratos contra animais durante as aulas da disciplina de Fisiologia. 

Segundo o presidente interino da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da OAB/PI, Esdras Nery, a denúncia se referia as condições físicas do laboratório de fisiologia. "A estrutura física inclui a infraestrutura do laboratório como equipamentos, rede elétrica e hidráulica, material utilizado nas práticas. A denúncia também se referia ao uso de medicamentos vencidos em animais", explica o advogado. 

Após análise do material que foi entregue na OAB apenas em um envelope sem qualquer identificação, a comissão se reuniu e resolveu estender as investigações também para o Hospital Veterinário da UFPI. "As investigações são sobre a estrutura física que o hopsital oferece aos animais, clientes e aos profissionais e alunos que atuam na instituição".  

A OAB encaminhou a denúncia também para o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), ao Comitê de Ética e Experimentação Animal da UFPI e para o Ministério Público Federal, que já instaurou um procedimento administrativo investigatório para avaliar se a denúncia tem fundamento ou não. 

O CRMV também instaurou uma investigação, mas apenas sobre as condições de atendimento do Hospital Veterinário, já que não está entre as competências do Conselho investigar os laboratórios da universidade. 

Uma campanha foi lançada nas redes sociais propondo um abaixo-assinado para que o MPF e OAB investiguem as denúncias. Até agora já foram colhidas 5.704 assinaturas virtuais. No site da Avaaz, uma comunidade de mobilização online, abaixo do pedido das assinaturas vem a seguinte explicação: " Vamos cobrar explicações sobre os crimes ambientais ocorridos em sala de aula. Sua participação vai ajudar a acerlerar o processo e não deixar que os culpados saiam impunes dessa crueldade.Assine e compartilhe!". 

Sana Moraes 
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir