Cidadeverde.com
Últimas

Wellington vai ao Japão negociar recursos para o Matopiba

Imprimir

A convite da presidenta Dilma Rousseff e da ministra da Agricultura Kátia Abreu, o governador Wellington Dias se junta aos governadores do Maranhão, Bahia e Tocantins em viagem oficial ao Japão, entre os dias 1 e 6 de dezembro. Segundo o chefe do executivo do Piauí, a viagem terá como objetivo negociar e celebrar um acordo entre os governos brasileiro e japonês.

A presidenta e os governadores irão negociar um contrato com o governo japonês e com as agências de financiamento de bancos japoneses, Jica e Gbic, para financiar a infraestrutura e projetos produtivos e industriais na região  vão beneficiar os quatro estados da região de desenvolvimento.  A previsão é de um contrato de aproximadamente R$ 3 bilhões para os quatro estados e a expectativa é definir o teto possível para cada um deles

Wellington Dias explica que o Piauí será beneficiado com recursos para dar continuidade à segunda etapa da rodovia Transcerrados e às rodovias que dão acesso a ela e para financiar a hidrovia do Rio Parnaíba e o sistema de comunicação da região Sul do estado com a instalação de fibra ótica para dar suporte ao sistema de banda larga. “Além disso, vamos buscar recurso para o financiamento na área industrial para o setor privado; tomando como base o modelo, que é um misto de central de cooperativas com sociedade anônima, como é o caso da Casa Apis e Coocajupi, em Picos”, informou Wellington, que acrescentou que também vai discutir projetos na área da mineração.

O governador destacou o modelo bem sucedido do Acre, que agrega valor à produção de milho, de soja, de sorgo e outros produtos, industrializando-os no local onde são produzidos. “Parte do recurso do Acre será utilizado para isso. A safra é bem aproveitada, sendo também utilizada para a produção de ração, criação e engorda de frango, suínos e peixes. Queremos trazer essa experiência para o Piauí”, afirmou o governador.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir