Cidadeverde.com
Esporte

Neymar nega ter escutado gritos racistas de torcedores do Espanyol

Imprimir

Ao falar pela primeira vez sobre os gritos de racismo da torcida do Espanyol durante o clássico contra o Barcelona, Neymar negou que tenha escutado as ofensas dentro de campo, no sábado.

“Não escutei os gritos. Não escuto as coisas fora do campo, só jogo futebol”, afirmou o brasileiro, em declaração ao Atresmedia ao sair do Hospital Vall d’Hebron, onde visitou crianças doentes.

No clássico catalão entre Barcelona e Espanyol, válido pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol, alguns torcedores do Espanyol dispararam gritos racistas contra o brasileiro. O árbitro da partida, González González, não relatou nenhum incidente na súmula. O Barcelona pediu uma investigação do caso à Federação Espanhola, que promete avaliar as imagens das emissoras de TV que flagraram os insultos.


Fonte: FOOTSTATS

Imprimir