Cidadeverde.com
Destaques da TV

Feito em Casa mostra Saliva e destaca trabalho de seu idealizador

Imprimir

A 8ª edição do Salão do Livro de Valença(Saliva) e o trabalho de seu idealizador, o professor Kássio Gomes, que organiza esse e outros salões pelo Piauí, foram destaques do Feito em Casa, deste sábado(3).

O apresentador Cineas Santos considera que Kássio Gomes vem fazendo uma "pequena grande revolução no Piauí" com os salões, que se multiplicam pelo interior do Estado. "Um cidadão com enorme capacidade de realizar coisas", disse.

Cineas ressaltou que fazer um salão de livro é complicado em qualquer lugar, mas se existe um lugar que um salão de livro efetivamente pegou é em Valença(PI). Segundo ele, o Saliva deste ano contou com grandes expressões da cultura brasileira e citou o escritor e músico Thiago E, com quem conversou na reportagem.

Thiago revelou para Cineas que também é fã do Kássio e acha louvável esse trabalho de aproximar a escrita das pessoas no seu dia a dia. O escritor disse que sente o maior prazer em falar sobre poesia e o poder transformador da arte, como fez no Saliva.

Entrevistando Kássio, o assunto foi sobre o desafio em realizar um salão do livro na sua cidade natal. Para ele, é muito maior e mais difícil, pois nos outros municípios Kássio disse que é acolhido e em sua cidade, além de ser a pessoa que vai acolher tem que jogar em todos os setores. Mas o professor afirmou que é um desafio prazeroso e que faz o Saliva com muito zelo.

Finalizando a reportagem, Cineas lembrou que cidades como Floriano, São Raimundo Nonato, Piripiri e Esperantina, que segundo ele, tem maior ponencial econômico que Valença, não realizam salões. Ele lançou a idéia para os parlamentares, sugerindo que criem um salão do livro nas suas cidades.

Veja na íntegra a reportagem sobre o Saliva!


Marcelo Lopes
marcelolopes@cidadeverde.com

Imprimir