Cidadeverde.com
Esporte

Chapecoense quer goleiro Follmann no departamento de futebol

Imprimir

No momento, a Chapecoense está empenhada em ajudar a todo custo na recuperação dos três atletas do clube sobreviventes da tragédia de 29 de novembro – Alan Ruschel, Neto e Follmann. A expectativa local é que os dois primeiros voltem a jogar futebol.

Quanto a Follmann, que teve parte de uma perna amputada, o clube trabalha com várias hipóteses: uma delas é que o goleiro passe a trabalhar no Departamento de Futebol.

O assunto é tratado reservadamente. Mas o vínculo do goleiro com a Chapecoense deve se estender por tempo indeterminado. Os detalhes da iniciativa ainda estão em fase de elaboração, como revelou ao Terra uma fonte do clube catarinense.

O convite a Follmann vai ser feito depois que ele receber alta do hospital. Até lá, a ordem na Chapecoense é manter a discrição. A ideia também tem como objetivo acelerar a adaptação do goleiro à nova realidade.

Nascido em Alecrim, no Rio Grande do Sul, Jackson Follmann, de 24 anos, começou sua carreira profissional em 2011, atuando pelo Juventude. Antes disso, porém, integrou a Seleção Brasileira Sub-19. Ele passou pelo Grêmio e jogou ainda pela Linense-SP e URT-MG.


Fonte: Terra

Imprimir