Cidadeverde.com
Esporte

Sem previsão de alta, Follmann passará por nova cirurgia no tornozelo

Imprimir

O goleiro Jackson Follmann passará por uma nova cirurgia no tornozelo esquerdo. Segundo boletim médico desta segunda-feira, o sobrevivente do acidente com o avião da Chapecoense não tem previsão de alta e seguirá internado na Unimed de Chapecó. Ele não corre risco de morrer.

“O paciente passou bem nas últimas 72 horas, sem intercorrências clínicas. Segue recebendo antibioticoterapia endovenosa, sem alterações em seu exame físico”, diz o boletim médico.

“Os exames laboratoriais seguem melhorando e todas as culturas realizadas deram negativas. Será submetido à artrodese (fixação cirúrgica de uma articulação) do tornozelo esquerdo hoje [dia 02] à tarde, e ainda não há previsão de alta hospitalar”, aponta o documento.

Follmann é o único sobrevivente que não recebeu alta médica. O desastre aéreo, ocorrido no dia 29 de novembro, nos arredores da cidade colombiana de Medellín, matou 71 pessoas, entre elas 19 jogadores e outras 24 pessoas ligadas ao clube catarinense.

Apenas seis pessoas sobreviveram à tragédia. Além de Follmann, escaparam com vida do acidente o lateral direito Alan Ruschel, o zagueiro Neto, o jornalista Rafael Henzel e dois tripulantes bolivianos.

O goleiro, que teve a perna direita amputada, foi o primeiro sobrevivente a ser transferido para o Brasil. Ele esteve internado em São Paulo por alguns dias e fez uma cirurgia na coluna antes de ser encaminhado para Chapecó.

 

Fonte: FOOTSTATS

Imprimir