Cidadeverde.com
Política

Protesto pede a permanência de Henrique Rebêlo na SASC

Imprimir
  • 5d8d428e-59ff-45b0-a74f-a994126f5e66.jpg Yala Sena/Cidade Verde
  • 6e602297-6d77-45fc-ad5c-8b87e5f9f9a8.jpg Yala Sena/Cidade Verde
  • 81c28fa8-4035-4404-9290-b51488984bc3.jpg Yala Sena/Cidade Verde
  • e8e1a0d8-21d2-491d-a81f-d0392d698bf4.jpg Yala Sena/Cidade Verde

Manifestantes estão em frente ao Palácio do Karnak, nesta quinta-feira (16), defendendo a permanência do secretário estadual de Assistência Social (SASC), Henrique Rebêlo. O protesto ocorre após divulgação não oficializada de que a SASC entrou na mesa de negociação para ser indicado pelo PMDB.

Uma comissão foi recebida pelo secretário estadual de Governo, Merlong Solano (PT). Ele informou ao Cidadeverde.com vai sensibilizar o governador Wellington Dias (PT), mas adiantou que o governador não “bateu o martelo” e permanece conversando com os líderes dos partidos.

Aproximadamente 100 funcionários participam da manifestação. A funcionária Mirian Lima de Sousa disse que tem mais de 20 anos na Secretaria. Ela defende a permeância de Rebelo, pois sempre ajudou os servidores.

“A entrada de outra pessoa desestabiliza e ainda é de outro partido”, afirmou. 

Os manifestantes estão com  diversos cartazes com os dizeres: “Fica, Rebêlo”, “Somos Todos Henrique Rebêlo” e a “SASC precisa de você”. 

Flash Yala Sena
redacao@cidadeverde.com

Imprimir