Cidadeverde.com
Esporte

Empate com o River classificou Altos para a final do primeiro turno

Imprimir
  • IMG_7147,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7146,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7129,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7143,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7126,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7162,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7150,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7158,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7132,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7181,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7167,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7133,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7148,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7189,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7170,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7171,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7161,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7176,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7179,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com
  • IMG_7155,1.jpg Eduardo Frota - Cidadeverde.com

River e Altos realizaram o melhor jogo do Campeonato Piauiense de 2017. No primeiro tempo, nem tanto. Os dois times queriam a posse de bola e nada de arriscar. 

Ambos claramente queriam evitar gols na primeira parte do jogo. Na fase final o "bicho pegou".  Houve empenho total na luta pela vitória e não faltaram oportunidades. Algumas boas oportuniddes foram perdidas de lado a lado e na maioria dos lances as duas defesas estiveram muíto bem. 

Mesmo com um futebol em ritmo acelerado, o gol não saiu. Deu zero a zero nos noventa minutos e zero a zero na prorrogação. A melhor campanha beneficou o time altoense para decidir o turno com o Parnahyba, dia 26(domingo) no Estádio Lindolfo Monteiro, em jogo único. Novamente Altos terá a vantagem do empate.

PRIMEIRO TEMPO

25 minutos - Rigorosamente foi o único momento real de gol. Um chutaço de Osmar para bela defesa do goleiro Rodrigo, do time de Altos.

SEGUNDO TEMPO

15 minutos - O zagueiro Marcelo chegou a mandar a bola para a rede tricolor, mas o assistente Márcio Iglésias Araújo Silva marcou impedimento. Antônio Santos Nunes confirmou.

30 minutos - Boa oportunidade para Viola marcar. O goleiro Rodrigo saiu com precisão e evitou. No rebote novamente apareceu o goleiro de Altos para defender.

35 minutos - Ótima penetração do lateral Tiaguinho que desferiu um chute perigoso, à esquerda da meta tricolor.

37 minutos - Têti para Viola. O artilheiro girou o corpo e chutou com perigo, levantando a torcida riverina.

39 minutos - Cruzamento de Rossales e Viola desviou de cabeça ameaçando a meta de Rodrigo.

PRIMEIRO TEMPO DA PRORROGAÇÃO

Lucas Bacelar recebeu boa bola e chutou com precipitação. Viola estava livre na meia luta e poderia marcar o gol. Faltou espírito de equipe ao jovem Lucas Bacelar.

SEGUNDO TEMPO DA PRORROGAÇÃO

Primeiros 5 minutos - Altos usou a tática de pressionar para tentar o gol e criou duas situações, não aproveitadas.

6 minutos - Bola de Têti para Viola, para Lucas Bacelar, que chutou em cima do goleiro. O melhor seria voltar a bola para a pequena área.

10 minutos - O River foi inteiro para o ataque e a defesa de Altos mandou a bola para Manoel inteiramente livre. O centroavante avançou e ficou sozinho à frente do goleiro Leandro. Era só escolher como queria marcar o gol. Pois Manoel entregou a bola para o goleiro.

Ficha técnica de River 0 x 0 Altos:

Local - Estádio Lindolfo Monteiro

River - Leandro; Rossales, Oscar Brizuela, Caíque e Wesley; Amarildo, Amorim (Lucas Bacelar), Humberto e Osmar (André Luiz); Viola e Têti. Técnico - Eduardo Húngaro. O destaque no River foi Amarildo, com grande atuação. Defendeu e atacou em todos os setores do campo.

Altos - Rodrigo; Chiquinho, Vítor Salvador, Marcelo e Tiaguinho; Nonato, Dos Santos, Marconi(Wágner) e Esquerdinha(Leone); Manoel e Joelson(Mauro). Técnico Ruy Scarpino. Os zagueiros Vítor Salvador e Marcelo foram os destaque. Leone também entrou bem na prorrogação para ajudar a garantir o resultado.

Árbitro - Antônio Santos Nunes, com ótima atuação.

Assistentes - Francisco Nurisman Machado Gaspar e Márcio Iglesias Araújo Silva.

Completaram a equipe de arbitragem - Djalma Alves Lima Filho e Talita Pinheiro.

Renda - R$ 28.285,00; Público pagante - 1.524 torcedores.

Público total - praticamente 3 mil, contando com sócios torcedores, caronas e convidados dos clubes etc.


Didimo de Castro
didimodecastro@cidadeverde.com

Imprimir