Cidadeverde.com
Geral

Prefeitura decreta luto em Miguel Alves após morte de família em riacho

Imprimir


Corpos estão sendo velados no ginásio poliesportivo da cidade (Foto:Josenias Rosa/arquivo pessoal)

A Prefeitura de Miguel Alves decretou luto oficial de três dias em memória às seis pessoas da mesma família, que faleceram ontem (13), após caírem – dentro de um veículo – em um riacho. O carro em que os familiares estavam caiu em um riacho e, segundo as investigações, as vítimas sofreram afogamento

Os corpos estão sendo velados no ginásio poliesportivo da cidade. O clima é de comoção e de tristeza no município. 

Em entrevista ao Cidadeverde.com, nesta sexta-feira (14), um amigo da família, Josenias Rosa, disse que a cidade está em choque, todos estão abalados com a tragédia. 

“Todos eram conhecidos e bem queridos na cidade. O clima é de muita tristeza. A cidade está de luto. Todos nós estamos perplexos com o ocorrido, causou muita comoção”, comentou. 

Josenias disse ainda que, após o velório coletivo, os corpos serão levados para o sepultamento na comunidade Verenos, próximo à localidade de São José de Medeiros, onde a família passaria o feriado de Semana Santa. No momento do acidente, a família estava a caminho de Verenos. 

O delegado Francírio Queiroz informou que as vítimas foram identificadas como José Helmo Mesquita de Sousa, sua esposa Leila Mara Sampaio Dias e o filho identificado apenas como Everton, 7 anos. Também estavam no veículo duas cunhadas de José Helmo e uma sobrinha, chamadas Lucelia Sampaio Dias, 37 anos, Pamela Gabriela Dias 17 anos e Evelin Kailane, de 7 anos. 

Queiroz conta que o carro submergiu no riacho e os vidros do veículo estavam fechados. “Ainda vamos determinar a dinâmica do acidente. Até agora soubemos que chovia muito na hora em que o carro caiu no riacho”, conta o delegado. 


Carro ocupado pela família no momento do acidente 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Imprimir