Cidadeverde.com
Esporte

Chape fica no 1 a 1 com Nacional e segue sem vencer em casa na Libertadores

Imprimir

A Chapecoense precisava de uma vitória, mas foi por muito pouco que ela não aconteceu. Na noite desta terça-feira (18 de abril), o time de Vagner Mancini ficou no 1 a 1 com o Nacional (URU), na Arena Condá, pela Conmebol Libertadores Bridgestone. 

Getty Images

Os gols do duelo foram marcados por Reinaldo, de pênalti, e Hugo Silveira, todos ainda na primeira etapa. O resultado deixa os catarinenses em situação delicada no Grupo 7.

Em três partidas, a Chape somou apenas quatro pontos e ocupa a 3ª colocação da chave. O ponto principal é que dois dos três primeiros jogos da equipe foram em casa, restando apenas um duelo na Arena Condá. Com isso, as chances de ter de decidir a sua vida fora de casa é bastante grande.

A Chapecoense iniciou a partida em um ritmo forte e logo chegou ao primeiro gol. Em cobrança de pênalti, Reinaldo rolou no canto direito do goleiro e abriu o marcador na Arena Condá. A partir daí, os catarinenses seguiram em cima do rival e criaram chances de gol, mas quem comemorou foram os uruguaios.

Em troca de passes rápida, Hugo Silveira recebeu na pequena área e tocou de pé direito entre as pernas de Arthur para empatar o duelo. No segundo tempo, em meio ao equilíbrio, Tulio de Mello saiu do banco para colocar fogo na partida.

No lance mais emocionante, o atacante dividiu com o goleiro uruguaio, mas a bola sobrou na pequena área, sem goleiro. O centroavante tocou pressionado de pé direito, a redonda correu por toda a extensão da linha, o que deu tempo da defesa afastar.

Além disso, Andrei Girotto arriscou uma pancada de fora da área, que passou super perto do travessão do goleiro Conde. Porém, não houve tempo para nenhuma reação. O empate amargo deixa o time brasileiro em situação ainda delicada no Grupo 7 da competição.


Fonte: Fox Sports

Imprimir