Cidadeverde.com
Esporte

Após forte acidente, piloto de F4 tem pernas amputadas

Imprimir

Billy Monger, o piloto da F4 Inglesa que teve as pernas amputadas por conta do forte acidente sofrido em Donington Park, apresenta um quadro clínico delicado. Um boletim médico pela categoria nesta quarta-feira (19) revelou que Monger está em estado crítico, mas estável. 

O jovem também entrou em coma induzido, situação inalterada desde a chegada ao Centro Médico Queen’s. Apesar da gravidade do quadro, Monger dá sinais de recuperação. Ainda de acordo com o comunicado, a recuperação dos sinais vitais corresponde às expectativas.

“Billy Monger está em estado crítico, mas estável no Centro Médico Queen´s, em Nottingham, onde está recebendo a melhor atenção médica possível. A equipe médica está satisfeita com o progresso nos sinais vitais de Billy, ele está progredindo e indo na direção correta”, disse a F4 Inglesa, através de comunicado.

“Por causa das lesões sofridas e apesar de todo esforço, Billy infelizmente teve as duas pernas amputadas. Ele foi mantido em coma induzido durante a cirurgia. Espera-se que ele acorde nos próximos dias”, seguiu.

“A família de Billy gostaria de expressar sua gratidão pelo atendimento de primeira classe no hospital, bem como agradecer à equipe médica, aos comissários e às equipes que participaram de seu resgate pelo trabalho duro e bem feito”, finalizou.

A família de Monger já abriu um crowdfunding para viabilizar a recuperação do piloto. O objetivo é somar £ 260 mil – aproximadamente R$ 1 milhão – para “financiar cuidados, tratamentos e terapias que Billy vai precisar em um futuro imediato”. As doações podem ser feitas através deste link.

O piloto

Nascido em 5 de maio de 1999 em Charlwood, na Inglaterra, Billy Monger iniciou sua carreira nos carros em 2014 correndo na Ginetta Junior. Foi nesta categoria de turismo que o britânico conquistou suas primeiras vitórias no ano seguinte, terminando o ano em quinto com a equipe JHR. 

Em 2016, Monger se transferiu para os monopostos com o mesmo time para a disputa da F4 Inglesa. Billy conquistou três pódios, dois em Truxton e um em Rockingham, e fechou o campeonato em 12º.

Em 2017, Monger disputou seis corridas: as rodadas triplas de Brands Hatch e Donington Park. O piloto vinha bem e ocupava a vice-liderança na Challenge Cup, com 100 pontos, contra 109,5 do líder Oliver York. Entretanto, o grave acidente sofrido na última corrida do fim de semana em Donington Park, no último dia 16, interrompe a carreira do jovem britânico.


Fonte:

Imprimir