Cidadeverde.com
Política

Com 70% dos servidores endividados governo lançará pacote de renegociação

Imprimir


Diagnóstico realizado pela Secretaria Estadual de Administração constatou que 70% dos servidores públicos do Estado estão endividados. Segundo o levantamento, os funcionários com maiores salários são os que mais pedem empréstimos e comprometem o orçamento familiar. 

Diante da situação de endividamento do servidor, o governo lançará no próximo mês o programa de reeducação financeira. A ideia é despertar nas pessoas a educação voltada para a gestão financeira doméstica. No Estado existem mais de 96 mil servidores estaduais. 

A Secretaria Estadual de Administração fará parceria com os bancos para oferecer uma linha de crédito diferenciada com as menores taxas de juros e com prazos maiores.

“A lógica é não liberar recurso para o servidor. Nós vamos liberar o crédito para quitação das dívidas. Estamos em parceria com a CDL aonde os lojistas por receberem o pagamento à vista estão dando desconto nas dívidas e vamos quitar as dívidas diretamente para que o servidor desonere o seu compromisso financeiro salarial. A nossa lógica é fazer com que ele no final do mês tenha um percentual maior de recursos para poder fazer sua gestão familiar. Queremos é que o servidor saia da ciranda da dívida”, ressaltou Franzé Silva.

Apoio de mestres da Uespi

O programa terá apoio da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Foi formada uma parceria com professores doutores, mestre na área da contabilidade, economia, direito e psicologia para ajudar o servidor a planejar melhor seu orçamento. 

“Vamos orientar o servidor partir da renegociação de suas dívidas. Queremos desafogar o orçamento familiar do servidor e colocá-lo na rota da boa gestão do orçamento doméstico e para isso esse trabalho de acompanhamento e monitoramento de quem aderir ao programa”.

Diante do sucesso do feirão do imóvel e da compra do carro novo, o governo fechou parceria com as instituições como Serasa, SPC e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas). 

“Estamos preocupados com a situação financeira dos nossos servidores a partir do recadastramento socioeconômica. Fizemos parceria com Serasa, SPC, CDL e esses apoios detectamos o grau de endividamento do servidor e vamos em junho lançar o programa com foco na reorganização e educação de gestão doméstica”.

 

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Imprimir