Cidadeverde.com
Cidades

Prefeitos da região Sul apelam por medidas urgentes na rodovia BR 135

Imprimir

Prefeitos da região Sul do Estado cobram medidas urgentes do Governo Federal para realizar reparos na BR 135, que corta boa parte da região. O local foi batizado como "Rodovia da morte por conta do grande número de acidentes e só no último final de semana registrou quatro, entre eles nove vítimas fatais.

Marcos Elvas prefeito de Bom Jesus, atesta que o problema é recorrente e passa a definir as tragédias, não mais como acidentes, mas como crimes planejados. Para ele, a estrada já está intrafegável e não oferece mais condições aos veículos.

"Eu já não diria acidentes, porquê acidente é aquilo que não é previsível. Acidente é aquilo que você tratando de uma forma correta, mesmo assim acontece. Aqui nós temos mortes planejadas. Nós temos desastres planejados.  Nós estamos com uma estrada intrafegável para o volume de tráfego e para o tipo de veículo com intensidade, quantidade, e volume que nós temos", pontua o gestor.

O médico que prestou socorro as vítimas do acidente, Elvas Filho, acrescentou ainda que a região não tem sequer condições hospitalares de atender a vítimas de média complexidade, o que torna a situação ainda mais perigosa e letal.

"No Sul do Piauí nós temos apenas dois médicos legistas, aqui em Bom Jesus nós não possuímos estrutura para posto avançado do IML, não possuímos geladeira para conservação e tivemos a dificuldade de identificação por questão de documentação ou pelo estado que se encontram as vítimas. A questão aqui é porquê somos uma região grande. 24 municípios e um hospital que não tem condições de dar suporte a toda essa região. Ele deveria atender média complexidade e não atende. Hoje qualquer paciente com um estado de gravidade um pouco mais complicado tem que ser transferido por falta de suporte", avalia o médico.

Já os prefeitos de Monte Alegre e Redenção do Gurgueia vieram à Teresina nesta segunda-feira (19). Para Ângelo Sena, prefeito de Redenção, o assunto é alvo de extrema preocupação. "Nós presenciamos constantemente os acidentes. Essa curva é bastante conhecida nossa e isso é algo previsível para nós que vivemos esperando um segundo e terceiro acidente", desabafou o prefeito.

No último dia 26 de março em reunião dos prefeitos do Sul do Estado os gestores iniciaram a luta para a melhoria da BR. Na Marcha dos Prefeitos foi apresentada a preocupação à bancada federal do Piauí e lá iniciou-se o esboço de uma solução para resolver esse problema. 

"Para se ter uma ideia lá tem trechos que chegam a 5.2m de largura. Tem alguns veículos que chegam a 3.5m, então imagine dois transportes de alta carga passando ao mesmo tempo? Eu sei que a falha humana existe mas o que as estradas estão dizendo é que a falha nas estradas está provocando tamanhos acidentes", acrescentou Ângelo.

O prefeito afirma ainda que uma reestruturação da rodovia já foi iniciada, mas apenas em trechos que cortam municípios. Para ele, estas obras não resolvem o problema definitivamente, mas somente uma intervenção total na rodovia.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Imprimir