Cidadeverde.com
Últimas

Número de pessoas que moram sozinhas cresce e situação impõe desafios

Imprimir

Foto: Glenda Uchôa/Cidade Verde

Ianny Luizy, psicóloga, falou no Acorda Piauí, da Rádio Cidade Verde

O envelhecimento da população e o aumento da expectativa de vida dos brasileiros tem contribuido para a ampliação de um novo cenário no país: as pessoas estão morando sozinhas. De acordo com o IBGE, de 2005 para 2015, a quantidade de pessoas que vivem sozinhas saltou de 10,4% da população para 14,6%.

Esse novo contexto abre espaço para a discussão de temas como a solidão, depressão, mas também a independência de homens e, principalmente, mulheres que escolhem viver na própria companhia.

O Acorda Piauí recebeu, nesta segunda-feira (17), a psicóloga Ianny Luizy, que falou a respeito desse contexto. Ela acrescentou que muitas pessoas além de morarem só estão vivendo longe de casa, caso de adolescentes que se mudam para estudarem. 

"A decisão de morar só é muito complicada. Morar só acarreta muitas coisas", afirma a especialista. "Existem pessoas que estão indo morar só por consequência de uma atitude delas, como passar num concurso ou decidir fazer um intercâmbio, e essas pessoas não estão preparadas para morar só. (...) Essas pessoas sofrem mais", avalia Ianny Luizy. 

A psicóloga falou que os pais devem preparar os jovens que precisam morar sozinhos e destacou a importância da família no processo de construção da pessoa.   

Ouça a entrevista na íntegra:

 

radio@cidadeverde.com

Imprimir