Cidadeverde.com
Entretenimento

Eliana conta que recebeu apoio da TV Globo após internação

Imprimir

Fonte: SBT

Apresentadora se emocionou em entrevista para o seu programa no SBT


Eliana Michaelichen se emocionou ao falar sobre o drama que está vivendo na gestação de sua segunda filha, Manuela, em entrevista a Chris Flores para o seu programa no SBT, que foi ao ar neste domingo (6).


Noiva de Adriano Ricco, diretor da TV Globo, afirmou que recebeu apoio da emissora de Roberto Marinho desde que soube que enfrentaria uma gravidez de risco.


“Eu preciso agradecer em rede nacional a direção da Rede Globo. Eles foram muito sensíveis nesse momento”, afirmou.


A famosa contou também que a solidariedade da família Abravanel, principalmente de Silvio Santos, foi fundamental para sua recuperação.


“Quando ele soube que estava no hospital, ele ficou muito preocupado e foi muito carinhoso: ‘Eliana, calma. Fica aí, cuida da sua família, para de pensar no programa, agora cuida da sua família, da sua filha’”, relatou.


A artista ressaltou, inclusive, que foi o dono do SBT que a encorajou a ter mais um filho.

 

“Ele é um mestre para mim, todos os conselhos que ele me deu sempre foram corretos. E ele disse: ‘Eliana, trabalho passa, família fica. Tenha mais um filho’. E foi a primeira pessoa que eu contei que estava grávida depois da minha família”, completou.

 

Eliana revelou ainda que passou por uma cerclagem – para reforçar o colo do útero – quando estava na 11ª semana de gestação.

 

“Eu já fiz uma cirurgia quando ela tinha 11 semanas, ficamos quatro horas no centro cirúrgico. E ela foi monitorada o tempo todo e estava bem. Estou com cinco cicatrizes. E eu fiz essa cirurgia e achei que estava tudo bem”, iniciou.


A loira, contudo, tomou um susto ao sofrer uma hemorragia alguns meses depois.


“Foi do nada. Não estava fazendo nada que causasse aquilo. Fui para o hospital e graças a Deus a gente fez o exame cerebral [na Manuela] e deu tudo certo, o coração do bebê estava tudo ok, mas quando foram me examinar descobriram o descolamento de placenta”, contou.


Sobre o período de um mês que ficou internada, Eliana desabafou: “Eu recebi muito apoio, carinho, mas estar gestando em um momento de risco, dentro do hospital, olhando para a mesma parede, é muito ruim emocionalmente. Mesmo que meu filho fosse me visitar todos os dias, o Adriano, meu noivo, estivesse lá do meu lado”.


Fonte: Famosidades

Imprimir